Liderança feminina em biblioteca universitária e sua influência na motivação organizacional

Autores

  • Tâmara Christina Monteiro de Carvalho Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
  • Alexander William Azevedo Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) http://orcid.org/0000-0001-9798-4509

DOI:

https://doi.org/10.28998/cirev.2018v5n3c

Palavras-chave:

Liderança. Liderança feminina. Motivação. Bibliotecas universitárias.

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo demonstrar a liderança feminina nas bibliotecas setoriais da Universidade Federal de Pernambuco e sua influência na motivação dos funcionários aplicada à gestão da biblioteca.  Para a sua concretização, foi imprescindível a descrição da evolução da mulher no mercado de trabalho, suas características e compreensão de como a liderança motiva os funcionários, destacando as principais diferenças entre os perfis de lideranças. Para isto, como procedimento metodológico utilizou-se a pesquisa qualitativa de natureza exploratória, tendo obtido informações sobre os aspetos: liderança, motivação e liderança feminina na instituição analisadas. Os principais resultados obtidos apresentaram um panorama dos pontos comuns, assim como pontos divergentes, nos aspectos da liderança feminina, destacando as habilidades e os atributos de gestão relativa a diálogo, reconhecimento, comunicação e flexibilidade da liderança feminina.

Biografia do Autor

Tâmara Christina Monteiro de Carvalho, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Alexander William Azevedo, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Professor vinculado ao Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal de Pernambuco (DCI/UFPE). Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Mestre e Bacharel em Ciência da Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Membro do grupo de pesquisa: Informação, Aprendizagem e Conhecimento (GIACO/UFPB).

Referências

ALMEIDA, N. B. F. de. Biblioteconomia no Brasil: análise dos fatos históricos da criação e do desenvolvimento do ensino. 2012. 117 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação), Faculdade de Ciência da Informação, Universidade de Brasília, 2012.

ARAÚJO, A.C; SILVA, S.C; SOUSA, F. G. Estilo de liderança gerencial na perspectiva dos liderados: um estudo na vila leste motos. In: SIMPÓSIO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA, 13, 2011. Resende/RJ. Anais... Resende, 2011.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Relatório estatístico de gênero: indicadores sociais das mulheres no Brasil. 2018. Disponível em: https://goo.gl/d5cxkC. Acesso em: 8 abr. 2018.

KANAN, L. A. Poder e liderança de mulheres nas organizações de trabalho. Organizações & sociedade, Salvador, v. 17, n. 53, p.243-25, jun. 2010. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/revistaoes/article/view/11104/8017. Acesso em: 8 abr. 2018.

LIMA, M. S. Cooperativismo: uma experiência feminina na arte de produzir conquistas. Revista Estudos Feministas, Florianópolis, v. 20, n. 1, p. 209-232, abr. 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ref/v20n1/a12v20n1.pdf. Acesso em: 8 abr. 2018.

MULIN, R. B. Cultura e bibliotecas em São Paulo: o pioneirismo de Adelpha Figueiredo. 2012. 84 f. Dissertação (Mestrado em Educação, Arte e História) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2012.

MUNHOZ, G. S. Quais as contribuições que o estilo feminino de liderança traz para as organizações empreendedoras. 2000, 121f. Dissertação (Mestrado em Administração) Universidade Estadual de Maringá, Paraná, 2000.

PIRES, H. A. C. Relações de gênero e a profissão bibliotecária na contemporaneidade: panorama nacional e os motivos da entrada masculina em um curso majoritariamente feminino. 2016. 121f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação), Escola de Ciência da Informação da UFMG, Belo Horizonte, 2016.

SAMARA, E. M. O que mudou na família brasileira? Da colônia à atualidade. Revista de Psicologia da USP, v. 13, n. 2, 2002. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/psicousp/article/view/53500/57500. Acesso em: 8 abr. 2018.

TONANI, A. V. Gestão de feminina: um diferencial de liderança mito ou nova realidade. In: CONGRESSO NACIONAL DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO, 12, 2011, São Paulo. Anais... São Paulo, 2011.

Downloads

Publicado

31/12/2018

Como Citar

Carvalho, T. C. M. de, & Azevedo, A. W. (2018). Liderança feminina em biblioteca universitária e sua influência na motivação organizacional. Ciência Da Informação Em Revista, 5(3), 20–29. https://doi.org/10.28998/cirev.2018v5n3c

Edição

Seção

Relatos de Pesquisa | Research Reports