Indexação de xilogravuras de cordel: uma abordagem sob a perspectiva cognitiva

Autores

  • Raimunda Fernanda dos Santos Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Maria Elizabeth Baltar Carneiro de Albuquerque Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Dulce Amélia de Brito Neves Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

DOI:

https://doi.org/10.28998/cirev.2019v6n1e

Palavras-chave:

Informação imagética. Indexação de imagens - metacognição. Xilogravuras de cordel.

Resumo

Estuda aspectos relativos à indexação, operação que visa extrair o conteúdo dos objetos informacionais para fins de sua recuperação, acesso e uso. Objetiva identificar os aspectos cognitivos inerentes à atividade de indexação de xilogravuras de capas de folhetos de cordel efetuada por profissionais da informação. Utiliza como metodologia a pesquisa bibliográfica para a fundamentação teórica do assunto estudado, seguida de um delineamento de caráter exploratório e descritivo com um estudo de caso contemplando um grupo experimental de sujeitos indexadores que trabalham em unidades de informação que possuem acervos de cordel para fins de aplicação de um questionário e da técnica de protocolo verbal individual cuja inspeção dos dados obtidos foi efetuada por meio da técnica de análise de conteúdo. Constata que, através dos processos cognitivos, as participantes da pesquisa desenvolveram estratégias que viabilizam a atividade de indexação das xilogravuras, analisando e identificando os elementos presentes nas imagens e os seus respectivos referentes. Porém, como subsídio informacional foram consultados os títulos e os versos dos próprios folhetos cujas xilogravuras estavam sendo representadas. Conclui que a complexidade inerente à atividade de indexação de imagens como as xilogravuras não está apenas associada ao fato da necessidade e compreensão do profissional da informação acerca de um conceito contido em recursos não textuais, faz-se necessário que esse profissional identifique a maneira como os conceitos estão sendo apropriados pelos usuários, uma vez que essas imagens retratam o imaginário e a cultura popular.

Biografia do Autor

Raimunda Fernanda dos Santos, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Professora Adjunta do Departamento de Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (CBG/UFRJ). Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Mestra em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Maria Elizabeth Baltar Carneiro de Albuquerque, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Professora do Departamento de Ciência da Informação e do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba com Graduação em Letras pela Universidade Católica de Pernambuco (1983), Graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Pernambuco (1984), Mestrado em Biblioteconomia pela Universidade Federal da Paraíba (1992), Doutorado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (2011) e Pós-doutorado em Ciência da Informação pela Universidade de São Paulo (2016). 

Dulce Amélia de Brito Neves, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Doutora em Ciência da Informação pela UFMG, Professora Titular do Departamento de Ciência da Informação da UFPB. Ministra disciplina Representação Temática da Informação, Metodologia do Trabalho Científico na graduação. Docente do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da UFPB, na linha de "Memória, organização, acesso e uso da informação" orientadora e pesquisadora do mestrado e doutorado.

Downloads

Publicado

02/05/2019

Como Citar

Santos, R. F. dos, Albuquerque, M. E. B. C. de, & Neves, D. A. de B. (2019). Indexação de xilogravuras de cordel: uma abordagem sob a perspectiva cognitiva. Ciência Da Informação Em Revista, 6(1), 73–98. https://doi.org/10.28998/cirev.2019v6n1e

Edição

Seção

Relatos de Pesquisa | Research Reports