The black flag among others: (trans)nationalism and internationalism in the construction of anarchism in Brazil (1890-1930)

Autores

  • Kauan Willian Santos Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.28998/rchv11n21.2020.0023

Resumo

This article, a partial result of a doctoral thesis under development by the Department of Social History at the University of São Paulo, seeks to reflect on the connection between anarchism and internationalism and the practical transnationalism, through immigration, militant networks and circulation of ideas and experiences, including the vision of the nation, nationalism, patriotism and race of its agents, as well as their overlap with their concepts and class practices. After a justification based on a theoretical debate on the topic, we suggest the division into three moments within the Brazilian republican periodical, where we observe changes, both in its practices, forms of insertion and relationship, debates and vision about its movement and the elements analyzed.

Referências

ANDERSON, Benedict. Comunidades imaginadas: Reflexões sobre a origem e a difusão do nacionalismo. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

. Sob três bandeiras: Anarquismo e Imaginação anticolonial. Campinas – São Paulo: Editora da Unicamp; Fortaleza – Ceará: Editora da Universidade Estadual do Ceará, 2014.

AVELINO, Nildo. “Errico Malatesta – revolta e ética anarquista”. Verve, v. 4, p.228-263, 2003.

BATALHA, Claudio. “A historiografia da classe operária no Brasil: trajetória e tendências.” In: FREITAS, Marcos Cezar de (org.). Historiografia Brasileira em Perspectiva. Bragança Paulista: Universidade São Francisco; São Paulo: Contexto, 1998.

BERTONHA, João Fabio. “Italianos na cidade do Rio de Janeiro: uma comunidade

(re)descoberta.” Revista do Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro, v. 8, p. 415-428, 2014.

BIONDI, Luigi. “Anarquistas italianos em São Paulo. O grupo do jornal anarquista 'La Battaglia' e a sua visão da sociedade brasileira: o embate entre imaginários libertários e etnocêntricos.” Cadernos AEL: Anarquismo e Anarquistas, Campinas – São Paulo, v. 5, n.8/9, p. 117-147, 1998.

. “Associativismo e militância política dos italianos em Minas Gerais na Primeira República: um olhar comparativo.” Locus (UFJF), v. 2, p. 41-66, 2008.

CASTRO, Celso. “A resistência à implantação do serviço militar obrigatório no Brasil.” In: GOMES, Angêla de Castro. Direitos e cidadania: justiça, poder e mídia. Rio de Janeiro: Editora Fundação Getúlio Vargas, 2007, p. 255.

_. Classe e Nação: trabalhadores e socialistas italianos em São Paulo, 1890- 1920.Campinas- São Paulo: Editora da Unicamp, 2011.

COLOMBO, Eduardo et all (Orgs.). História do Movimento Operário Revolucionário. São Paulo: Imaginário, 2004.

CORRÊA, Felipe. “Introdução.” In: BAKUNIN, Mikhail. Revolução e Liberdade: Cartas. São Paulo: Hedra, 2010.

; SILVA, Alessandro Soares da; SILVA, Rafael Viana da (Orgs.) Teoria e História do Anarquismo. Curitiba: Editora Prismas, 2014.

FELICI, Isabelle. “A verdadeira história da Colônia Cecília de Giovanni Rossi.”

Cadernos Ael: Anarquismo e Anarquistas, v.8/9, p.9-66, 1998.

GARNER, Jason. Goals and Means: Anarchism, Syndicalism, and the Internationalism in the Origins of the Federácion Anarquista Ibérica. Ak Press: London, 2014.

GODOY, Clayton Peron. Ação Direta: transnacionalismo, visibilidade e latência na formação do movimento anarquista em São Paulo (1892-1908). Tese(Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo, 2013.

HOBSBAWM, Eric. Nações e Nacionalismo desde 1780: Programa, Mito e Realidade. São Paulo: Paz e Terra, 2013

HWANG, Dongyoun. “Korean Anarchism before 1945: a regional and transnational approach.” In: HIRSCH, Steven; VAN DER WALT, Lucien (Orgs.). Anarchism and Syndicalism in the Colonial and Postcolonial World, 1870-1940: The praxis of national liberation, internationalism and social revolution. Leiden, Brill, 2010. p.95-130.

LEAL, Claudia. Pensiero e Dinamite: Anarquismo e repressão em São Paulo nos anos de 1890. Tese (Doutorado em História). Universidade Estadual de Campinas, São Paulo, 2006.

MACHADO, Maria Helena. O Plano e o Pânico: os movimentos sociais na década da Abolição. Rio de Janeiro: Edusp/ UFRJ, 1994.

MARAM, Sheldon. Anarquismo, imigrantes e o movimento operário brasileiro: 1890-1920. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.

MATTOS, Marcelo Badaró. Escravizados e Livres: experiências comuns na formação da classe trabalhadora carioca. Rio de Janeiro: Bom Texto, 2008.

_. “Trajetórias entre fronteiras: o fim da escravidão e o fazer-se da classe trabalhadora no Rio de Janeiro.” Revista Mundos do Trabalho, Santa Catarina, vol.1, n. 1, 2009.

OLIVEIRA, Carla Mary. “O Rio de Janeiro da Primeira República e a imigração portuguesa: panorama histórico.” Revista do Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro, v. 3, p. 149-168, 2009.

ROMANI, Carlo. Oreste Ristori: Uma aventura anarquista. São Paulo: AnnaBlume/Fapesp,2002.

SAMIS, Alexandre. “Minha pátria é o mundo inteiro”: Neno Vasco, anarquismo e as estratégias sindicais nas primeiras décadas do século XX . Tese (doutorado em História). UniversidadeFederal Fluminense, Rio de Janeiro, 2009.

. Negras Tormentas: o federalismo e o internacionalismo na Comuna de Paris. São Paulo: Hedra, 2011.

SANTOS, Kauan Willian dos. “Paz entre nós, guerra aos senhores:” o internacionalismo anarquista e as articulações políticas e sindicais dos periódicos e grupos Guerra Sociale e A Plebe na segunda década do século XX em São Paulo. Dissertação (Mestrado em História). Universidade Federal de São Paulo, Guarulhos – São Paulo, 2016.

TOLEDO, Edilene. “O nacionalismo na formação e nas trajetórias de dois militantes sindicalistas italianos exilados no Brasil.”Anais do XIX Encontro Regional de História: Poder, Violência e Exclusão. ANPUH/SP – USP. São Paulo, 2008.

TRENTO, Angelo. Do outro lado do Atlântico: Um século de imigração italiana no Brasil. São Paulo, Nobel, 1988.

VAN DER WALT, Lucien. “Negro e Vermelho: anarquismo, sindicalismo revolucionário e pessoas de cor na África Meridional nas décadas de 1880-1920.” Revista Mundos do Trabalho, vol. 2, n. 4, p. 174-218, 2010.

Downloads

Publicado

27/06/2022

Como Citar

Santos, K. W. (2022). The black flag among others: (trans)nationalism and internationalism in the construction of anarchism in Brazil (1890-1930). Revista Crítica Histórica, 11(21). https://doi.org/10.28998/rchv11n21.2020.0023