A argumentação no processo de formação inicial docente: reflexões dos egressos do PIBID Letras/Português da Universidade Federal de Alagoas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2020v12nEspp246-262

Palavras-chave:

Ethos.Argumentação. Letramento docente.

Resumo

O trabalho analisa o ethos, num viés retórico-enunciativo, de egressos do PIBID, Subprojeto Letras, da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). A abordagem metodológica é qualitativa numa análise linguístico-interpretativista, recorrendo-se a Notas de Campo (NC) dos sujeitos à época que faziam parte do PIBID, como bolsistas de Iniciação à Docência, na perspectiva de reconhecer os seus Ethe, mediante as implicações desse Programa em suas práticas autorreflexivas como professores em formação inicial. Estudos sobre o letramento do professor (FIAD, 2011; KLEIMAN; DIAS, 2016; SANTOS; 2012), no campo multidisciplinar da Linguística Aplicada (MOITA-LOPES, 2006); a Argumentação Retórica (PERELMAN; OLBRECHTS-TYTECA, 2005; REBOUL, 2004; MEYER, 2008) e a Argumentação na Língua (DUCROT, 1987; KOCH, 2008), e os estudos sobre os saberes profissionais docentes (TARDIF, 2014) são caros ao empreendimento das análises neste estudo. Os resultados apontam para a importância do desenvolvimento de práticas de escrita reflexiva nos processos de letramento acadêmico e docente desses sujeitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Jorge de Sousa Cavalcanti, Instituto Federal de Alagoas (IFAL)

Graduado em Letras: Port/Inglês pela UNEAL; Especialista em Docência do Ensino Superior UNEAL; Mestre em Educação e Linguagem UFAL; Doutor em Letras e Linguística pela UFAL; Pós-doutor em Linguística Aplicada pela UFAL. Professor de Língua Portuguesa e Linguística do Instituto Federal de Alagoas - IFAL. Desenvolve pesquisas com vistas à Argumentação em produções textuais, orais e escritos, de alunos do ensino básico e do ensino superior. Tem trabalhos publicados, e apresentados, em eventos nacionais e internacionais.

Lúcia de Fátima Santos, Universidade Federal de Alagoas (UFAL)

Pós-doutorado em Linguística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP); doutorado em Linguística (2007); mestrado em Letras e Linguística; e licenciatura em Letras pela Universidade Federal de Alagoas. Atualmente é professora Associada 2 da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Campus A.C. Simões, atuando no Curso de Licenciatura em Letras e no Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística da UFAL.

Downloads

Publicado

2020-12-10

Como Citar

CAVALCANTI, Ricardo Jorge de Sousa; SANTOS, Lúcia de Fátima. A argumentação no processo de formação inicial docente: reflexões dos egressos do PIBID Letras/Português da Universidade Federal de Alagoas. Debates em Educação, [S. l.], v. 12, n. Esp, p. 246–262, 2020. DOI: 10.28998/2175-6600.2020v12nEspp246-262. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/10070. Acesso em: 22 jun. 2024.

Edição

Seção

Dossiê "Ensinar a ler e a escrever: múltiplos contextos e perspectivas"

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.