Fofocas e rumores no cotidiano do pequeno urbano: a construção e a apresentação do self nas sociabilidades urbanas de pequena escala

Autores

  • Mauro Guilherme Pinheiro Koury Universidade Federal da Paraíba
  • Raoni Borges Barbosa Doutorando em Antropologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Pesquisador do GREM/UFPB

Palavras-chave:

Pequenas Cidades, Sociabilidades Urbanas, Emoções e Moralidades, Fofocas e Rumores

Resumo

Este artigo problematiza contextos interacionais do pequeno urbano em situações cotidianas. Para tanto, parte analiticamente de uma etnografia das sociabilidades urbanas de um município do interior da Paraíba, Brasil. O pequeno urbano aparece como palco de construção e de apresentação do self e da formação de redes de significados sensíveis e de conformadores de paisagens simbólicas e materiais, que caracterizam este estilo particular de urbanismo. O artigo debate a dimensão da fofoca e do rumor no pequeno urbano como forma de acessar, neste cotidiano interacional pessoalizado, a tensão criativa de individualidades reciprocamente monitoradas e em estratégias de se mostrar e se esconder, de se revelar em conformidade com os consensos morais tidos como aceitos e, também, de renovar a ordem moral dominante pelo exercício arriscado de administração de escândalos, tragédias e situações limites. O pequeno urbano aparece como mundo social dinâmico, de selves em permanente jogo e risco de imposição de si e de enquadramento moral pelo olhar do outro.

Abstract

This article problematizes interactive small urban contexts in everyday situations. It analyzes the ethnographic data of episodes of urban sociabilities of a municipality of the interior of Paraíba, Brazil. The small urban appears as a stage of construction and presentation of the self and as a setting for networks of sensitive meanings and shapes of symbolic and material landscapes that characterize this particular style of urbanism. The article discusses the dimension of gossip and rumor in the small urban as a way of accessing, in this everyday life of personal interactions, the creative tension of reciprocally monitored individualities and in strategies of showing and hiding, of revealing themselves in accordance with the moral consensus accepted and also to renew the dominant moral order by the risky exercise of administration of scandals, tragedies and limit situations. The small urban appears as a dynamic social world, of selves in permanent play and risk of self-imposition and of moral framework by the other's gaze.

Biografia do Autor

Mauro Guilherme Pinheiro Koury, Universidade Federal da Paraíba

Programa de Pós-Graduação em Antropologia/ Departamento de Ciências Sociais

Referências

ALEXANDER, J. Toward a theory of cultural trauma. In: ALEXANDER, J. et al. (eds.). Cultural trauma and collective identity. Berkeley: University of California Press, p. 1-30, 2004.

BACELAR, W. K. A. Pequenas cidades: uma caracterização. In: Santa Maria, RS: V Encontro de estudos de pesquisa “Agricultura, Desenvolvimento e Transformações sociosespaciais”, 2009.

BARBOSA, R. B. Estigma e intensa pessoalidade: uma análise compreensiva dos rituais de interação em um residencial de um bairro popular. RBSE Revista brasileira de sociologia da emoção, v. 13, n. 38, p. 153-164, 2014.

BARBOSA, R. B. Medos corriqueiros e vergonha cotidiana: um estudo em antropologia das emoções. Coleção Cadernos do GREM, n. 8, Recife: Bagaço; João Pessoa: Edições do GREM, 2015.

BARBOSA, R. B. O desconforto da copresença: uma análise goffmaniana e kouryana das interações cotidianas no bairro do Varjão/Rangel. RELACES Revista Latinoamericana de estudios sobre cuerpos, emociones y sociedad, v. 7, n. 1, p. 31-41, 2015a.

BERGER, P. L. Perspectivas Sociológicas: uma visão humanística. Petrópolis: Vozes, 1972, 1972.

BLUMER, H. Sociedade como interação simbólica. RBSE Revista brasileira de sociologia da emoção, v. 16, n. 46, p. 14-22, 2017.

BLANC, M. V. Efeito “pequena cidade”: ensaio sobre uma sociologia da vida cotidiana. Trabalho apresentado em Montevidéu, Uy: GT 121 do XI RAM Reunión de Antropología de Mercosur, 2015.

BOLTANSKI, L. As dimensões antropológicas do aborto. Revista brasileira de ciência política, n. 7, p. 205-245, 2012.

BOURDIEU, P. Participant objetification. In: Journal of Royal Anthropology Institute, v, 9, n. 2, p. 281-294, 2003.

CALDEIRA, T. P. R. Cidade de Muros: crime, segregação e cidadania em São Paulo. São Paulo: Editora 34, 2000.

CLEMENTINO, M. L. M. Receitas Municipais e grau de dependência dos pequenos municípios do Nordeste. In: XVIII Encontro Nacional da APIPSA, Campina Grande/PB, 1996.

COOLEY, C. Human Nature and the Social Order. New York: Scribne’r, 1922.

DAMATTA, R. O ofício do etnólogo, ou como ter anthropological blues. In: Comunicação do Museu Nacional, n. 1, 1973.

ELIAS, N.; SCOTSON, J. L. Os estabelecidos e os outsiders. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2000.

FONSECA, C. Família, Fofoca e honra. Porto Alegre: EdUFRGS, 2000.

GAIARSA, J. A. Tratado geral sobre a fofoca: uma análise da desconfiança humana. São Paulo: Ágora, 1978.

GIRARD, R. Eu via satanás cair como um relâmpago. São Paulo: Paz e Terra, 2012.

GOFFMAN, E. Comportamentos em lugares públicos. Petrópolis: Vozes, 2010.

GOFFMAN, E. Ritual de interação: ensaios sobre o comportamento face-a-face. Petrópolis: Vozes, 2012.

GOFFMAN, E. Os quadros da experiência social: uma perspectiva de análise. Petrópolis: Vozes, 2012a.

GOFFMAN, E. Sobre o resfriamento do marca: alguns aspectos da adaptação ao fracasso. RBSE Revista brasileira de sociologia da emoção, v. 13, n. 39, p. 266-283, 2014.

HANNERZ, U. Explorando a cidade. Em busca de uma antropologia urbana. Petrópolis: Vozes, 2015.

KOURY, M. G. P.. O local como elemento intrínseco da pertença. In: Cláudia Leitão (Org.). Gestão Cultural. Fortaleza: Banco do Nordeste, p. 75-88, 2003.

KOURY, M. G. P.. Sociologia da Emoção: o Brasil urbano sob a ótica do luto. Petrópolis, Vozes, 2003a.

KOURY, M. G. P. Solidariedade e conflito nos processos de interação cotidiana sob intensa pessoalidade. Etnográfica, v.18, n. 3, p. 521-549, 2014.

KOURY, M. G. P. Ressentimento e regras morais de conduta em um bairro popular da cidade de João Pessoa, Paraíba, Brasil. Rosário, Ar: Anais do XI CAAS, 2014a.

KOURY, M. G. P.. Estilos de vida e sociabilidade: ensaios em antropologia e sociologia das emoções. Curitiba: Appris, 2014b.

KOURY, M. G. P.. Quebra de confiança & conflito entre iguais. Cultura emotiva e moralidade em um bairro popular. Coleção Cadernos do GREM, n. 9, Recife: Bagaço; João Pessoa: Edições do GREM, 2016.

KOURY, M. G. P.; BARBOSA, R. B. Sob os olhos da vizinhança: uma reflexão etnográfica sobre formas de controle e administração das tensões em um bairro popular. Caxambu: 39º Encontro Anual da ANPOCS, 2015.

KOURY, M. G. P.; BARBOSA, R. B.. Cultura Emotiva e Moralidade em Pequenas Cidades: uma análise etnográfica do papel da fofoca em sociabilidades urbanas de pequena escala. Sociabilidades Urbanas – Revista de Antropologia e Sociologia, v1, n1, p. 21-40, 2017. Endereço eletrônico: https://goo.gl/gdA7ym. Lido em: 01.11.2017.

KOURY, M. G. P., ZAMBONI, M.; BRITO, S. Como se articulam vergonha e quebra de confiança na justificação da ação moral. Dilemas: revista de estudos de conflito e controle social, v. 6, n.2, p. 251-265, 2013.

MAIA, D. S. Cidades pequenas, como defini-las? Apontamentos para os estudos sobre cidades pequenas. In: Anais do III SEURB, Curitiba, 2016. Endereço eletrônico: https://goo.gl/vdfkSn. Lido em: 01.11.2017.

MAUSS, M. A expressão obrigatória no indivíduo dos sentimentos. In: Sérvulo A. Figueira (Org.). Psicanálise e ciências sociais. Rio de Janeiro: Francisco Alves, p. 56-63, 1980.

MAUSS, M. Ensaio sobre a dádiva: forma e razão da troca nas sociedades arcaicas, Sociologia e Antropologia. São Paulo: Cosac & Naify, p. 183-314, 2003.

OLIVEIRA, T.; RIBEIRO, T. Vizinhança e solidariedade. In: ESPINHEIRA, Gey (Org.). Sociedade do medo: teoria e método da análise sociológica em bairros populares de Salvador: juventude, pobreza e violência. Salvador: EdUFBA, p. 177-193, 2008.

PARK, R. E. A cidade: sugestões para o comportamento humano em meio urbano. In: VELHO, G. (Org.) O fenômeno urbano. Rio de Janeiro: Zahar, p. 25-66, 1967.

PRADO, R. M. Cidade pequena: paraíso e inferno da pessoalidade. Cadernos de antropologia e imagem, n. 4, p.31-56, 1998.

PRADO, R. M. Mulher de novela e mulher de verdade. Estudo sobre cidade pequena, mulher e telenovela. Dissertação. Rio de Janeiro, UFRJ, 1987.

RICOEUR, P. A memória, a história e o esquecimento. Campinas, SP: EdUNICAMP, 2007.

SANTOS, M.; SILVEIRA, M. L. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. Rio de Janeiro/ São Paulo: Record, 2001.

SCHEFF, T. J. Microsociology: discurse, emotion and social structure. Chicago: University of Chicago Press, 1990.

SIMMEL, G.. A divisão do trabalho como causa da diferenciação da cultura subjetiva e objetiva. In: SOUZA, J.; BERTHOLD, J. Ö. (Orgs.). Simmel e a modernidade, Brasília: EdUNB, p. 23-40, 1998.

SIMMEL, G. As grandes cidades e a vida do espírito. Mana, v. 11, n. 2, p. 577-591, 2005.

TRAJANO FILHO. W. Outros rumores de identidade na Guiné Bissau. Série Antropologia 279. Brasília: DAN, 2000.

TRAJANO FILHO, W. A nação na web: rumores de identidade na Guiné Bissau. In: PEIRANO, Marisa. (Org.). O dito e o feito: ensaios de antropologia dos rituais. Rio de Janeiro: Relume-Dumará: Núcleo de Antropologia da Política/UFRJ, p. 85-112, 2002.

TURNER, V. W. Processo ritual: estrutura e antiestrutura. Petrópolis, Vozes, 2013.

VELHO, G.; MACHADO DA SILVA, A. A organização social do meio urbano. In: Anuário Antropológico 1976. Rio de Janeiro, Tempo Brasileiro, 1977.

VELHO, G. Observando o familiar. In: NUNES, E. O. (Org.). A aventura sociológica. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

VELHO, G. Individualismo e Cultura. Notas para uma antropologia das sociedades contemporâneas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1987.

VELHO, G. Projeto e metamorfose: antropologia das sociedades complexas. 3ª edição. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.

WIRTH, L. Urbanismo como modo de vida. In: VELHO, G. (Org.) O fenômeno urbano. Rio de Janeiro: Zahar, p. 89-112, 1967.

Downloads

Publicado

29/12/2020

Como Citar

Koury, M. G. P., & Barbosa, R. B. (2020). Fofocas e rumores no cotidiano do pequeno urbano: a construção e a apresentação do self nas sociabilidades urbanas de pequena escala. Latitude, 14(2), 56–81. Recuperado de https://www.seer.ufal.br/index.php/latitude/article/view/6143

Edição

Seção

Dossiê: "Moralidades nas cidades da periferia"