Edições anteriores

  • EDIÇÃO ESPECIAL CIRCUITO PENEDO DE CINEMA.
    v. 11 n. 09 (2022)

    A 5ª Edição Especial “CIRCUITO PENEDO DE CINEMA ”, através da Revista Extensão em Debate, traz textos apresentados durante as edições de 2017 a 2021 do referido evento cultural.

    São produções que trazem uma forma revestida e conjunta com diversas significações. De um lado, reafirma a necessária publicização e a garantia do amplo acesso à produção do saber construído e veiculado por estudantes e pesquisadores das áreas do Cinema, das Artes e das  Linguagens de todos os cantos do Brasil.

    Doutra sorte, esta Edição se dar no mesmo contexto em que se reinaugura a volta dos eventos culturais ao formato presencial: espaços que ampliam trocas e sociabilidades, momentos insubstituíveis e de contatos necessários à práxis humana.

    Ao apresentar essa nova edição especial on-line, a organização do Encontro de Cinema Alagoano, em forma preambular, lamenta e chora as perdas irreparáveis do último biênio ao mesmo tempo em que conclama a todas as pessoas a perseguirem na construção de um Brasil cada vez mais igualitário, mais justo e mais fraterno, tendo, dentre outros, a Educação, a Arte e a Cultura como elementos para esses pilares.

    Diacronicamente, ressalta-se ter sido a partir das edições do Circuito Penedo de Cinema ter surgido o evento chamado Encontro de Cinema Alagoano, dentro do qual se há dado, dentre outras atividades, a realização de apresentação de trabalhos acadêmicos, os quais são publicados através de edições especiais na Revista Extensão em Debate.

    Este evento, em 2022, trilhou a sua 12ª edição ininterrupta, sinônimo de fortalecimento, de ânimos e de resistência de todas as pessoas envolvidas nesse grande “circuito da arte cinematográfica”, no Estado de Alagoas.

    No processo de retomada das atividades presenciais, em atenção aos vários trabalhos selecionados, a compilação desta 5ª edição se apresenta para além de um simples amontoado de textos, de modo a ser considerado como uma reconstrução e estímulo ao que estar por vir.

    São trazidos à baila, textos em formatos diferentes de comunicações: desde artigos, relatos a resumos expandidos. Aos cuidados de uma Comissão Científica Própria do Evento, houve a seleção, a avaliação e a ordenação de cada texto apresentado nessa edição.

    Todas as pessoas leitoras são convidadas para o deleite de cada produção que, de maneira formal, ao rito da Academia, não deixou de trazer estruturas textuais com uma prosaica que, ao mesmo tempo, dialogam com o encanto da arte de Cinema: uma das formas mais lindas da Linguagem humana.

     

                                                                        Equipe Organizadora do Evento de Cinema & Editores da Revista.

  • PANORAMA DE INFECÇÕES NO BRASIL
    v. 7 n. 6 (2020)

    Edição Especial. Vol. 07. Nº 06. Ano 2020.

  • Curricularização da Extensão na Universidade Federal de Alagoas
    v. 6 n. 5 (2019)

    A Revista Extensão em Debate (REXD) apresenta, por esse expediente, a Edição Especial Nº 05.Vol.06, ano 2019. Por ela, trazemos à baila, para a comunidade acadêmica tanto local como no âmbito nacional, exemplares enriquecedores de registros normativos e práticas exitosas decorrentes do processo inicial de curricularização/creditação da extensão universitária na Universidade Federal de Alagoas/UFAL.São nove (09) textos que foram avaliados por uma Comissão de Avaliadores e Pareceristas designados. Tratam-se de relatos de experiências e resenhas, submetidos entre os meses de setembro a novembro desse ano, em atendimento a edital especial, publicado para esse fim.

    Nesse prisma, essa edição encontra-se organizada em duas seções, publicando 05 (cinco) relatos de experiências e 04 (quatro) resenhas. São manuscritos de autores docentes, discentes e técnicos da Universidade Federal de Alagoas que, de forma direta ou indireta, estiveram ligados aos processos iniciais da curricularização da Extensão nos currículos diversos de cursos de graduação da Ufal.

    Esperamos contribuir não somente para a sociedade acadêmica da UFAL, mas também para todos/as que estejam envolvidos/as no processo de desenvolvimento das práticas de extensão curricularizada nas diversas universidades brasileiras.
  • v. 6 n. 1 (2019)

    Vol 03.Nº 01. Ano 2019
  • 2ª EDIÇÃO
    v. 2 n. 1 (2018)

  • 2ª Edição Especial - Cinema

    O segundo número especial da Revista de Extensão reúne mais uma vez discussões sobre o audiovisual e suas conexões com outras linguagens artísticas. Os artigos e resumos foram produzidos por estudantes e professores de universidades brasileiras, e submetidos ao processo de seleção do IV Encontro de Cinema de Alagoas (2014). O Encontro é uma ação do IV Festival de Cinema Universitário de Alagoas, um projeto de Extensão, que envolve a Unidade de Ensino de Penedo e as Pró-reitorias de Extensão e Estudantil da Universidade Federal de Alagoas.

    Um aspecto recorrente nos artigos é a análise de filmes brasileiros e nacionais. Atuando nessa linha, destacam-se: De Maria Flor etc. à Farpa: uma questão de adaptação, de Franciely Tiburtino Pereira e Rafaela Simias Aragão; A feiticeira da paixão: da tragédia euripidiana ao cinema de Pasolini, de Ana Flávia Ferraz e Otávio Cabral; Etnografia Fílmica: Lugares, corpos e subjetividades nas cenas de Amarelo Manga, Cícero Rogério do Nascimento; O cinema como simulacro: uma análise da violência cotidiana através do filme Laranja Mecânica, de Alisson Gutemberg da Silva Souza; O som do filme Magnólia (1999) de Paul Thomas Anderson, Caíque Pimentel Guimarães; A Estética da Indeterminação nos filmes Serras da Desordem e Filmefobia, de Wislan Esmeraldo de Oliveira; Da fragmentação da cidade de Maceió ao filme, de Thiago José da Silva Almeida; Novo Extremismo Francês e o Tempo por Subtração em Noé, de Lohayne Gomes de Lima; Adaptações de Medeia, de David Lopes da Silva.

    Ressalta-se a preocupação de alguns articulistas com a relação do cinema e outros gêneros e linguagens, a presença de motivos recorrentes e a exploração de aspectos técnicos e simbólicos nos filmes. Seguem esse percurso investigativo os artigos: O cinema como instrumento de (des)construção ideológica, Cinema e persuasão, Bruna Marques da Silva; O Mercado do Folhetim: Entre o Jornal, o Cinema e a Televisão, Aguimario Pimentel Silva; O Roteiro de Cinema, Huldyana Lopes de Paiva e Bruno Sérgio Franklin de Farias Gomes; Algum Lugar entre o Céu e a Terra: o mar como utopia cinematográfica, de Renata França Bezerra de Macêdo; Apropriação de Recursos e Estratégias na Produção de Filme Animado, de Luhan Dias Souza; Arquitetura do cinema ficcional: O absurdo crível da ficção, de Alfredson Barbosa de Souza Teles; Como é bom produzir! Uma Experiência Audiovisual de Incentivo a Produção Textual em Sala de Aula, de Silvio Nunes da Silva Júnior. Dentro dessa perspectiva também se situam os resumos expandidos: A Literatura e o Cinema na Formação de Um Público Leitor, de Josiano Saulo Diniz e Diálogos entre Cinema e Teatro no Curta – Metragem Rua Dos Bobos, de Ohana Almeida de Sousa Assis.

    Os trabalhos selecionados sinalizam o crescente interesse do meio acadêmico pelo cinema como objeto de pesquisa; e, sobretudo, confirmam a necessidade de aproximar cada vez mais essa área de conhecimento com o propósito da extensão universitária de agregar saberes interdisciplinares – educativo, cultural, científico e político – para a transformação sustentável da sociedade.

    Uma boa leitura para todos!

  • Edição Especial - Cinema

    Este número especial da Revista de Extensão traz uma série de artigos e resumos expandidos sobre diferentes temas do setor audiovisual no Brasil e no mundo. Os trabalhos foram selecionados a partir de uma chamada para o III Encontro de Cinema de Alagoas, realizada em 2013. O Encontro integra a programação acadêmica do III Festival de Cinema Universitário de Alagoas, um projeto de Extensão, que envolve a Unidade de Ensino de Penedo e as Pró-reitorias  de Extensão e Estudantil da Universidade Federal de Alagoas.

    As pesquisas que originaram os artigos ora apresentados debatem aspectos como a análise de filmes nacionais e estrangeiros: Construindo a cidade Vertov, construtivismo e a representação da metrópole, de Tereza Moreira de Azambuja Rodrigues; Curralinho, Cotiporã e o Mundo: das relações que surgem em A falta que me faz Morro do Céu, de Wislan Esmeraldo de Oliveira; A Bela de Datena, a Bela de Buñuel e seus Símbolos, de Mayra Costa Pires; Bastardos Inglórios – a Cena, o Clima e o Ritmo no Chapter One, de Wislan Esmeraldo de Oliveira; Brecht e Lars Von Trier: hibridismo e antiilusionismo em Dogville (2003), de Otávio Gomes Cabral Filho e Ana Flávia Ferraz; as técnicas de produção: A construção poética do personagem de animação stop-motion na obra D.I.M de Marek Skrobecki e Histórico e desenvolvimento do stop-motion e dos personagens articulados no cinema de animação, de Giovanna Belico Cária Guimarães e Maurício Silva Gino; os impactos socioculturais e comunicacionais dos meios: Autorrepresentação e identidade social no cinema brasileiro contemporâneo, de Maria Beatriz Colucci e Alinny Ayalla Cosmo dos Anjos; Televisão na China – Produto e processo – desenvolvimento e ambientação da comunicação de massa na China, de Marcella Coppo Leite; Documentação Audiovisual do Pontal da Barra: Preservação da Memória Cultural Coletiva de um Povo, de Bernardo Manoel Monteiro Constant e Renata Louriane Moreira da Silva Menezes; O Audiovisual e o Documentário nos Cursos de Jornalismo, de Renato Levi Pahim e  Para uma abordagem rítmica da sétima arte: aspectos não-narrativos unem a literatura ao cinema, de Mírian Sousa Alves.

    Já os resumos são: A Questão da Autoria no Cinema de Jorge Furtado, de Cesar Felipe Pereira Carneiro; A Influência Do Cinema No Videoclipe: Uma análise a partir do videoclipe de Janie's Got A Gun, de Luana Vitorino Sampaio Passos; O documentário em foco: um estudo sobre a Extensão, de Anderson Vieira Otacilio de Barros; Os Diálogos entre o Regime Nazista e o cinema de Leni Riefensthal, de Krystila Andressa Costa da Silva; e Relato preliminar do projeto 'Cinema de Literatura' (Ufal-Arapiraca), David Lopes da Silva.

    Com a divulgação dessas pesquisas acadêmicas, a Revista de Extensão, em seu número especial, pretende compartilhar conhecimentos, avanços e descobertas no âmbito do setor audiovisual. E espera-se com isso estar contribuindo para o movimento de transformação dessa área que tem um papel importante no processo de formação cultural do país. Boa leitura!