REMAT e a gestão editorial de 2019: da ampliação de indexadores à publicação em fluxo contínuo

Autores

  • Glauciane Klein Burgiert Padilha Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Caxias do Sul, RS http://orcid.org/0000-0001-6843-2289
  • Greice da Silva Lorenzzetti Andreis Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Caxias do Sul, RS http://orcid.org/0000-0002-8674-0223
  • Katia Arcaro Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Caxias do Sul, RS http://orcid.org/0000-0001-9989-9674
  • Daiane Scopel Boff Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Caxias do Sul, RS http://orcid.org/0000-0002-2860-686X

DOI:

https://doi.org/10.28998/cirev.2020.7ne.37-46

Palavras-chave:

REMAT. Indexadores. OJS 3. DOI. Publicação em Fluxo Contínuo.

Resumo

Este artigo tem por objetivo historicizar a trajetória da REMAT: Revista Eletrônica da Matemática com o registro das principais ações realizadas em 2019/2020, que incluem a ampliação do número de indexadores com metadados da REMAT, a migração do sistema de gestão do fluxo editorial e publicação de periódicos científicos na web, passando do Open Journal Systems (OJS) 2 para o OJS 3, o depósito de metadados dos artigos da revista no sistema Digital Object Identifier (DOI) e a publicação em fluxo contínuo (rolling pass). Com sustentação analítica, descreve-se a forma pela qual os processos de editoração são realizados e projetam-se as melhorias que podem ser obtidas por meio do upgrade do sistema OJS. O artigo apresenta também o Sistema DOI e suas vantagens, e trata da publicação em fluxo contínuo, que tem por objetivo principal acelerar o processo de comunicação das pesquisas, disponibilizando ao leitor conteúdo de maneira mais rápida e, consequentemente, favorecendo o aumento do número de citações. A partir dessas ações espera-se qualificar o fluxo editorial para autores, avaliadores e editores, e ampliar a divulgação das pesquisas entre os leitores, fazendo com que a REMAT continue em ascensão no que tange à visibilidade e, principalmente, à qualidade.

Biografia do Autor

Glauciane Klein Burgiert Padilha, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Caxias do Sul, RS

Cursa Licenciatura em Matemática pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Caxias do Sul, é integrante do grupo de pesquisa GPMETA - Grupo de Pesquisa em Matemática, Ensino, Tecnologias e Aplicações e atua como bolsista na REMAT: Revista Eletrônica da Matemática. Linha de pesquisa: Editoração Científica.

Greice da Silva Lorenzzetti Andreis, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Caxias do Sul, RS

Possui graduação em Licenciatura Plena em Matemática pela Universidade de Caxias do Sul (2005), mestrado em Matemática Aplicada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2008) e doutorado em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2011). Realizou pós-doutorado junto à Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2013) na área de Combustão, atuando principalmente no desenvolvimento de mecanismos cinéticos reduzidos para biocombustíveis. Atualmente é professora e pesquisadora com dedicação exclusiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Campus Caxias do Sul, integrante do grupo de pesquisa GPMETA - Grupo de Pesquisa em Matemática, Ensino, Tecnologias e Aplicações, e editora-chefe da REMAT: Revista Eletrônica da Matemática.

Katia Arcaro, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Caxias do Sul, RS

Mestre (2009) e Doutora (2013) em Matemática Aplicada, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, graduou-se em Licenciatura Plena em Matemática com habilitação em Física pela Universidade de Caxias do Sul (2006), com obtenção de Láurea Acadêmica. Tem experiência nas áreas de Matemática e Física, com ênfase em Matemática, tendo atuado como docente do curso de Administração da Faculdade dos Imigrantes (FAI) e dos cursos de Engenharia de Produção, Engenharia Civil, Engenharia Ambiental, Engenharia Mecânica e Arquitetura e Urbanismo da Faculdade da Serra Gaúcha (FSG). Atualmente integra o corpo docente do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), lotada no campus Caxias do Sul, e atua como Editora Adjunta na REMAT: Revista Eletrônica da Matemática (e-ISSN: 2447-2689).

Daiane Scopel Boff, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Caxias do Sul, RS

É licenciada em Matemática e doutora em Educação pela UNISINOS; Mestre em Ensino de Matemática pela UFRGS; Especialista em Coordenação Pedagógica, em Estatística Aplicada e em Metodologia do Ensino de Matemática. É professora e pesquisadora com dedicação exclusiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Campus Caxias do Sul. Integra os grupos de pesquisa GPMETA - Grupo de Pesquisa em Matemática, Ensino, Tecnologias e Aplicações e GIPEDI - Grupo Interinstitucional de Pesquisa em Docências, Pedagogias e Diferenças.

Downloads

Publicado

30/03/2020

Como Citar

Padilha, G. K. B., Andreis, G. da S. L., Arcaro, K., & Boff, D. S. (2020). REMAT e a gestão editorial de 2019: da ampliação de indexadores à publicação em fluxo contínuo. Ciência Da Informação Em Revista, 7(esp.), 37–46. https://doi.org/10.28998/cirev.2020.7ne.37-46

Edição

Seção

Relatos de Experiência | Experience Reports