A aprendizagem musical móvel: usando a tecnologia mobile na criação de aplicativos de apoio à aprendizagem e ensino do instrumento

Autores

Palavras-chave:

Educação musical, Tecnologia educacional, Aprendizagem móvel

Resumo

Tendo em vista o constante desenvolvimento tecnológico e o crescente acesso à dispositivos móveis, como já demonstrado por dados do IBGE (PNAD Contínua 2016), onde estimou-se que 77,1% dos brasileiros possuem smartphones e que 94,6% o utilizam para ter acesso à internet, este trabalho propõe o uso da tecnologia móvel para o desenvolvimento de plataformas digitais que promovam suporte aos processos de educação musical e ensino do instrumento. O uso da tecnologia em práticas educacionais têm demonstrado uma enorme plasticidade, sendo uma interessante e eficaz ferramenta nos processos de aprendizagem, assim também contribuindo com a progressão evolutiva das metodologias de ensino. A mobilidade proporciona facilidade ao acesso à informação, o que permite ampliar o espaço de aprendizagem. Cabe ainda ressaltar a importante função do professor de música, não atribuindo total autonomia às plataformas digitais, considerando estas não mais que eficientes mecanismos de apoio às práticas instrutivas. A partir dos apontamentos feitos, foi desenvolvido um aplicativo móvel chamado “e-Chords! Guitar” com função de auxiliar a aprendizagem da leitura musical, prática instrumental e demonstrar um exemplo da criação de aplicativos didáticos fazendo uso da tecnologia móvel.

Biografia do Autor

João Gracindo da Silva Neto, Universidade Federal de Alagoas (UFAL)

Graduando do Curso de Licenciatura em Música (Instrumento) da Universidade Federal de Alagoas. Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciaçao Científica, além de Monitor nas disciplinas de Hamonia I e II. Atuou também na área da eletrônica, possuindo formação técnica pelo Instituto Federal de Alagoas e tendo trabalhado no GECAD, em Porto, Portugal, por meio do projeto SMARTNESS. Dedica-se às áreas de Música e Tecnologia Educacional, buscando associar a tecnologia à novas formas de aprendizagem.

Referências

CORRÊA, Alessandra de Abreu. Alfabetização tecnológica docente: uma ferramenta da educação. Educ. Matem. Pesq. São Paulo, v. 18, n. 2, p. 1057-1068, 2016.

HERRINGTON, Anthony; HERRINGTON, Jam; MANTEI, Jessica. Design principles for mobile learning. In: HERRINGTON, Anthony; HERRINGTON, Jam; MANTEI, Jessica; OLNEY, I.; FERRY, B. (Ed.). New technologies, new pedagogies: mobile learning in higher education. Faculty of Education, University of Wollongong, 2009. p. 129-138.

IBGE. PNAD Contínua - Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal 2016. Disponível em: <https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/media/com_mediaibge/arquivos/c62c9d551093e4b8e9d9810a6d3bafff.pdf> Acessado em: 15 de set. 2018.

KORSAKOV, Rimsky. Tratado Prático de Harmonia. 13a Edição. Buenos Aires: RICORDI Americana S.A.E.C, 1947.

KRÜGER, Susana E.; FRITSCH, Eloi F.; FLORES, Luciano V.; GRANDI, Roges H.; SANTOS, Tiago R.; HENTSCHKE, Liane; VICCARI, Rosa M. Developing a software for music education: an interdisciplinary project. In: Anais do VI Simpósio Brasileiro de Computação & Música. Rio de Janeiro: SBC, 1999. p.251-264.

LÉVY, P. As tecnologias da inteligência. Rio de Janeiro: Editora 34, 1993.

NAVEDA, Luiz Alberto Bavaresco de. Inovação, anjos e tecnologias nos projetos e práticas da educação musical. Revista da ABEM. Porto Alegre, v. 14, n. 14, p. 65-74, 2006.

SCHOENBERG, Arnold. Harmonia. 2a Edição. São Paulo: UNESP, 2012.

SINGH, Harvey. Building Effective Blended Learning Programs. Issue of Educational technology. Estados Unidos, v. 43, n. 6, p. 51-54, 2003.

SWANWICK, Keith. Ensinando Música Musicalmente. São Paulo: Moderna, 2003.

TRAXLER, John. Current state of mobile learning. In: ALLY, Mohamed (Ed.). Mobile learning: Transforming the delivery of education and training. Edmonton: AU Press, Athabasca University, 2009. p. 9-24.

TRAXLER, John. Defining, discussing, and evaluating mobile learning: the moving fingers writes and having writ.... International Review of Research in Open and Distance Learning. Reino Unido, v. 8, n. 2, p. 1-12, 2007.

Downloads

Publicado

24/10/2019