Avaliação de políticas públicas: um estudo de caso do Programa Mulheres Mil em Alagoas

Autores

  • Daniel Cabral de Almeida Universidade Federal de Alagoas http://orcid.org/0000-0001-7139-800X
  • Luciana Peixoto Santa Rita Universidade Federal de Alagoas http://orcid.org/0000-0002-6868-9014
  • Ibsen Mateus Bittencourt Santana Pinto Doutor em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Mestrado em Educação e Graduado em Administração pela Universidade Federal de Alagoas. Professor do Curso de Administração e do Mestrado Profissional em Administração, na Universidade Federal de Alagoas. http://orcid.org/0000-0002-6543-143X
  • Francisco José Peixoto Rosário Universidade Federal de Alagoas http://orcid.org/0000-0001-6119-6674

DOI:

https://doi.org/10.28998/cirev.2020v7n2g

Palavras-chave:

Gestão pública. Políticas públicas. Programas governamentais - Alagoas. Programa Mulheres Mil - efetividade.

Resumo

A avaliação de programas governamentais pode proporcionar uma melhor utilização dos recursos aplicados, além de fornecer aos formadores de políticas sociais e aos gestores de programas dados importantes para o desenho de políticas mais consistentes e para a gestão pública mais eficaz. O objetivo deste estudo consiste em elaborar uma avaliação do Programa Mulheres Mil em Alagoas, mais especificamente pretende identificar o impacto causado na vida das mulheres participantes, ou seja, a efetividade do Programa. A pesquisa descritiva, de natureza qualitativa, foi realizada por meio de estudo de caso, utilizando como técnicas a pesquisa documental e o método survey. Após o estabelecimento dos parâmetros para aferição da efetividade do Programa, estes foram aplicados na prática, utilizando como base os cursos realizados no município de Campo Alegre, Alagoas. Verificou-se que o Programa não consegue ser efetivo quando se trata de inserção no mercado de trabalho e abertura de negócios, mas é efetivo no quesito empoderamento feminino.

Biografia do Autor

Daniel Cabral de Almeida, Universidade Federal de Alagoas

Mestre em Administração pelo Mestrado Profissional em Administração pela Universidade Federal de Alagoas. Graduado em Administração pela Faculdade Estácio de Alagoas.

Luciana Peixoto Santa Rita, Universidade Federal de Alagoas

Doutora em Administração pela Universidade de São Paulo. Mestra em Administração e Graduada em Economia pela Universidade Federal de Alagoas. Professora do Curso de Administração e do Mestrado Profissonal em Administração, na Universidade Federal de Alagoas.

Francisco José Peixoto Rosário, Universidade Federal de Alagoas


Doutor em Economia da Indústria e da Tecnologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Mestre em Administração e Graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Alagoas. Professor do Curso de Economia da Universidade Federal de Alagoas e do Programa de Pós-Graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia, na Universidade Federal de Alagoas.

Downloads

Publicado

03/09/2020

Como Citar

Almeida, D. C. de, Santa Rita, L. P., Santana Pinto, I. M. B., & Rosário, F. J. P. (2020). Avaliação de políticas públicas: um estudo de caso do Programa Mulheres Mil em Alagoas. Ciência Da Informação Em Revista, 7(2), 100–115. https://doi.org/10.28998/cirev.2020v7n2g

Edição

Seção

Relatos de Pesquisa | Research Reports