RESISTÊNCIAS E DEVIRES: UM “BOM ENCONTRO” A PARTIR DA LITERATURA MENOR DE VIOLETA PARRA EM “VOLVER A LOS DIECISIETE”

Autores

  • Antonio Henrique Maia Lima Pontifícia Universidade Católica de São Paulo http://orcid.org/0000-0002-5388-4749
  • Raul Gomes da Silva Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Silvana Tótora Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Palavras-chave:

Resistência, Literatura Menor, Bom Encontro, Violeta Parra, Mercedes Sosa

Resumo

O presente texto faz referência a partir de uma literatura minoritária, entre filósofos e literatos, a um encontro que se realiza para além do tempo histórico, um encontro que celebra a forja do que chamamos de uma aliança demoníaca, um encontro marcado por potência de resistência. A partir da literatura menor de Violeta Parra, feita música pela voz de Mercedes Sosa e outros convidamos o leitor a experienciar uma performance extemporânea que congrega arte, música, política, literatura e filosofia. 

Biografia do Autor

Antonio Henrique Maia Lima, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Doutorando em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Bolsista do Conselho Nacional do Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Professor de Filosofia na Faculdade Campo Grande.

Raul Gomes da Silva, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Graduado em letras-português e espanhol pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Mestrando em Estudos de Linguagens (teoria literária e estudos comparados) pela mesma instituição. É bolsista Capes.

Silvana Tótora, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Doutora em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCS/SP), docente do Departamento de Política e do Programa de pós-graduação strictu sensu em Ciências Sociais da PUC/SP.

Referências

BHABHA, Homi K. O local da cultura. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1998.

CARVALHO, Jairo Dias. A filosofia de Deleuze é uma filosofia dos mundos impossíveis?Theoria.vol. 5. n. 14. 2013. Disponível em: <http://www.theoria.com.br/edicao14/a_filosofia_de_deleuze.pdf.>. Acesso em: mai./2018.

DELEUZE, Gilles. O abecedário de Deleuze. Entrevista concedida à Claire Parnet, 1994. Transcrição integral do vídeo. Disponível em: <http://escolanomade.org/wp-content/downloads/deleuze-o-abecedario.pdf>. Também em vídeo em: <https://www.youtube.com/watch?v=wxIqWlrVdBc&list=PL3KuoFAFw68mZ9Qb_LtzjStwLxaIEC7DJ>.Acesso em: abr./2018.

_______. A literatura e a vida. In. DELEUZE, Gilles. Crítica e clínica. Tradução de Peter Pál Pelbart. São Paulo: Editora 34, 1997. p. 11-16.

_______. A potência. In. Espinosa e o problema da expressão.Tradução de GT Deleuze 12. Coordenação de Luiz Orlandi. São Paulo: Editora 34, 2017 (Coleção TRANS).

_______. Curso sobre Leibniz. Primeira aula: 15/04/1980 – Último ano em Vincennes. Tradução de Elainy Costa da Silva e Leonardo Lima Ribeiro. Helius.Ano 1. n.1 jul/dez de 2013, pp. 150-174.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix.O Anti-Édipo: capitalismo e esquizofrenia. Tradução deLuiz B. L. Orlandi. São Paulo: Ed. 34 (Coleção TRANS), 2010a.

_______. O que é a filosofia?Tradução de Bento prado Jr. e Alberto Alonso Munoz. São Paulo: Editora 34 (Coleção TRANS), 2010b.

_______. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia 2. v. 4. Tradução de Suely Rolnik. São Paulo: 34, 1997.

_______. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia 2, vol. 1. Tradução de Ana Lúcia de Oliveira, Aurélio Guerra Neto e Celia Pinto Costa. 2. ed. São Paulo: 34, 2011.

_______. Kafka: por uma literatura menor. Tradução de Cíntia Vieira da Silva, 1 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2014.

DÍAZ-INOSTROZA, Patrícia. La poesía trovadoresca en la canción popular chilena. Rev. music. chil. v.54 n.194 Santiago jul./2000. Disponível em:<http://dx.doi.org/10.4067/S0716-27902000019400009>. Acesso em: abr./2018.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. Tradução de Laura Fraga de Almeida Sampaio. 24 ed. São Paulo: Edições Loyola, 2014.

GLOBO, Rede. Programa Chico & Caetano- série especial. Exibido em 14/03/1987 Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=krEMw8E5ZAg>. Acesso em: abr./2018.

GUATTARI, Felix; ROLNIK, Suley. Micropolítica - Cartografias do Desejo. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 1996.

LAPOUJADE, David. Deleuze, os movimentos aberrantes. Tradução de Laymert Garcia dos Santos. São Paulo: N-1, 2015.

MARQUES, Edgard. Possibilidade, compossibilidade e incompossibilidade em Leibniz. Kriterionvol.45 no.109 Belo Horizonte Jan./June. 2004. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1590/S0100-512X2004000100008>. Acesso em: abr./2018.

MILLARES, Selena. Geografías del Edén: la poesía trovadoresca de Violeta Parra. In: Anales de la literatura chilena. Santiago de Chile: Año 1, diciembre 2000, número 1, p. 167-179. Disponível em: <https://www.uam.es/personal_pdi/filoyletras/semilla/articulos.html>. Acesso em: mai./2018.

NUMHAUSER, Júlio. Letra de Todo Cambia. © Warner/Chappell Music, Inc. Intérprete: Mercedes Sosa.

PARRA, Violeta. Letra de Volver a los 17 © Warner/Chappell Music, Inc. Intérprete: Mercedes Sosa.

PERRONE-MOISÉS, Leyla. Altas Literaturas: escolha e valor na obra crítica de escritores modernos. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

POLLAK, Michel. Memória, esquecimento, silêncio. In: Revista Estudos Históricos do Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais (PPHPBC) do CPDOC/FGV. v. 2, n, 3, 1989. p. 3-15. Disponível em: <http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/issue/view/306>. Acesso em: mai./2018.

SANTOS, Célia Regina dos; WIELEWICKI, Vera Helena Gomes. Literatura de autoria de minorias étnicas e sexuais. In: BONNICI, Thomas; ZOLIN, Lúcia Osana. (Org.). Teoria Literária. Abordagens históricas e tendências contemporâneas. 3. Ed. Maringá: Eduem, 2009. p. 337-354.

TRINDADE, Rafael. Poder e Potência. Razão inadequada. 2013. Disponível em: <https://razaoinadequada.com/2013/08/18/poder-e-potencia/>. Acesso em: abr./2018

_______. Ética dos Devires. Razão inadequada. 2016a. disponível em: <https://razaoinadequada.com/filosofos-essenciais/deleuze/etica-dos-devires/>. Acesso em: abr./2018.

_______. Devir animal. Razão inadequada. 2016b. disponível em: <https://razaoinadequada.com/2016/04/05/devir-animal/>. Acesso em: abr./2018.

_______. Devir criança. Razão inadequada. 2016c. disponível em: < https://razaoinadequada.com/2016/03/16/devir-crianca/>. Acesso em: abr./2018.

_______. Devir escritor. Razão inadequada. 2016d. disponível em: < https://razaoinadequada.com/2016/04/12/devir-escritor/>. Acesso em: abr./2018.

_______. Devir imperceptível. Razão inadequada. 2016e. disponível em: <https://razaoinadequada.com/2016/05/03/devir-imperceptivel/>. Acesso em: abr./2018

VIVEIROS DE CASTRO. E. Filiação intensiva e aliança demoníaca. Novos Estudos.n. 77. Março/2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/nec/n77/a06n77.pdf Acesso em: abr./2018.

Downloads

Publicado

23/03/2019

Como Citar

Maia Lima, A. H., Gomes da Silva, R., & Tótora, S. (2019). RESISTÊNCIAS E DEVIRES: UM “BOM ENCONTRO” A PARTIR DA LITERATURA MENOR DE VIOLETA PARRA EM “VOLVER A LOS DIECISIETE”. Latitude, 12(1), 192. Recuperado de https://www.seer.ufal.br/index.php/latitude/article/view/172