Belo Monte: risco ou progresso?

Autores

  • Luciana Rodrigues UFSM

DOI:

https://doi.org/10.28998/lte.2011.n.2.1012

Palavras-chave:

Risco, modernidade, Belo Monte

Resumo

As transformações que ocorrem na modernidade, impulsionadas pela globalização e desenvolvimento industrial e tecnológico produzem riquezas, o que geralmente vem acompanhado da produção de riscos. Essas riquezas trazem consigo ameaças incertas, o que gera inquietação na sociedade. O presente trabalho trata do risco na modernidade reflexiva no caso da construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, a qual vem sendo feito sob muita polêmica, principalmente pelos potenciais danos que ameaça causar, já que aquela que será a terceira maior hidrelétrica do mundo e poderá gerar muito mais energia para o país ameaça ter um alto custo financeiro, social e ecológico.

Downloads

Publicado

16/05/2018

Como Citar

Rodrigues, L. (2018). Belo Monte: risco ou progresso?. Latitude, 5(2). https://doi.org/10.28998/lte.2011.n.2.1012

Edição

Seção

Dossiê Ensino de Sociologia e Currículo