Produção Cientifica sobre Teledermatologia nas Bases de Dados LILACS, MEDLINE, SCIELO e DYNAMED

Autores

  • Francisca Rosaline Leite Mota Universidade Federal de Alagoas
  • Annecy Ferreira Wanderley Universidade Federal de Alagoas
  • Antonio Romeiro de Lima Filho Universidade Federal de Alagoas
  • Jairo Vinicius da Silva Rocha Universidade Federal de Alagoas
  • Viviane Deodato Costa Universidade Federal de Alagoas

DOI:

https://doi.org/10.28998/cirev.2015v2n3d

Palavras-chave:

Disseminação da Informação. Telessaúde. Teledermatologia.

Resumo

A área da saúde, nas últimas duas décadas, passou a incorporar pesadamente as tecnologias de informação em suas práticas, tanto na administração como no ensino, na pesquisa e na assistência. Os recursos de Telemedicina são extremamente importantes para o compartilhamento das informações e a dermatologia se apresenta como uma especialidade que já aponta significativos êxitos com o uso da Telemedicina, nomeada especificamente no campo como Teledermatologia. Neste cenário, a Hanseníase tornou-se um dos principais alvos da Teledermatologia. É neste contexto que o presente trabalho se insere e possui como objetivo estudar as informações disponibilizadas via ferramentas de Telessaúde para a prevenção, o combate e o controle da Hanseníase. A pesquisa adota metodologias quantitativa, qualitativa e pesquisa-ação. A estratégia de ação adotada utiliza a pesquisa na rede para identificação dos Núcleos de Telessaúde no Brasil que ofertam serviços de Teledermatologia com foco na prevenção, no combate e no controle da Hanseníase. Ao final do projeto, espera-se ser possível a oferta do Serviço de Teledermatologia e o Banco de Imagens de Casos de Hanseníase no HUPAA/UFAL/EBSERH.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-03-13

Como Citar

Mota, F. R. L., Wanderley, A. F., Lima Filho, A. R. de, Rocha, J. V. da S., & Costa, V. D. (2016). Produção Cientifica sobre Teledermatologia nas Bases de Dados LILACS, MEDLINE, SCIELO e DYNAMED. Ciência Da Informação Em Revista, 2(3), 43–52. https://doi.org/10.28998/cirev.2015v2n3d

Edição

Seção

Relatos de Pesquisa | Research Reports

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.