UMA LEITURA DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DOS PROFESSORES SOBRE O PODER PROFISSIONAL DOCENTE

Autores

  • Maria Aparecida Tenório Salvador da Costa UFRPE

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2012v4n7p87

Resumo

Este trabalho pretende apresentar resultados obtidos com a pesquisa científica desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Sociologia, da Universidade Federal de Pernambuco - UFPE, cujo principal objetivo foi o de compreender as representações sociais dos professores dos cursos de licenciatura acerca do poder profissional docente, seus processos de construção e seus produtos. A pesquisa de natureza qualitativa apreendeu, por meio de entrevistas semiestruturadas e trabalhos com grupos focais, as representações sociais que se apresentaram distintas para os sujeitos pesquisados, e que puderam ser organizadas em três categorias: na primeira, os docentes investigados representam socialmente o poder profissional dos professores como uma ilusão, ou seja, algo inexistente. Na segunda categoria esse poder é socialmente representado como um alvo, uma meta em construção. E para o último grupo de professores a representação social do poder profissional docente organiza-se numa categoria denominada de evidência, dito de outra forma, esse poder existe e é constatado a partir das próprias características conceituais de poder profissional contido na literatura específica.

Downloads

Publicado

14/10/2012

Como Citar

COSTA, M. A. T. S. da. UMA LEITURA DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DOS PROFESSORES SOBRE O PODER PROFISSIONAL DOCENTE. Debates em Educação, [S. l.], v. 4, n. 7, p. 87, 2012. DOI: 10.28998/2175-6600.2012v4n7p87. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/659. Acesso em: 19 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos