O sujeito e seus modos – identificação, contraidentificação, desidentificação e superidentificação

Autores

  • Maurício Beck Universidade Federal Fluminense
  • Phellipe Marcel da S. Esteves Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.28998/2317-9945.2012v2n50p135-162

Palavras-chave:

Ideologia, Assujeitamento, Identificação, Forma-sujeito

Resumo

O presente artigo visa a discorrer sobre o funcionamento especular da Ideologia em cotejo com as três modalidades de funcionamento subjetivo propostas por Pêcheux, a saber: identificação, contraidentificação e desidentificação. Com isso, investigamos as formas de inscrição dos sujeitos nas formações discursivas. Além disso, pretende-se articular conceitos de Análise de Discurso de linha francesa com formulações do pensamento de Feuerbach, Stirner, Freud, Althusser e Zizek, cuja temática converge com os citados conceitos.

 

DOI: 10.28998/2317-9945.2012v2n50p135-162

Biografia do Autor

Maurício Beck, Universidade Federal Fluminense

Doutor em Letras — Estudos Linguísticos — pela UFSM, bolsista pós-doc FAPERJ, integrante do Laboratório Arquivos do Sujeito (LAS), da Universidade Federal Fluminense.

Phellipe Marcel da S. Esteves, Universidade Federal Fluminense

Mestre em Letras (Língua Portuguesa) pela UERJ. Doutorando em Estudos de Linguagem na UFF. Bolsista CAPES-REUNI. Integrante do Laboratório Arquivos do Sujeito.

Downloads

Como Citar

BECK, M.; MARCEL DA S. ESTEVES, P. O sujeito e seus modos – identificação, contraidentificação, desidentificação e superidentificação. Leitura, [S. l.], v. 2, n. 50, p. 135–162, 2014. DOI: 10.28998/2317-9945.2012v2n50p135-162. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/1152. Acesso em: 20 out. 2021.