Diagnóstico e plano de marketing para uma empresa de normalização de trabalhos acadêmicos

Autores

  • Marcelo Cavaglieri SENAC

DOI:

https://doi.org/10.28998/cirev.2018v5n3h

Palavras-chave:

Plano de marketing. Trabalhos acadêmicos. ABNT. Gestão da informação – marketing.

Resumo

O mercado de prestação de serviço na área de normalização de trabalhos acadêmicos ainda é pouco conhecido, com poucas empresas e pessoas especializadas na área. Porém, nos últimos anos, com mais acadêmicos ingressando no ensino superior e a falta de tempo para dedicação a esta atividade, a busca por este tipo de serviço aumentou. Neste cenário, é essencial traçar estratégias de marketing com a finalidade de tornar a empresa conhecida e ser uma opção de contratação de clientes. O estudo foi desenvolvido na empresa MC Normalizações, prestadora de serviços de formatação e normalização de trabalhos acadêmicos de acordo com as normas da ABNT. Foi elaborado um plano de marketing com intuído de ampliar sua participação no mercado, podendo, assim, fidelizar novos clientes. Para conhecer os clientes em potencial, realizou-se um questionário para identificar as principais necessidades e a disposição financeira para bancar este tipo de serviço. Foi possível diagnosticar que a empresa não possui um departamento de marketing consolidado, mas pratica algumas ações de marketing junto aos clientes. Este plano de marketing servirá de base para que as novas ações, aqui propostas, possam ajudar a empresa a atingir sua missão e visão. Diante dos resultados apresentados, pode-se concluir que o foco das ações de marketing deve estar voltado à divulgação via Internet, pois é onde os clientes mais procuram este serviço, e pautadas na qualidade, que irá ajudar na divulgação diante de colegas de faculdade e amigos.

Biografia do Autor

Marcelo Cavaglieri, SENAC

Mestre em Gestão de Unidades de Informação pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

Referências

AMA - American Marketing Association. Marketing. Disponível em: https://www.ama.org/AboutAMA/Pages/Definition-of-Marketing.aspx. Acesso em: 28 nov. 2018.

AMARAL, S. A.Marketing da informação: abordagem inovadorapara entender o mercado e o negócio da informação. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 40 n. 1, p.85-98, jan./abr., 2011.

ASSIS, G. F. E-Market: o mercado automatizado e ele tronicament e integrado. Revista da FAE, Curitiba, v. 4, n. 1, p. 69-75, jan./abr. 2001. Disponível em: https://revistafae.fae.edu/revistafae/article/view/456/351. Acesso em: 28 nov. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Mulheres são maioria no ingresso e na conclusão de cursos superiores: no último ano do decênio, do total aproximado de 6 milhões de matrículas, 3,4 milhões foram de mulheres, contra 2,7 milhões do sexo oposto. Governo do Brasil, 8 mar. 2015. Disponível em: http://www.brasil.gov.br/noticias/educacao-e-ciencia/2015/03/mulheres-sao-maioria-no-ingresso-e-na-conclusao-de-cursos-superiores. Acesso em: 28 nov. 2018.

CHURCHILL, JR. G. A., PETER, J. P. Marketing: criando valor para os clientes. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2005.

DIAS, A. R. WebShoppers: o ciclo de compra online em 2016. Allin, 6 set. 2016. Disponível em: https://allin.com.br/news/webshoppers-o-ciclo-de-compra-online-em-2016/. Acesso em: 28 nov. 2018.

DIAS, S. R. (Coord.). Gestão de marketing. São Paulo: Saraiva. 2007.

GRIESINGER, D. Número de estudantes no ensino superior aumenta; maioria ainda é branca e rica : Em 2014, eles somavam 58,5% do total de estudantes de 18 a 24 anos, 25. Agência Brasil, 4 dez. 2015. Disponível em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2015-12/ensino-superior-avanca-25-pontos-percentuais-entre-jovens-estudantes-em-10. Acesso em: 28 nov. 2018.

KEEGAN, W. J.; GREEN, M. C. Princípios de Marketing Global. São Paulo: Saraiva, 2003.

KOTLER, P. Administração de marketing: a edição do novo milênio. 10. ed. São Paulo: Prentice-Hall, 2000.

KOTLER, P.; ARMSTRONG, G. Princípios de Marketing. 9. ed. São Paulo: Prentice Hall do Brasil, 2003.

KOTLER, Philip; KELLER, Kevin Lane. Administração de Marketing. 12. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006.

LAS CASAS, A. L. Marketing: conceitos, exercícios e casos. 8. ed. São Paulo, SP: Atlas, 2009.

LAS CASAS, A. L. Plano de marketing para micro e pequena empresa. São Paulo: Atlas, 2006.

LAS CASAS, A. L. Técnicas de vendas: como vender e obter bons resultados. 4. ed. São Paulo, SP: Atlas, 2011.

LONGENECKER, J. G. et al. Administração de pequenas empresas. São Paulo, SP: Cengage Learning, 2015.

LOVELOCK, C.; WRIGHT, L. Serviços: Marketing e Gestão. São

Paulo: Saraiva, 2001.

MARICATO, P. Marketing para bares e restaurantes. Rio de Janeiro: SENAC, 2005.

MORENO, A. C.; FAJARDO, V. Número de matrículas no ensino superior cresce 81% em dez anos: Entre 2003 e 2012, número cresceu de 3,8 milhões para 7 milhões.

Inep divulgou na quarta dados do Censo da Educação Superior de 2012. G1, 31 out. 2013. Disponível em: http://g1.globo.com/educacao/noticia/2013/10/numero-de-matriculas-no-ensino-superior-cresce-81-em-dez-anos.html. Acesso em: 28 nov. 2018.

SANTANNA, A. Propaganda: teoria, técnica e pratica. São Paulo: Editora Pioneira. 2001.

SARAIVA, A. Descubra como conquistar o público jovem. Jornal Estadão. 2012. Disponível em: http://pme.estadao.com.br/noticias/noticias,descubra-como-conquistar-o-publico-jovem,1687,0.htm. Acesso em: 28 nov. 2018.

SEBRAE - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Sobrevivência das empresas no Brasil. 2016. Disponível em: https://www.sebrae.com.br/Sebrae/Portal%20Sebrae/Anexos/sobrevivencia-das-empresas-no-brasil-102016.pdf. Acesso em: 28 nov. 2018.

WESTWOOD, J. O plano de marketing. 3. ed. São Paulo: M. books, 2007.

ZINKOTA, M. R. et al. Marketing: as melhores práticas. 3. ed. Porto Alegre: Bookmam, 2001.

ZUINI, P. Como atrair o público jovem para sua empresa? Revista Exame. 2011. Disponível em: https://exame.abril.com.br/pme/como-atrair-o-publico-jovem-para-sua-empresa/. Acesso em: 28 nov. 2018.

Downloads

Publicado

31/12/2018

Como Citar

Cavaglieri, M. (2018). Diagnóstico e plano de marketing para uma empresa de normalização de trabalhos acadêmicos. Ciência Da Informação Em Revista, 5(3), 83–96. https://doi.org/10.28998/cirev.2018v5n3h

Edição

Seção

Relatos de Experiência | Experience Reports

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.