A noção de erro, sinalizador nativo e comunidade de fala na libras: uma perspectiva sociolinguística

Autores

  • Angelica Rodrigues UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA
  • Anderson Almeida-Silva UFPI

DOI:

https://doi.org/10.28998/2317-9945.2017v1n58p68-91

Palavras-chave:

libras, sociolinguística, erro, comunidade de fala

Resumo

Tendo em vista os pressupostos da sociolinguística, tal qual formulados no trabalho seminal de Weinreich, Labov e Herzog (2006[1968]), o objetivo deste artigo é fazer uma discussão teórica acerca do conceito de erro linguístico, da definição de falante/sinalizador nativo e comunidade de fala para a comunidade surda que utiliza a libras (Língua Brasileira de Sinais). Nossas conclusões apontam para a necessidade de se discutir esses conceitos levando em conta a prerrogativa da sociolinguística de que a língua é um construto social mais do que exclusivamente linguístico.

 

DOI: 10.28998/2317-9945.2017v1n58p68-91

Biografia do Autor

Angelica Rodrigues, UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

Angelica Rodrigues possui raduação em Letras pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1998), mestrado em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (2001), doutorado em Visiting Academic com Bolsa Doutorado Sandwich - Australian National University (2004) e doutorado em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (2006). Atualmente é Professora Assistente na Faculdade de Ciências e Letras da Unesp - Campus de Araraquara. Tem experiência na área de Letras-Língua Portuguesa, com ênfase em Linguística, atuando principalmente nos seguintes temas: sociolinguística, variação e mudança linguística, gramaticalização, gramática das construções, articulação de cláusulas e estudos descritivos de línguas de sinais (libras).

Anderson Almeida-Silva, UFPI

Doutorando em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas. Mestre em Letras - Estudos de Linguagem pela Universidade Federal do Piauí - UFPI (2013) . Especialista em LIBRAS - pelo IFPI (2009).Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Lingüística da LIBRAS - Semântica. Trabalha como professor e tradutor/intérprete da LIBRAS, atua em cursos de formação de intérpretes da LIBRAS e tem experiência com tradução em mídia televisiva. Intérprete com experiência internacional. Atualmente é professor na Universidade Federal do Piauí, vínculo efetivo.

Downloads

Publicado

02/05/2018

Como Citar

RODRIGUES, A.; ALMEIDA-SILVA, A. A noção de erro, sinalizador nativo e comunidade de fala na libras: uma perspectiva sociolinguística. Leitura, [S. l.], v. 1, n. 58, p. 68–91, 2018. DOI: 10.28998/2317-9945.2017v1n58p68-91. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/2688. Acesso em: 4 dez. 2021.

Edição

Seção

Teorias Linguísticas - Línguas de Sinais