O ensino de Sociologia no contexto de ascensão da extrema direita no Brasil

Autores

  • Cristiano das Neves Bodart Universidade Federal de Alagoas (UFAL)
  • Welkson Pires Universidade Federal de Alagoas (UFAL)

DOI:

https://doi.org/10.28998/lte.2023.n.2.16695

Palavras-chave:

Contexto brasileiro, Extrema direita, Currículo, Práticas escolares, Sociologia escolar

Resumo

Este artigo apresenta o lugar e o papel da Sociologia escolar no atual contexto brasileiro, marcado pela ascensão de ideologias e práticas de extrema direita, mais especificamente pelo seu viés econômico ultraliberal e pelo conservadorismo moral. Organizado em três partes, esboça, respectivamente, o cenário macro político, curricular e alguns dos seus desdobramentos nas práticas escolares. O esforço maior está em refletir sobre as formas como a Sociologia escolar tem sido – ambiguamente – compreendida e instrumentalizada no contexto brasileiro. As reflexões estão amparadas, além da revisão de literatura, na análise de conjuntura, nos encaminhamentos político-institucionais, nos documentos curriculares e em relatos de experiências docentes coletados no ano de 2022.

Palavras-chaves: Contexto brasileiro. Extrema direita. Currículo. Práticas escolares. Sociologia escolar.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiano das Neves Bodart, Universidade Federal de Alagoas (UFAL)

Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo/USP. Professor do Centro de Educação e do Programa de Pós-graduação em Sociologia da Universidade Federal de Alagoas (UFAL).

Welkson Pires, Universidade Federal de Alagoas (UFAL)

Doutor em Sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Professor do Instituto de Ciências Sociais e do Programa de Pós-graduação em Sociologia da Universidade Federal de Alagoas (UFAL).

Referências

ALMEIDA, Ronaldo de. Os deuses do parlamento. Novos Estudos. CEBRAP, São Paulo, ed. especial, jun. 2017, p. 71-79.

AZEVEDO, Gustavo Cravo de; NASCIMENTO, Tais Barbosa V. do. O discurso de apoio à Sociologia no Ensino Médio nos anos 30/40 e nos anos 90/00: apontamentos sobre os dois períodos. Revista Café com Sociologia, v. 4, n. 3, 2015.

BODART, Cristiano das Neves. O ensino de Sociologia para além do estranhamento e da desnaturalização: por uma percepção figuracional da realidade social. Latitude, v. 14, n. esp., p. 139-160. 2021.

BODART, Cristiano das Neves; AZEVEDO, Gustavo Cravo; TAVARES, Caio dos Santos. Ensino de Sociologia: processo de reintrodução no Ensino Médio brasileiro e os cursos de Ciências Sociais/Sociologia (1984-2008). Debates em Educação, [S. l.], v. 12, n. 27, p. 214–235, 2020.

BODART, Cristiano das Neves; CIGALES, Marcelo Pinheiro. Ensino de Sociologia no Brasil (1993-2015): um Estado da Arte na Pós-graduação. Revista de Ciências Sociais (UFC), Fortaleza, v. 48, p. 256-281, 2017.

BODART, Cristiano das Neves; FEIJÓ, Fernanda. A importância da Sociologia escolar: esclarecimentos necessários em tempo de obscurantismo. In: BODART, Cristiano das Neves; ROGÉRIO, Radamés de Mesquita. A importância do ensino das Ciências Humanas: Sociologia, Filosofia, História e Geografia. Maceió: Editora Café com Sociologia, 2020a. pp.19-47.

BODART, Cristiano das Neves; FEIJÓ, Fernanda. As ciências sociais no currículo do ensino médio brasileiro. Revista Espaço do Currículo. João Pessoa, v.13, n. 2, p. 219-234, mai/ago. 2020b.

BODART, Cristiano das Neves; SAMPAIO-SILVA, Roniel. Quem leciona Sociologia após 10 anos de presença no ensino médio brasileiro? In: O ensino de Sociologia e a Filosofia escolar. Maceió: Editora Café com Sociologia, 2020, pp. 35-61.

BODART, Cristiano das Neves; SOUZA, Ewerton Diego de. Configurações do ensino de Sociologia como um subcampo de pesquisa: análise dos dossiês publicados em periódicos acadêmicos. Revista Ciências Sociais Unisinos, São Leopoldo, v. 53, p. 453-557, 2017.

BODART, Cristiano das Neves; TAVARES, Caio dos Santos. Os cursos de Ciências Sociais e Sociologia no Brasil: história e configurações. Cadernos de Educação, n. 64, p. 1-26, jul./dez. 2020b.

BODART, Cristiano das Neves; TAVARES, Caio dos Santos. Quando o assunto é Sociologia Escolar: estado da arte nos periódicos de estratos superiores nas áreas de Ciências Sociais, Educação e Ensino. Revista de Ciências Sociais, Fortaleza (CE), v. 51, n. 1, p. 353-396, mar./jun. 2020a.

BODART, Cristiano das Neves; CIGALES, Marcelo Pinheiro. O ensino de Sociologia no século XIX: experiências no estado do Amazonas, 1890-1900. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro, v. 28, n. 1, jan.-mar. 2021, p. 123-145.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular – Ensino Médio. 2018.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 2.401, 17 de abril de 2019. Dispõe sobre o exercício do direito à educação domiciliar, altera a Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 - Estatuto da Criança e do Adolescente, e a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília: Câmara dos Deputados, 2019f.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 246, 04 de fevereiro de 2019. Institui o “Programa Escola sem Partido”. Brasília: Câmara dos Deputados, 2019b.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 3.178, de 28 de maio de 1997. Altera dispositivos do art. 36 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que “Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional”. Brasília: Câmara dos Deputados, 1997.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 3.509, de 04 de novembro de 2015. Dispõe sobre a exploração e o aproveitamento de recursos minerais em terras indígenas, e dá outras providências. Brasília: Câmara dos Deputados, 2015.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 3.723, 26 de junho de 2019. Altera a Lei nº 10.826, de 22 de dezembro de 2003, que dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, sobre o Sistema Nacional de Armas - Sinarm e define crimes. Brasília: Câmara dos Deputados, 2019d.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 4.931, de 06 de abril de 2016. Dispõe sobre o direito à modificação da orientação sexual em atenção à Dignidade Humana. Brasília: Câmara dos Deputados, 2016.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 6.125, 21 de novembro de 2019. Estabelece normas aplicáveis aos militares em operações de Garantia da Lei e da Ordem e aos integrantes dos órgãos a que se refere o caput do art. 144 da Constituição e da Força Nacional de Segurança Pública, quando em apoio a operações de Garantia da Lei e da Ordem. Brasília: Câmara dos Deputados, 2019e.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 6.438, 12 de dezembro de 2019. Altera a Lei nº 10.826, de 22 de dezembro de 2003, que dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, sobre o Sistema Nacional de Armas - Sinarm e define crimes, e dá outras providências. Brasília: Câmara dos Deputados, 2019c.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 8.099, de 13 de novembro de 2014. Ficam inseridos na grade curricular das Redes Pública e Privada de Ensino, conteúdos sobre Criacionismo. Brasília: Câmara dos Deputados, 2014.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, 1988.

BRASIL. Decreto Lei nº 869/68. Dispõe sobre a inclusão da Educação Moral e Cívica como disciplina obrigatória, nas escolas de todos os graus e modalidades, dos sistemas de ensino no país, e dá outras providências. Brasília, 1968.

BRASIL. Decreto nº 8.752, de 9 de maio de 2016. Dispõe sobre a Política Nacional de Formação dos Profissionais da Educação Básica. Brasília, 2016.

BRASIL. Lei nº 13.415, de 16 de fevereiro de 2017. Altera as Leis nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelecem as diretrizes e bases da educação nacional. Portal da Legislação, Brasília, 16 fev. 2017.

BRASIL. Lei nº 8.663, de 14 de junho de 1993. Revoga o Decreto-Lei nº 869, de 12 de dezembro de 1969, e dá outras providências. Brasília, 1993.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Portal da Legislação, Brasília, 20 dez. 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L9394.htm. Acesso em: 16 maio 2022.

BRASIL. Orientações curriculares para o ensino médio. Ciências Humanas e suas Tecnologias. Brasília, 2006a.

BRASIL. Parecer CNE/CEB 15/98. Brasília, 1998b.

BRASIL. Parecer CNE/CES 492, de 2001. Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de Filosofia, História, Geografia, Serviço Social, Comunicação Social, Ciências Sociais, Letras, Biblioteconomia, Arquivologia e Museologia. Brasília: Ministério da Educação; Conselho Nacional de Educação, 2001.

BRASIL. Resolução CEB nº 3, De 26 De Junho De 1998. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Brasília, 1998a.

BRASIL. Resolução nº 04/06 de 16 de agosto de 2006. Altera o artigo 10 da Resolução CNE/CEB nº 3/98, que institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Ministério da Educação, Brasília, 2006b.

BRASIL. Senado Federal. Proposta de Emenda à Constituição nº 32, de 2019. Altera a redação do art. 228 da Constituição Federal, a fim de reduzir a maioridade penal para dezesseis anos. Brasília, DF: Senado Federal, 2019a.

BRUNETTA, Antonio Alberto; CIGALES, Marcelo Pinheiro. Dossiês sobre ensino de Sociologia no Brasil (2007-2015): temáticas e autores(as). Latitude, Fortaleza, v. 12, n. 1, p. 148-171, 2018.

CARVALHO, Lejeune Mirhan Xavier de. Histórico da luta pela obrigatoriedade do ensino de Sociologia no Brasil. In: ____________. (Org.). Sociologia no ensino médio: desafios e perspectivas. São Paulo: Anita Garibaldi, 2015. pp. 23-72.

CIGALES, Marcelo Pinheiro. A Sociologia católica no Brasil (1920-1940): análise sobre os manuais escolares, 2020, p. 313. Tese (doutorado) - Programa de Pós-graduação em Sociologia Política – Universidade Federal de Santa Catarina.

CIGALES, Marcelo; FRANKE, Felipe; DALLMANN, Matheus. História e sentidos pedagógicos da Sociologia no Brasil. In: BODART, Cristiano das Neves; LIMA, Wenderson Luan dos Santos. O Ensino de Sociologia no Brasil. Vol. 1. Maceió: Editora Café com Sociologia, 2019. pp. 11-32.

CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA. Resolução CFP nº 001, de 1999. Estabelece normas de atuação para os psicólogos em relação à questão da Orientação Sexual. Brasília, DF: Conselho Federal de Psicologia, 1999.

DUARTE, Jéssica da Silva. O avanço do conservadorismo no Brasil e nos estados Unidos no século XXI. 2021. 205 f. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Programa de Pós-graduação em Ciência Política, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2021.

ENGERROFF, Ana Martina Baron; OLIVEIRA, Amurabi. O ensino de Sociologia no Brasil e os sentidos da cidadania nos documentos oficiais norteadores da prática docente. In: BODART, Cristiano das Neves. (Org.). O ensino de Sociologia e Filosofia escolar. Maceió: Editora Café com Sociologia, 2020, pp.15-41.

ERAS, Lígia Wihlelms. A Produção do Conhecimento Recente sobre Ensino de Sociologia/Ciências Sociais na Educação Básica no Formato de Livros Coletâneas (2008-2013): sociologias e trajetórias. 2014. 331f. Tese (Doutorado em Sociologia) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2014.

ESCORSIM NETO, Leila. O conservadorismo clássico: elementos de caracterização e crítica. São Paulo: Cortez, 2013.

FERREIRA, Fabiana. A sociologia no ensino médio: concepções de professores sobre formação crítica para a cidadania. Estudos de Sociologia, v. 2, n. 18, 2012.

FONSECA, Francisco. O Consenso Forjado: a grande imprensa e a formação da agenda ultraliberal no Brasil. São Paulo, Hucitec, 2005.

GALLEGO, Esther Solano. Fatores da crise, corrupção e saídas para a mesma: refletindo e conversando. Ponto e Vírgula, n. 19, primeiro semestre de 2016, p. 126-139.

GODOI, Rodolfo. Midiáticos reacionários e o medo de Paulo Freire na escola. In: BODART, Cristiano das Neves; MARCHIORI, Cassiane da C. Ramos. (Org.). Por que eles têm medo de Paulo Freire na escola? Maceió: Editora Café com Sociologia, 2022, pp.59-80.

GONDIM, Linda M. P. Movimentos sociais contemporâneos no Brasil: a face invisível das Jornadas de Junho de 2013. Polis [Online], n. 44, 15 set. 2016, p. 1-20.

HANDFAS, Anita; MAÇAIRA, Júlia Polessa. O estado da arte da produção científica sobre o ensino de Sociologia na educação básica. BIB, São Paulo, n. 74, p. 43-59, jul./dez. 2012.

HEBLING, Milena Cristina. Memória e resistência: os professores no contexto da Ditadura civil-militar (1964-1985). 2013, p. 234. Dissertação (mestrado). Programa de Pós-graduação em Educação – Universidade de Brasília, 2013.

INEP/MEC. Resumo Técnico: Censo da Educação Básica 2017. Brasília: Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2019.

MAÇAIRA, Julia Polessa. O ensino de sociologia e ciências sociais no Brasil e na França: recontextualização pedagógica nos livros didáticos. Tese (Doutorado em Sociologia) – Universidade Federal do Rio de Janeiro. Programa de Pós-graduação em Sociologia e Antropologia (PPGSA/UFRJ). Rio de Janeiro, 2017.

MANNHEIM, Karl. Freedom, Power, and Democratic Planning. Oxford: Oxford University Press, 1950.

MESSENBERG, Débora. A direita que saiu do armário: a cosmovisão dos formadores de opinião dos manifestantes de direita brasileiros. Sociedade e Estado, v. 32, n. 3, set./dez. 2017, p. 621-647.

MOURA, Fernanda Pereira de; SILVA, Renata da C. A. da. 6 anos de projetos “Escola sem Partido” no Brasil: levantamento dos projetos de lei estaduais, municipais, distritais e federais que censuram a liberdade de aprender e ensinar. Brasília: Frente Nacional Escola Sem Mordaça, 2020.

NEUHOLD, Roberta. A produção científica sobre o ensino de Sociologia: grupos e linhas de pesquisa no Brasil (2000-2013). In: OLIVEIRA, Evelina Antunes F. de; OLIVEIRA, Amurabi (org.). Ciências Sociais e educação: um reencontro marcado. Maceió: Edufal, 2015. pp. 103-123.

NEVES, Shelley Muniz Azambuja. Em defesa da disciplina Sociologia nas políticas para o ensino médio entre os anos de 1996 a 2007. In: CARVALHO, Lejeune Mirhan Xavier de. (Org.). Sociologia no ensino médio: desafios e perspectivas. São Paulo: Anita Garibaldi, 2015, pp. 74-127.

OLIVEIRA, Amurabi Pereira de; ENGERROFF, Ana Martina Baron. Cidadania e ensino de Sociologia nos manuais do professor dos livros didáticos aprovados no PNLD 2015. Estudo de Sociologia, v. 2, n. 2, 2016.

PASTORINI, Alejandra; FARIA, Gabriele Gomes. As políticas públicas e o avanço do conservadorismo no Brasil: protagonistas e estratégias. Plaza Pública, ano 13, n. 23, jul. 2020, p. 5-22. D

PINTO, Luiz de Aguiar Costa. O ensino de Sociologia na escola secundária. Tese de concurso de livre docente da Faculdade Nacional de Filosofia da Universidade do Brasil, 1947, p. 28.

SANTOS, Valci Melo dos. Os livros didáticos de Sociologia e o discurso de desnaturalização das explicações sobre a realidade social. 2020, p. 228. Tese (doutorado) Programa de Pós-graduação em Educação – Universidade Federal de Alagoas, 2020.

SILVA, Maurício Ferreira da; BENEVIDES, Silvio César; PASSOS, Ana Quele da Silva. Impeachment ou golpe? Análise do processo de destituição de Dilma Rousseff e dos desdobramentos para a democracia brasileira. In: Congresso Latino-Americano de Ciência Política, 9., 2017, Montevidéu. [Trabalhos apresentados]. Montevidéu: ALACIP, 2017. p. 1-22.

SILVA, Ricardo Pereira. O conceito de cidadania no ensino de Sociologia no estado de São Paulo. 2016, p. 174. Dissertação (mestrado). Programa de Pós-graduação em Educação – Universidade Federal de São Carlos, do Campus Sorocaba, 2016.

SOUSA, Maria das Dôres de; DIAS, Luciana Silva; CASTA, Douglas Pereira da. A sociologia e a formação da cidadania dos alunos do ensino médio. Revista Teias, v. 23, n. 68, jan./mar. 2022.

SOUZA, Jamerson Murillo Anunciação de. Conservadorismo moderno: esboço para uma aproximação. Serviço Social & Sociedade, n. 122, p. 199-223. 2015.

Downloads

Publicado

2023-11-01

Como Citar

BODART, Cristiano das Neves; PIRES, Welkson. O ensino de Sociologia no contexto de ascensão da extrema direita no Brasil. Latitude, Maceió-AL, Brasil, v. 17, n. 2, p. 1–37, 2023. DOI: 10.28998/lte.2023.n.2.16695. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/latitude/article/view/16695. Acesso em: 12 abr. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >> 

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.