A Contribuição Teórica de Kelley Cristine Gonçalves Dias Gasque para o Discurso da Competência Informacional no Brasil

Autores

  • Niliane Cunha de Aguiar Universidade Federal de Sergipe

DOI:

https://doi.org/10.28998/cirev.2017v4n1b

Palavras-chave:

Kelley Cristine Gonçalves Dias Gasque – Competência Informacional – Letramento Informacional.

Resumo

Este estudo apresenta um levantamento bibliográfico das obras da Professora Doutora Kelley Cristine Gonçalves Dias Gasque acerca da competência informacional. Diante da observação de que a autora optou pela utilização do termo letramento informacional, foi realizado uma pesquisa a partir das publicações relativas ao tema apresentadas em seu Currículo Lattes, ressaltando àquelas que utilizavam o termo no título ou nas palavras-chave. Observou-se que a autora oferece significativas contribuições para o discurso da competência e letramento informacional, apresentando importantes reflexões conceituais e práticas, abordando também o contexto educacional brasileiro e a pesquisa em Ciência da Informação

Biografia do Autor

Niliane Cunha de Aguiar, Universidade Federal de Sergipe

Professora do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal de Sergipe - Doutoranda no Programa de Pos graduação em Ciência da Informação - UFMG.

A contribuição teórica de Kelley Cristine Gonçalves Dias Gasque para o discurso da competência informacional no Brasil

Referências

AZEVEDO, I. C. M.; GASQUE, K. C. G. D. Contribuições do letramento digital e informacional na emancipação humana. In: CONGRESSO VIRTUAL INTERDISCIPLINAR MARISTA, 3, 2012, Curitiba. Anais... Literacia: conexão, diálogo e liberdade. Curitiba: DERC, 2012.

CAMPELLO, B. S. Letramento informacional no Brasil: práticas educativas de bibliotecários em escolas de ensino básico. 2009. 208 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Ciência da Informação, Belo Horizonte, 2009. Disponível em: <http://gebe.eci.ufmg.br/downloads/tese%20campello%202009.pdf>.Acesso em: 20 fev. 2016.

______. O movimento da competência informacional: uma perspectiva para o letramento informacional. Ciência da Informação. Brasília, v. 32, n. 3, p. 8-37, set./dez. 2003. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ci/v32n3/19021.pdf>.Acesso em: 25 jan. 2016.

______; ABREU, V. L. F. G. Competência informacional e formação do bibliotecário. Perspectiva em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.10, n. 2, p. 178-193, jul./dez. 2005. Disponível em: <http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/2/150>.

Acesso em: 12 fev. 2016.

DIAS, M. M. K. et al. Capacitação do bibliotecário como mediador do aprendizado no uso de fontes de informação. Revista digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 2, n. 1, p. 1-16, jul./dez. 2004. Disponível em: Acesso em: 13 jun. 2012.

DUDZIAK, E. A. A information literacy e o papel educacional das bibliotecas. 2001. 173 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Comunicação). Universidade de São Paulo, Escola de Comunicação e Artes, São Paulo, 2001. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27143/tde-30112004-151029/pt-br.php>.Acesso em: 22 jan. 2016.

______. Information literacy, uma revolução silenciosa: diferentes concepções para a competência em informação. In.: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTE-CONOMIA E DOCUMENTAÇÃO, 20, 2002, Fortaleza. Anais... Fortaleza: Univer-sidade Federal do Ceará. Disponível em:

<http://eprints.rclis.org/3798/>. Acesso em: 5 fev. 2016.

______. Information literacy: princípios, filosofia e prática. Ciência da Informação, Brasília, v. 32, n. 1, p. 23-35, 2003. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ci/v32n3/19021.pdf>. Acesso em: 25 jan. 2016.

GASQUE, K. C. G. D. Arcabouço conceitual do letramento informacional. Ciência da Informação, Brasília, v. 39, n.3, p. 83-92, 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ci/v39n3/v39n3a07.pdf>. Acesso em: 07 fev. 2016.

______. Centro de recursos de aprendizagem: biblioteca escolar para o século XXI. Revista digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v.11, n.1, p. p.138-153, jan./abr. 2013a. Disponível em: <http://www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/index.php/rbci/article/view/565>.Acesso em: 07 fev. 2016.

______.Competência em Informação: conceitos, características e desafios. Atoz, Curitiba, v. 2, n. 1, p. 5-09, jan./jun. 2013b. Disponível em:<http://www.atoz.ufpr.br/index.php/atoz/article/view/44>.Acesso em: 07 jan. 2016.

______. Currículo do sistema currículo lattes. [Brasília], 03 jan. 2017. Disponível em: <http://lattes.cnpq.br/5059429476738704>. Acesso em: 15 jan. 2017.

______. Information literacy for inquiry-based learning. Transinformação, Campi-nas, SP, v. 28, n. 3, p. 252-262, set./dez., 2016. Disponível em: <http://periodicos.puc-campi-nas.edu.br/seer/index.php/transinfo/article/view/2382/2334>. Acesso em 15 jan.2017.

______. Objetos de Aprendizagem para o Letramento Informacional. RICI: revista Ibero-americana de Ciência da Informação, Brasília, v. 9, n. 2, p. 387-405, jul./dez. 2016. Disponível em:<http://periodicos.unb.br/index.php/RICI/article/view/16313>. Acesso em 15 jan. 2017.

______. Pesquisas na pós-graduação: o uso do pensamento reflexivo no letramento in-formacional. Ciência da Informação, Bra-sília, v. 40, n.1, p. 22-37, 2011. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ci/v40n1/a02v40n1>.Acesso em: 07 jan. 2016.

______. O papel da experiência na aprendizagem: perspectiva na busca e no uso da informação. Transinformação, Campinas, SP, v.20, n.2, p. 149-158, mai./ago.,2008. Disponível em:<http://periodicos.puc-campi-nas.edu.br/seer/index.php/transinfo/article/view/531>. Acesso em 10 fev. 2016.

______ et al. Letramento informacional: pesquisa, reflexão e aprendizagem. Brasília: Editora FCI/UnB, 2012, 181 p. Disponível em: <http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/13025/1/LIVRO_Letramento_Informacional.pdf>.Acessoem: 07 jan. 2016.

_______; AZEVEDO, I. C. M. O uso de obras de referência no letramento de estu-dantes da educação básica. Data grama zero, v.16, n.1, fev., 2015. Disponível em:<http://www.dgz.org.br/fev15/Art_04.htm>. Acesso em 23 fev. 2016.

______; CUNHA, M. V. A epistemologia de John Dewey e o letramento informacio-nal. Transinformação, Campinas, SP, v. 22, n.2, p. 139-146, 2010. Disponível em:

<http://periodicos.puc-campi-nas.edu.br/seer/index.php/transinfo/article/view/491>. Acesso em: 07 jan. 2016.

______; RIBEIRO, L. A. M. Letramento informacional e midiático para professores do século XXI. Em Questão. v. 21, n. 2, maio/ago. 2015. Disponível em:<http://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/51891/35087>. Acesso em: 23 fev. 2016.

______; TESCAROLO, R. Desafios para implementar o letramento informacional na educação básica. Educação em revista, Belo Horizonte, v. 26, n.1, p. 41-56, 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/edur/v26n1/03.pdf>. Acesso em: 22 fev. 2016.

VITORINO, E. V.; PIANTOLA, D. Com-petência informacional, bases históricas e conceituais: construindo significados. Ciência da Informação, Brasília, v. 38, n. 3, p. 130-141, set./dez., 2009. Disponível em:

<http://revista.ibict.br/ciinf/index.php/ciinf/article/view/1745/1343>. Acesso em: 11 fev. 2016.

Downloads

Publicado

17/05/2017

Como Citar

Aguiar, N. C. de. (2017). A Contribuição Teórica de Kelley Cristine Gonçalves Dias Gasque para o Discurso da Competência Informacional no Brasil. Ciência Da Informação Em Revista, 4(1), 17–27. https://doi.org/10.28998/cirev.2017v4n1b

Edição

Seção

Artigos de Revisão | Review Articles