A BRINQUEDOTERAPIA NA ONCOLOGIA PEDIÁTRICA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

PLAY THERAPY IN PEDIATRIC ONCOLOGY: AN EXPERIENCE REPORT

Autores

  • Sávio Ricardo de Oliveira Silva Universidade Federal de Alagoas - UFAL
  • Nataly Christine Soares Gama Universidade Federal de Alagoas - UFAL
  • Samara Barahona Ferreira Universidade Federal de Alagoas - UFAL
  • Álvaro Santos de Lima Universidade Federal de Alagoas - UFAL
  • Pollyanna Almeida dos Santos Abu Hana Universidade Federal de Alagoas - UFAL
  • Carlos Arthur Cardoso Almeida Arthur Cardoso Almeida Universidade Federal de Alagoas - UFAL

Palavras-chave:

Extensão. Atividades recreativas. Oncopediatria. Crianças. Familiares. Tratamento.

Resumo

O presente trabalho aborda uma ação de extensão realizada pela Liga Acadêmica de Oncologia Pediátrica (LAOnP) na Casa da Criança do Hospital Veredas, onde foram feitas visitas periódicas aos pacientes em tratamento oncológico. O principal objetivo foi promover interações e atividades recreativas às crianças e seus familiares, oferecendo suporte mediante a brinquedoterapia e as rodas de conversa. A prática de brincar, é vista como uma alternativa terapêutica indispensável no tratamento dos pacientes infantis. Nesse sentido, por meio da atividade lúdica foi observado a diminuição do estresse e ansiedade provocados pela hospitalização, além do fortalecimento dos laços através dos momentos de conexão entre as crianças e os pais. Portanto, essas intervenções representaram um enriquecimento profissional significativo para os membros da liga, proporcionando uma valiosa experiência prática na oncopediatria, resultando no aprimoramento da compreensão e sensibilidade nos aspectos assistenciais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARTILHEIRO, Ana Paula Scupeliti; ALMEIDA, Fabiane de Amorim;CHACON, Julieta Maria. Uso do brinquedo terapêutico no preparo de crianças préescolares para quimioterapia ambulatorial. Acta Paulista de Enfermagem, v. 24, n. 5, p. 611–616, 2011.

DIAS, Patrícia Luciana Moreira; SILVA, Isabella Partezani. A Utilização do Brinquedo durante o Tratamento de Crianças com Câncer: Percepções da Equipe Multidisciplinar. Revista Brasileira de Cancerologia 2018; 64(3): 311-318. doi: https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2018v64n3.28.

DIAS, Thainá Karoline Costa. Cuidados paliativos à criança com câncer no contexto hospitalar: estudo com enfermeiros à luz da teoria de Jean Watson. 2021. 89 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Enfermagem, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2021.

MONTEIRO, Vinicius Costa Maia et al. BRINQUEDOTERAPIA: uma prática aplicada a pediatria oncológica. Práticas Integrativas e Complementares: Visão Holística e Multidisciplinar, [S.L.], p. 54-62, 2020. Editora Científica Digital. http://dx.doi.org/10.37885/201102272.

Publicado

2024-03-19

Como Citar

Ricardo de Oliveira Silva, S., Christine Soares Gama, N., Samara Barahona Ferreira, Santos de Lima, Álvaro, Almeida dos Santos Abu Hana, P., & Arthur Cardoso Almeida, C. A. C. A. (2024). A BRINQUEDOTERAPIA NA ONCOLOGIA PEDIÁTRICA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA: PLAY THERAPY IN PEDIATRIC ONCOLOGY: AN EXPERIENCE REPORT. REVISTA ELETRÔNICA EXTENSÃO EM DEBATE, 13(17). Recuperado de https://www.seer.ufal.br/index.php/extensaoemdebate/article/view/16502

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.