Capital social, instituições democráticas e o dilema da causalidade

Denisson da Silva Santos, Gabriel Augusto Miranda Setti

Resumo


Este artigo tem como objetivo fazer uma revisão bibliográfica sobre a discussão recorrente em torno do conceito de capital social na ciência política. O artigo descreve elementos das correntes “culturalista” e “institucionalista” na abordagem e operacionalização de tal conceito. Ao que tudo indica as duas correntes convergem quanto à importância do capital social nos estudos de cultura política, no entanto, divergem quanto à relação causal, ou seja, discordam se o capital social é um fator gerador de instituições democráticas ou se são essas mesmas instituições que geram o espírito cívico.

Palavras-chave


Instituições Democráticas, Capital Social, Cultura Política

Texto completo:

PDF







 

                                  Resultado de imagem para doajResultado de imagem para ibict