Fast food ou comida regional? as preferências gastronômicas dos turistas que visitam Natal (RN)

Autores

  • Bruna Alves de Araújo Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Renata Mayara Moreira de Lima Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Palavras-chave:

Gastronomia. Pratos típicos. Fast Food. Preferência Gastronômica. Turistas.

Resumo

Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa realizada por meio de um trabalho de conclusão do curso de Turismo, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que teve como principal objetivo analisar as preferências gastronômicas, fast food ou pratos típicos locais, dos turistas que visitam Natal/RN. A pesquisa consistiu, além da pesquisa bibliográfica, da aplicação de 100 (cem) questionários com turistas que visitaram a cidade nos meses de abril e maio de 2015. A partir dos dados coletados, verificou-se que a maior parte dos turistas que visitam Natal, opta pela comida típica regional, sendo importante destacar que a aproximação com a realidade local, é o principal elemento que justifica a escolha dos turistas por pratos típicos. Mesmo em menor quantidade, uma parte dos turistas opta pelo consumo de fast food, justificando-se tal escolha, por se tratar de pratos conhecidos e terem preços acessíveis. Identificaram-se ainda, outros aspectos na pesquisa, como a necessidade de existir um marketing turístico voltado para a gastronomia local e a imagem gastronômica da cidade ser vinculada aos frutos do mar, sendo este, um elemento diferenciador da cidade, em comparação a outros destinos.

Biografia do Autor

Bruna Alves de Araújo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Bacharel em Turismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Renata Mayara Moreira de Lima, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Bacharel em Turismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Mestre em Ciências Sociais pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e Doutoranda em Ciências Sociais pelo mesmo Programa de Pós-Graduação

Downloads

Publicado

17/01/2016

Edição

Seção

Artigos