A extensão universitária no currículo de cursos de graduação e contextos emergentes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2021v13nEsp2p365-388

Palavras-chave:

Educação Superior, Extensão Universitária, Cursos de Graduação, Contextos Emergentes, Currículo.

Resumo

Discute-se nesta produção a inserção da extensão universitária no currículo de cursos de graduação e sua inter-relação com contextos emergentes na Educação Superior. É decorrente de pesquisa qualitativa, estudo de caso, balizada na análise dos documentos institucionais e nas respostas de questionário misto com doze coordenadores de cursos de graduação da Universidade Federal de Santa Maria. Conclui-se que a inserção da extensão na matriz curricular de cursos de graduação constitui-se emergente por que: potencializa a perspectiva da qualidade na formação profissional; assume o estudante como protagonista e sistematizador do seu aprendizado em campo de atuação profissional; articula o currículo às ações político-pedagógica dos cursos; promove a interdependência e interlocução universidade e sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriela Paim Rosso, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Especialista em Gestão Escolar pelo Instituto Federal Farroupilha - IFFar/AL. Graduada em Pedagogia pela Universidade da Região da Campanha - URCAMP/Al. Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisa em Políticas Públicas e Gestão Educacional (GESTAR) - CNPq/UFSM. Atuou como professora substituta do Instituto Federal Farroupilha/Campus Alegrete/RS-2015/2017, atualmente é professora efetiva da Rede Pública Estadual do Rio Grande do Sul e da Rede Municipal de Ensino de Alegrete/RS. Tem experiência na área de Educação Básica e Superior, realiza pesquisas com ênfase em Extensão Universitária, Formação de Professores, Gestão Educacional e Políticas Públicas Educacionais.

Marilene Gabriel Dalla Corte, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

Pós-Doutora em Educação - PUCRS; Doutora em Educação - PUCRS; Mestre em Educação - UFSM; Especialista em Administração e Supervisão Escolar - UFSM; Especialista em Psicopedagogia - FAFRA; Graduada em Pedagogia - FIC. Professora Adjunta do Departamento de Administração Escolar - ADE, do Centro de Educação da Universidade Federal de Santa Maria - UFSM. Coordenadora e docente no Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Gestão Educacional (PPPG) e docente no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE), ambos do Centro de Educação da Universidade Federal de Santa Maria. Líder do GESTAR - Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Públicas e Gestão Educacional. Vice-líder do Grupo de Estudos e Pesquisa ELOS voltado para pesquisas sobre o campo curricular, perpassando pelas políticas públicas e práticas educativas. Participa do Grupo de Pesquisa UNIVERSITAS/RIES com foco de pesquisa na organização de conhecimentos sobre Educação Superior nos campos das políticas, práticas pedagógicas e formação de professores. Tem experiência na Educação Básica e Superior, com ênfase em políticas públicas, gestão educacional, gestão escolar e universitária, formação de professores.

Referências

BARDIN L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016.

BRASIL. Lei nº 13.005 de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências. Diário Oficial da União, Poder Legislativo, Brasília, DF, 26 jun. 2014. Seção 1, p. 1. Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/2014/lei-13005-25-junho-2014-778970-publicacaooriginal-144468-pl.html> Acesso em: 19 set. 2018.

BRASIL. Resolução CNE/CES nº 07, de 18 de dezembro de 2018. Estabelece as Diretrizes para a Extensão na Educação Superior Brasileira e regimenta o disposto na Meta 12.7 da Lei nº 13.005/2014. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 19 dez. 2018, Seção 1, p. 49 e 50. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=104251-rces007-18&category_slug=dezembro-2018-pdf&Itemid=30192> Acesso em: 12 abr. 2019.

DALLA CORTE, M. G. O Estágio Curricular e a Formação se Qualidade do Pedagogo. 2010. 315 p. Tese (Doutorado em Educação). Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, 2010. Disponível em: <http://tede2.pucrs.br/tede2/bitstream/tede/3678/1/430801.pdf> Acesso em: 28 out. 2019.

DALLA CORTE, M. G. Um estudo acerca dos contextos emergentes nos cursos de licenciatura no Brasil: em destaque a internacionalização. Revista Educação. Porto Alegre, v. 40, n. 3, p. 357-367, set-dez. 2017. ISSN 1981-2582. DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1981-2582.2017.3.29023. Disponível em: <http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/29023/16529>. Acesso em: 05 out. 2019.

FLICK, U. Introdução à pesquisa qualitativa. Tradução Joice Elias Costa. 3.ed. Porto Alegre: Artemed, 2009.

FORPROEX. Política Nacional de Extensão Universitária. Manaus, 2012. Disponível em: <http://w3.ufsm.br/pre/index.php/a-pre-2/legislacao>. Acesso em: 28 nov. 2018.

GADOTTI, M. Extensão universitária: para quê? Instituto Paulo Freire, São Paulo, SP, 15 fev. 2017. Disponível em: <http://www.paulofreire.org/noticias/557-extensao-universitaria-para-que> Acesso em: 02 nov. 2018.

GADOTTI, M. Qualidade na Educação: uma nova abordagem. COEB: Congresso de Educação Básica: Qualidade na Aprendizagem. Rede Municipal de Ensino de Florianópolis. Florianópolis: SC, 14 fev. 2013. Disponível em: <http://www.pmf.sc.gov.br/arquivos/arquivos/pdf/14_02_2013_16.22.16.85d3681692786726aa2c7daa4389040f.pdf> Acesso em: 10 out. 2019.

GOULART, A. T. A importância da pesquisa e da extensão na formação do estudante universitário e no desenvolvimento de sua visão crítica. Horizonte - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 2, n. 4, p. 60-73, 31 mai. 2004. Disponível em: <http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:6AfGB9nrm1kJ:periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/580+&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br> Acesso em: 03 nov. 2019.

IMPERATORE, S. L. B.; PEDDE, V. “Curricularização” da Extensão Universitária no Brasil: questões estruturais e conjunturais de uma política pública. In: XIII CongresoLatinoamericano de ExtensiónUniversitaria. 2015, Havana. Anais. Disponível em: <http://www.congresoextension.mes.gob.cu/documentos/CLEU%20(VF).pdf> Acesso em: 10 abr. de 2018.

JAPIASSU, H. Alguns instrumentos conceituais; O que é a epistemologia? In.: Introdução ao pensamento epistemológico. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1991.

LUNARDI, E. M. Qualidade da Gestão Pedagógica no Curso de Pedagogia. 2012. 262 p. Tese (Doutorado em Educação). Porto Alegre, RS: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul., Porto Alegre, RS, 2012. Disponível em: <http://tede2.pucrs.br/tede2/bitstream/tede/3740/1/446275.pdf> Acesso em: set. 2019.

MARTINS, E. F. Extensão como componente curricular: oportunidade de formação integral e de solidariedade. Ciência e Cognição 2008, vol. 13 (2), p. 201-209, jul. 2008. ISSN 1806-5821. Disponível em: <http://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/232/131> Acesso em: 12 out. 2019.

MAUÉS, O. C. Ensino superior na ótica dos organismos internacionais. Educar em revista, Curitiba, Brasil, vol. 35, n.75, p. 13-30, mai/jun., 2019. ISSN 1984-0411. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-40602019000300013&script=sci_arttext&tlng=pt> Acesso em: 22 set. 2019.

MAZZILLI, S. Ensino, pesquisa e extensão: reconfiguração da universidade brasileira em tempos de redemocratização do estado. RBPAE: Revista Brasileira de Política e Administração da Educação. Periódico científico editado pela Anpae. v. 27, n. 2, p. 205-221, mai/ago. 2011. Disponível em: <https://seer.ufrgs.br/rbpae/article/view/24770/14361> Acesso em: 19 set. 2019.

MOROSINI, M. C. Qualidade da Educação Superior e Contextos Emergentes. Revista Avaliação, Sorocaba, SP, v. 19, n. 2, jul. 2014. Disponível em: <https://www.scielo.br/pdf/aval/v19n2/a07v19n2.pdf> Acesso em: 02 out. 2019.

MOTTA, R. A. Tecnologia educacional no ensino superior: cenários da educação a distância e a avaliação institucional. In: COLOMBO, Sonia S. (Org.). Gestão universitária: os caminhos para a excelência. Porto Alegre: Penso, 2013.

RENEX. Rede Nacional de Extensão, 2016. Sobre o FORPROEX e a RENEX. Apresentação. Disponível em: < https://www.ufmg.br/proex/renex/index.php/apresentacao/forproex-e-renex#:~:text=O%20F%C3%B3rum%20de%20Pr%C3%B3-Reitores,e%20o%20fortalecimento%20da%20democracia.> Acesso em: 08 de out. de 2020.

RODRIGUES, Â. R. A extensão universitária: indicadores de qualidade para avaliação de sua prática/ Estudo de caso em um centro universitário privado. 2003. 182 p. Dissertação. (Mestrado em Engenharia de Produção, Área: Planejamento e Gestão Estratégica) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, 2003. Disponível em: <https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/86224/225491.pdf?sequence=1&isAllowed=y> Acesso em: 04 dez. 2018.

ROSSO, G. P. Inserção das ações de extensão nos cursos de graduação da UFSM na perspectiva dos contextos emergentes. 2019. 252 p. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Santa Maria – Programa de Pós-graduação em Educação. Santa Maria, RS, 2019.

SANTOS, B. S. A universidade no século XXI: para uma reforma democrática e emancipatória da Universidade. 3 ed. São Paulo: Cortez, 2011. v. 11.

SILVA, M. das G. M. Extensão: a face social da universidade? Campo Grande: Editora da UFMS, 2000.

SOUSA, A. L. L. A história da Extensão Universitária. 2ª ed. Campinas, SP: Editora Alínea, 2010.

TRIVIÑOS, A. N. Introdução à pesquisa em Ciências Sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA. Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia Mecânica - UFSM, Santa Maria 2019. Disponível em: <https://www.ufsm.br/cursos/graduacao/santa-maria/engenharia-mecanica/projetopedagogico> Acesso em: 22 out. 2019.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA. Projeto Político Pedagógico do Curso de Farmácia, Santa Maria, 2018. Disponível em: <https://www.ufsm.br/cursos/graduacao/santa-maria/farmacia/projeto-pedagogico>. Acesso em: 16 out. 2019.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA. Projeto Pedagógico do Curso de História – Licenciatura – UFSM, Santa Maria, 2017. Disponível em:

<https://www.ufsm.br/cursos/graduacao/santa-maria/historia/projeto-pedagogico>

Acesso em: 19 out. 2019.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA. Projeto Pedagógico do Curso de Pedagogia Licenciatura Plena Noturno - UFSM, Santa Maria, 2007. Disponível em: <https://portal.ufsm.br/ementario/curso.html?idCurso=1061>. Acesso: 15 out. 2019.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA. Resolução nº 16/2008. Política de Extensão da UFSM, Santa Maria, 2008. Disponível em: <http://w3.ufsm.br/pre/index.php/a-pre-2/legislacao#normas-gerais-ufsm>.Acesso em: 30 out. de 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA. Resolução nº 006/2019. Aprova a Política de Extensão da Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria, 2019. Disponível em: <https://portal.ufsm.br/documentos/publico/documento.html?id=12476803> Acesso em: 13 ago. 2019.

YIN, R. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2a ed. Porto Alegre: Bookman; 2001.

Downloads

Publicado

2021-11-30

Como Citar

ROSSO, Gabriela Paim; DALLA CORTE, Marilene Gabriel. A extensão universitária no currículo de cursos de graduação e contextos emergentes. Debates em Educação, [S. l.], v. 13, n. Esp2, p. 365–388, 2021. DOI: 10.28998/2175-6600.2021v13nEsp2p365-388. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/11301. Acesso em: 24 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.