O produtivismo acadêmico na Pós-Graduação stricto sensu em Ciência da Informação no Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/cirev.2021v8n1j

Palavras-chave:

Produtivismo acadêmico. Ciência da Informação. Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação. Brasil.

Resumo

A pesquisa em relato tem como objetivo analisar o impacto do produtivismo acadêmico na atividade desenvolvida pelos docentes vinculados aos Programas de Pós-Graduação em Ciência da Informação no Brasil, com ênfase nos programas em funcionamento nas regiões Norte, Nordeste e Centro-oeste do país. A partir disso, a pesquisa traça o perfil dos docentes do núcleo permanente dos programas; descreve a percepção dos docentes sobre o produtivismo acadêmico; identifica os impactos do produtivismo acadêmico na trajetória dos docentes. Para tanto, a pesquisa é de cariz bibliográfico, documental e descritivo, ancorada na abordagem qualitativa com aporte quantitativo. A coleta de dados dá-se por meio da aplicação de questionário, com dados tratados a partir da análise de conteúdo. Os resultados indicam que o grupo investigado, em sua maioria, reconhece as exigências e a ênfase no quantitativo da produção científica e o impacto da lógica produtivista no seu modo de vida, confirmando que o produtivismo pode afetar não só o trabalho, mas também acarretar problemas de saúde como ansiedade, estresse e a síndrome de Burnout. Conclui que esse fenômeno do produtivismo acadêmico é inerente à pós-graduação e que suas consequências vêm afetando o trabalho, a pesquisa, a saúde e o modo de viver dos docentes, algo talvez agravado, ainda mais, pela pandemia da COVID-19 e a necessidade do distanciamento físico.

Biografia do Autor

Luciana Ferreira da Costa, Universidade Federal da Paraíba, Brasil

Doutora em História e Filosofia da Ciência pela Universidade de Évora, Portugal;

Mestre em Ciência da Informação e Bacharela em Biblioteconomia pela Universidade Federal da Paraíba, Brasil.

Professora do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba. É docente permanente do Programa Associado de Pós-Graduação em Artes Visuais UFPB/UFPE.

 

Edilson Teixeira Barbosa Filho, Universidade Federal da Paraíba

Graduando em Bibloteconomia pela Universidade Federal da Paraíba. Bolsista de Iniciação Científica. Graduado em Letras - Inglês pela Universidade Federal da Paraíba.

Downloads

Publicado

04/06/2021

Como Citar

Costa, L. F. da, & Barbosa Filho, E. T. (2021). O produtivismo acadêmico na Pós-Graduação stricto sensu em Ciência da Informação no Brasil. Ciência Da Informação Em Revista, 8(1), 165–190. https://doi.org/10.28998/cirev.2021v8n1j

Edição

Seção

Relatos de Pesquisa | Research Reports