Ensino por investigação e cinética química: desafios e possibilidades

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2021v13n31p41-66

Palavras-chave:

Ensino por investigação, Alfabetização científica, Cinética química.

Resumo

O presente estudo buscou refletir sobre a importância do ensino por investigação para a promoção do tema cinética química. Para tanto, realizou-se um levantamento bibliográfico sobre o conteúdo supracitado, além da elaboração e aplicação de uma sequência didática de caráter investigativo, de abordagem qualitativa, com duas turmas do curso de licenciatura em Pedagogia. Almejou-se, com isso, aperfeiçoar e validar a proposta em questão, de modo a favorecer a aprendizagem do tema com vista nos fatores: concentração, temperatura e superfície de contato. A análise dos dados apontou para a construção de conhecimento científico acerca do assunto trabalhado, bem como a necessidade de modificação da sequência didática.

Biografia do Autor

Jozélio Agostinho Lopes, Universidade Federal de Alagoas

Professor do quadro efetivo dos Anos Iniciais da Rede Municipal de Caetés - PE. Doutorando em Ensino das Ciências pela Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE, com linha de pesquisa em processos de construção de significados em ensino de Ciências e Matemática; Mestre em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Federal de Alagoas - UFAL (2020); Especialista em Gestão Educacional e Educação Infantil pela Universidade Candido Mendes - UCAM (2018); Licenciado em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano - IF Sertão Pernambucano (2016); Licenciando em Pedagogia pela Universidade de Pernambuco - UPE. Membro do grupo de pesquisa: Laboratório para Educação Ubíqua e Tecnológica no Ensino de Química (LEUTEQ), da UFRPE. Atuou como bolsista no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência - PIBID/CAPES (2011 a 2015), e como professor de Química na Rede Estadual de Ensino do Estado de Pernambuco (2012 a 2016). Temas de interesse: Ensino de Química; Ensino de Ciências por Investigação; recursos didáticos digitais; Alfabetização Científica.

Elton Casado Fireman, Universidade Federal de Alagoas

Possui graduação em Física-Bacharelado pela Universidade Federal de Alagoas (1995), mestrado em Física da Matéria Condensada pela Universidade Federal de Alagoas (1997) e doutorado em Física pela Universidade Federal de São Carlos (2002). Atualmente é professor associado 4 da Universidade Federal de Alagoas, atuando nos Programas de Pós-Graduação em Educação Brasileira e de Ensino de Ciências e Matemática, orientando alunos de mestrado e doutorado. Tem experiência na área de Educação, com ênfase no Ensino de Ciências para os Anos Iniciais, pautados na Alfabetização Científica e no Ensino por Investigação, e na Formação de Professores para o Ensino de Ciências, desenvolve, também, estudos que envolvem a prática do professor com o uso de TIC e de outras ferramentas didático-pedagógicas no Ensino de Ciências e Matemática.

Monique Gabriella Angelo da Silva, Universidade Federal de Alagoas

Professora do Instituto de Química e Biotecnologia -IQB da Universidade Federal de Alagoas - UFAL (2014). Doutora em Química e Biotecnologia pela Ecole Nationale Supérieure de Chimie de Rennes (ENSCR) e pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL), 2014. Possui graduação em Química Licenciatura pela Universidade Federal de Alagoas (2008) com formação complementar pela Regis University nos Estados Unidos (2006), e mestrado em Química Inorgânica pela Universidade Federal de Alagoas (2010) com formação complementar na Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. Atua (finalizando os trabalhos) como membro do Grupo de Catálise e Reatividade Química - GCaR. Adquirindo experiência na área de síntese de nanomateriais e Catálise. Atualmente desenvolve trabalhos na área de Ensino de Química trabalhando com a divulgação de Ciências, Metodologias alternativas para Ensino de Química, Tecnologias da Informação e Comunicação desenvolvidas e aplicadas para o Ensino de Química e extensão universitária. É atual coordenadora do Programa de Mestrado Profissional em Química em Rede Nacional - PROFQUI da UFAL, e vice-coordenadora do curso de Química Licenciatura EAD. Membro do Grupo de Pesquisa "Formação de professores e Ensino de Ciências" situado no Centro de Educação (CEDU), professora credenciada aos Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciêcias e Matemática - PPGECIM, e Mestrado Profissional em Química em Rede Nacional - PROFQUI/IQB/UFAL. Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Ensino e Extensão em Química - QUICIÊNCIA, inserido dentro do Instituto de Química e Biotecnologia. Idealizadora do evento CientificaMente, QuiBreakout e Simbora que tem como objetivo permitir que a ciência esteja sempre ao alcance de todos.

Downloads

Publicado

26/06/2021

Como Citar

LOPES, J. A.; FIREMAN, E. C.; SILVA, M. G. A. da. Ensino por investigação e cinética química: desafios e possibilidades. Debates em Educação, [S. l.], v. 13, n. 31, p. 41–66, 2021. DOI: 10.28998/2175-6600.2021v13n31p41-66. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/9657. Acesso em: 23 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)