Entre memórias e esquecimentos: participações dos/as jovens no Festival da Canção do sertão de Alagoas (1970 - 1990)

Autores

  • Isabel Oliveira Universidade Federal de Alagoas
  • Ana Maria Freitas Teixeira UFRB/Cecult
  • Rosimeire Reis CEDU/UFAL

DOI:

https://doi.org/10.28998/rchv11n21.2020.0016

Resumo

No tempo dos festivais de música pelo Brasil, proliferados entre os anos de 1960 e 1970, os/as jovens de Delmiro Gouveia/sertão de Alagoas organizaram na respectiva cidade o Festival da Canção. Este foi iniciado em 1970 e perdurou até 1990 como espaço máximo de socialização e expressão artística juvenil. Assentado na pesquisa documental e nos princípios da história oral, o presente artigo analisou memórias de dois sujeitos que participaram do Festival da Canção em suas juventudes.  Por meio das análises foi possível considerar que os/as jovens conviviam sob forte tensão entre a normatização imposta e seus modos de ser jovem. Pela música corporificavam tensões, a exemplo da miséria social ou das responsabilidades adultas que tão cedo pairavam o universo juvenil. Também, sinalizaram suas insatisfações quanto às poucas menções feitas ao festival na história oficial da cidade.

Biografia do Autor

Ana Maria Freitas Teixeira, UFRB/Cecult

Doutora em Ciências da Educação pela Universidade Paris 8-França. Professora associada da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas (UFRB/CECULT).

Rosimeire Reis, CEDU/UFAL

Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (USP). Professora na Universidade Federal de Alagoas, Centro de Educação. Coordenadora do grupo de pesquisa Juventude, Culturas e Formação.

Referências

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Câmara dos Deputados, Edições Câmara, 35. Ed, 2012.

BUENO, Belmira Oliveira; SOUZA, Cynthia Pereira de; CATANI, Denice Barbara; SOUZA, Maria Cecilia C.C.Docência, Memória e Gênero: Estudos Alternativos sobre a Formação de professores. Revista Psicologia da USP. São Paulo, n° 4, 1993, p. 299-318.

BRITO, Eleonora Zicari. A música popular brasileira nos conturbados anos de chumbo: entre o engajamento e o desbunde. Revista projeto história, nº 43, 2011, p. 139 -160.

CATANI, A. M.; GILIOLI, R. S. P. Culturas juvenis: múltiplos olhares. São Paulo: UNESP, 2008.

CARDOSO, Irene. A geração dos anos de 1960: o peso de uma herança. Revista de sociologia da USP, v. 17, n. 2, 2005, p. 93-107.

DOMINGOS, José; GIL, Gilberto. Lamento Sertanejo. Warner Music, 1975. 04min 20s.

DELGADO, Lucilia de Almeida Neves. História oral e narrativa: tempo, memória e identidades. Belo Horizonte: Revista História Oral (ABHO), vol. 6, 2003, p. 10 -25.

__________. História oral: memória, tempo, identidades. Editora Autêntica, 2.ed, 2010.

FILHO, Irapuan Peixoto Lima. Culturas juvenis e agrupamentos na escola: entre adesões e conflitos. Revista de Ciências Sociais, Fortaleza, v. 45, n°. 1, 2014, p. 103-118.

MARTINS, Carlos Henrique dos Santos; CARRANO Paulo Cesar Rodrigues. A escola diante das culturas juvenis: reconhecer para dialogar. Revista Educação, Santa Maria, v. 36, n°. 1, 2011, p 43-56.

MELLO, Zuza Homem de. A Era dos Festivais – Uma Parábola. São Paulo: Editora 34, 2003, 528p.

PAIS, José Machado. A construção sociológica da juventude – alguns contributos. Universidade de Lisboa. Análise Social, vol. XXV, 1990. p. 139 – 165.

________. Culturas Juvenis. Lisboa: Imprensa Nacional Casa da Moeda, 1993.

_________. Jovens e Cidadania. Revista sociologia, problemas e práticas. N.º 49, 2005, p. 53-70

PENNA, Maura. Música(s) e seu ensino. 2. ed. Porto Alegre: Sulina, 2014.

POLLAK, Michael. Memória, esquecimento e silêncio. Revista Estudos Históricos. Rio deJaneiro, vol.2, n°3, 1989, p.3-15.

REIS, Juliana Batista; DAYRELL, Juarez Tarcísio. Uma jovem mulher negra favelada: singularidade compartilhada em narrativas biográficas. Revista Debates em Educação, vol.10, n.20, 2018, p. 84-99.

RIBEIRO, Giuliano. O Raul Seixas delmirense mistura de maluco beleza com a beleza de ser maluco. Portal de Notícias Giuliano Ribeiro. [site pessoal]. 2012. Disponível em: https://giulianoribeiro.com.br/noticias/3617-2/. Acesso em 14 de março de 2019.

SILVA, Davi Roberto Bandeira da. Vila da Pedra: fotografia e história. Maceió: Edição do Autor, 2016.

SILVA, Isabel Cristina Oliveira; REIS, Rosemeire. Modos de expressão juvenis em escolas de Maceió/AL: reconhecer para dialogar. In BARBALHO, José Ivamilson Silva; ALMEIDA, Giseliane MEDEIROS. Educações e Resistências: diálogos, rupturas e alternâncias. Curitiba: CRV, 2019, 252 p.

SEIXAS, Raul. Metamorfose Ambulante. Philips, 1973, 03 min 50s.

THOMPSON, Paul. A voz do passado: história oral. São Paulo: Paz e Terra, 1935.

___________. História oral e contemporaneidade. Revista História Oral, nº 5, 2002.

TATIT, luíz. O Século da Canção. São Paulo: Ateliê Editorial, 2004.

TAVARES, César. Passeio sentimental pelas ruas delmirenses. Blog Amigos de Delmiro. Delmiro Gouveia. 29 de julho. 2010. Disponível em: http://amigosdedelmirogouveia.blogspot.com/2010/07/ acesso em: 22 de março de 2019.

Downloads

Publicado

14/07/2020

Como Citar

Oliveira, I., Teixeira, A. M. F., & Reis, R. (2020). Entre memórias e esquecimentos: participações dos/as jovens no Festival da Canção do sertão de Alagoas (1970 - 1990). Revista Crítica Histórica, 11(21), 396–416. https://doi.org/10.28998/rchv11n21.2020.0016