Tatuagem: um registro de informação no corpo?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/cirev.2020v7n2d

Palavras-chave:

Tatuagem. Informação. Memória e corpo. Tatuadores.

Resumo

No contemporâneo ocidental, a modificação corporal pode servir como um meio de rememoração subjetiva ou informativa através de símbolos, adornos e demais manifestações de cunho pessoal, objetivando representar algo para si ou para o outro. As conexões entre informação e tatuagem foram abordadas a partir da visão de tatuadores sobre o corpo como um diário do indivíduo que as carrega na epiderme. Metodologicamente, o estudo é qualitativo, exploratório, de natureza básica e utiliza o método da história oral. Empiricamente, foram entrevistados três tatuadores da cidade de Porto Alegre, de modo a averiguar o ato de tatuar-se (ou a outrem) como um registro informacional. A análise das entrevistas semiestruturadas evidenciou que há diferentes razões que levam pessoas a se tatuarem e os entrevistados consideram a tatuagem como um registro de história pessoal. Algumas enunciações revelam uma intenção de informar e outras tributam o ato de tatuar-se como moda ou registro particular de memória, sem intencionalidade de informar a terceiros. Conclui-se que a tatuagem pode ser considerada ora como um registro subjetivo de memória e afeto íntimo não direcionado para outras pessoas, ora como uma oferta comunicacional de significado a outrem.

Biografia do Autor

Samantha Thiesen Bittencourt, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Bacharel em Biblioteconomia pela UFRGS.

Marcia Heloisa Tavares de Figueredo Lima, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professora Adjunta da FABICO/UFRGS e do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCIN/UFRGS). Doutora em Ciência da Informação pelo convênio IBICT/UFRJ.

Luis Fernando Herbert Massoni, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutorando e mestre em Comunicação e Informação (PPGCOM/UFRGS). Bolsista da CAPES.

Downloads

Publicado

03/09/2020

Como Citar

Bittencourt, S. T., Lima, M. H. T. de F., & Massoni, L. F. H. (2020). Tatuagem: um registro de informação no corpo?. Ciência Da Informação Em Revista, 7(2), 54–68. https://doi.org/10.28998/cirev.2020v7n2d

Edição

Seção

Relatos de Pesquisa | Research Reports