Efeitos de sentido entre linguística e antropologia no discurso fundador de uma linguística brasileira

Autores

  • Juciele Pereira Dias Pesquisadora em pós-doutorado sênior, com bolsa PDS-FAPERJ, no Programa de pós-graduação stricto sensu modalidade profissional - Mestrado Profissional em Linguística e Línguas Indígenas (Profllind), no Setor de Linguística do Museu Nacional do Rio de Janeiro, vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

DOI:

https://doi.org/10.28998/2317-9945.2021v1n70p108-121

Palavras-chave:

História das Ideias Linguísticas. Arquivo. Políticas linguísticas. Linguística Brasileira. Joaquim Mattoso Câmara Junior.

Resumo

Neste trabalho objetivamos descrever e interpretar o modo como a Linguística se constituiu no Brasil, tendo como ponto de sustentação relações de sentidos entre diferentes campos do conhecimento, dentre eles o da Linguística e da Antropologia, na produção acadêmica de Joaquim Mattoso Câmara Junior e nas políticas linguísticas em que se inscreve. Inscrita no campo do saber da História das Ideias Linguísticas, por uma perspectiva discursiva, essa pesquisa traz como proposta a constituição de um arquivo, em que se busca compreender o processo de produção desse discurso fundador da Linguística Brasileira (conjunto de documentos de/sobre as línguas brasileiras produzidos também no Museu Nacional), organizado junto às diferentes maneiras de se ler esses documentos.

Biografia do Autor

Juciele Pereira Dias, Pesquisadora em pós-doutorado sênior, com bolsa PDS-FAPERJ, no Programa de pós-graduação stricto sensu modalidade profissional - Mestrado Profissional em Linguística e Línguas Indígenas (Profllind), no Setor de Linguística do Museu Nacional do Rio de Janeiro, vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Análise de Discurso

História das Ideias Linguísticas

Educação

Downloads

Publicado

14/07/2021

Como Citar

DIAS, J. P. Efeitos de sentido entre linguística e antropologia no discurso fundador de uma linguística brasileira. Leitura, [S. l.], v. 1, n. 70, p. 108–121, 2021. DOI: 10.28998/2317-9945.2021v1n70p108-121. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/12378. Acesso em: 24 set. 2021.

Edição

Seção

Estudos Linguísticos