A trilha de um periódico científico de uma instituição particular na transição da publicação impressa à eletrônica e na busca de indexações internacionais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/cirev.2020.7ne.55-64

Palavras-chave:

Indexação. Internacionalização. Endogenia acadêmica. Periódico científico.

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar o estudo de caso da Revista Tecnologia quanto aos desafios no processo de transição da publicação impressa à eletrônica e na busca da internacionalização. O estudo revelou que o uso do SEER/OJS oferece uma maior uniformidade de informações e traz uma identidade ao periódico. A internacionalização se apresenta como um aspecto importante para visibilidade da revista, sendo premente um aumento do networking interno e externo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Emanuela Paula Martins, Universidade de Fortaleza - Unifor

Graduanda em Direito pela Universidade de Fortaleza - Unifor. Atualmente é secretária executiva da Revista Tecnologia da Unifor, bolsista voluntária do Núcleo de Estudos Internacionais - NEI e do Programa de Aluno Voluntário de Iniciação Científica - PAVIC pela Universidade de Fortaleza- Unifor. Ênfase em Direito Ambiental.

Márcia Thelma Rios Donato Marino, Universidade de Fortaleza - Unifor

Márcia Thelma Rios Donato Marino possui Graduação em Geologia pela Universidade de Fortaleza (1984) , Especialização em Aperfeiçoamento em Mapeamento Geológico pela Universidade Federal de Minas Gerais (1985), Mestrado em Geologia pela Universidade Federal do Ceará (2004) e Doutorado em Geologia pela Universidade Federal do Ceará (2014). Ex-coordenadora do curso de Especialização em Gestão Ambiental e do MBA em Perícia e Auditória Ambiental da UNIFOR. Professora Adjunto, Nível 6, da Universidade de Fortaleza dos cursos de Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária e Engenharia Civil. Editora executiva da Revista Tecnologia (UNIFOR). Membro do Comitê de Ética da Universidade de Fortaleza desde setembro de 2014.Consultora Ambiental cadastrada no IBAMA. Tem experiência na área de Geociências, atuando, principalmente, nos seguintes temas: impactos ambientais na zona costeira, morfodinâmica e ecossistemas costeiros, estudos ambientais em geral (EIA / RIMA / PCA / EVA etc) e gestão ambiental. Membro da Rede BRASPOR de pesquisadores. Participante do processo de implantação do Sistema de Gestão da Qualidade e Certificação da ISO 9001:2008 - Bureau Veritas Certification - da Universidade de Fortaleza.

Juliana Maria de Sousa Pinto, Universidade de Fortaleza - Unifor

Graduada em Fisioterapia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR), Mestre em Educação em Saúde pela Universidade de Fortaleza e Doutora em Avanços e Pesquisa sobre Deficiência pela Universidade de Salamanca, Espanha. Docente do Curso de Fisioterapia e da Pós-Graduação em Fisioterapia Respiratória e Cardiovascular da UNIFOR, Coordenadora do Grupo de Estudo RespiraFisio (Curso de Fisioterapia), Diretora do Conselho Superior de Editoração da Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e responsável técnica da Companhia do Médico. Experiência na área de Fisioterapia Cardiorrespiratória e Saúde Coletiva com ênfase em Reabilitação Pulmonar, DPOC e Educação em Saúde.

Downloads

Publicado

2020-03-30

Como Citar

Martins, E. P., Marino, M. T. R. D., & Pinto, J. M. de S. (2020). A trilha de um periódico científico de uma instituição particular na transição da publicação impressa à eletrônica e na busca de indexações internacionais. Ciência Da Informação Em Revista, 7(esp.), 55–64. https://doi.org/10.28998/cirev.2020.7ne.55-64

Edição

Seção

Relatos de Experiência | Experience Reports

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.