ENUNCIAÇÃO E GÊNESE DE UM TEXTO: ELABORAÇÃO SEMÂNTICA E TEXTUALIZAÇÃO

Autores

  • Irène Fenoglio ITEM - CNRS/ENS

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2013v5n10p01

Palavras-chave:

Gênese da enunciação, Elaboração semântica, Textualização.

Resumo

Diante de um complexo material de vestígios gráficos, o linguista compromete-se a analisar a forma a qual uma aparente desordem é imposta ao discurso, e mesmo à língua, nos enunciados em curso, esforça-se para encontrar o processo de enunciação. Ele observa, a partir de diferentes tipos de manuscritos, detalhes linguísticos que lhe permitirão compreender o funcionamento processual da escritura em ato e os procedimentos enunciativos do texto em vias de se fazer. A atenção da autora visa ao processo de textualização, e não ao estado definitivamente estabilizado de um texto. Trata-se de um texto em produção no qual se procura revelar a elaboração semântica. O estudo se apoia na análise dos textos de Émile Benveniste, Althusser, Nancy Houston e André Chedid. O trabalho mostra que estudar a gênese de um enunciado na profundadidade de seus traços é objetivar o processo de enunciação, cuja sincronia faz o texto e abre o desdobramento potencial do sentido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Irène Fenoglio, ITEM - CNRS/ENS

ITEM - CNRS/ENS

Downloads

Publicado

2014-01-25

Como Citar

FENOGLIO, Irène. ENUNCIAÇÃO E GÊNESE DE UM TEXTO: ELABORAÇÃO SEMÂNTICA E TEXTUALIZAÇÃO. Debates em Educação, [S. l.], v. 5, n. 10, p. 01, 2014. DOI: 10.28998/2175-6600.2013v5n10p01. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/1136. Acesso em: 24 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.