A Insurreição anarquista de 1918

Autores

  • Hamilton Moraes Theodoro dos Santos Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

DOI:

https://doi.org/10.28998/rchv11n21.2020.0007

Resumo

O objetivo do presente artigo é analisar a insurreição anarquista ocorrida em 1918 no Rio de Janeiro. Um fato singular nas lutas operárias no Brasil. Para analisa-la precisamos aprofundar nosso estudo sobre o sindicalismo revolucionário dentro do movimento operário brasileiro, de inspiração anarquista, durante as duas últimas décadas da Primeira República. O movimento operário organizado através do sindicalismo revolucionário tinha o intuito de alcançar melhorias materiais, condições de trabalho e emancipação do proletariado. Esses objetivos seriam alcançados através de mecanismos de resistência direta ao capitalismo, visando a sua superação e consequentemente a construção de um mundo produtivo realmente justo. A insurreição anarquista de 1918 estava inserida dentro do contexto de mobilizações proletárias do período. Consideramos o referido fato como um desdobramento do sindicalismo revolucionário no Brasil, influenciado pela Revolução Russa. Assim torna-se necessária a compreensão da influência da Revolução Russa no movimento operário brasileiro do período. A Revolução Russa influenciou e proporcionou novas perspectivas organizacionais e metodológicas para movimentos operários em diversas regiões do planeta e no Brasil não foi diferente.

Biografia do Autor

Hamilton Moraes Theodoro dos Santos, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Doutorando em História Comparada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ (2018). Membro-pesquisador do Observatório do Trabalho na América Latina (OTAL), coordenado pelo professor-doutor Wallace de Moraes. Mestre em História pela Universidade Salgado de Oliveira-RJ (2014). Pós-graduação Lacto-Sensu em Ciências da Religião pela Universidade Estácio de Sá-RJ (2008). Graduou-se em História pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNI-RIO (2005). Autor do livro Anarquismo e a formação do Partido Comunista do Brasil (P.C.B.).

Downloads

Publicado

14/07/2020

Como Citar

Santos, H. M. T. dos. (2020). A Insurreição anarquista de 1918. Revista Crítica Histórica, 11(21), 127–162. https://doi.org/10.28998/rchv11n21.2020.0007