A escola e o ensino de leitura em tempos de fake news

uma proposta para os anos iniciais do ensino fundamental

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2022v14n34p154-173

Palavras-chave:

Escola, Práticas de leitura, Fake News

Resumo

Apresenta uma proposta metodológica de leitura voltada ao 5º ano do Ensino Fundamental e traz como objetivo principal evidenciar o papel da escola frente ao combate às fake news. Fundamenta-se em uma perspectiva crítica de leitura (SILVA, 1998, 2008) e problematiza o fenômeno das notícias falsas (PIETROBON, 2020); CHRISTOFOLETTI (2018), entre outros. Propõe a leitura de duas charges a partir de sua estrutura composicional, conteúdo e estilo de linguagem (BAKHTIN, 2000) com enfoque nas habilidades propostas pela Base nacional Comum Curricular (BNCC). Conclui que ensinar a ler de forma crítica - um dos papéis sociais da escola - é lutar contra a barbárie, a mentira e a disseminação do ódio, presentes na sociedade.

Biografia do Autor

Marcio José de Lima Winchuar, Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO/PR)

Doutor em Educação pela Universidade Federal do Paraná – (PPGE-UFPR), na linha de Cultura, escola e Processos Formativos em Educação. Membro do Grupo de Pesquisa Campo, Movimentos Sociais e Educação do Campo (UNICENTRO/CNPQ). Professor do Departamento de Pedagogia da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (UNICENTRO) e Professor na Secretaria Municipal de Educação de Guarapuava-PR (SEMEC). ORCID iD: https://orcid.org/0000-0001-9486-3111 Email: mwinchuar@gmail.com

Diego Paiva Bahls

Mestre em Educação pela Universidade Federal do Paraná (PPGE - UFPR) na linha de pesquisa Educação - diversidade, desigualdade e diferença social. Pesquisador do Grupo Interdisciplinar em Linguagem, Diferença e Subjetivação - GILDA, (UFPR/CNPq) e do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Infantil – GEPEDIN (UNICENTRO/CNPQ). Professor na Secretaria Municipal de Educação de Guarapuava-PR (SEMEC) e Pedagogo na Secretaria Estadual de Educação do Paraná (SEED).  E-mail: diegobahls09@gmail.com  ORCID: https://orcid.org/0000-0002-2264-454X

Maria Josélia Zanlorenzi, Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNCENTRO/PR)

Doutora em Educação pela Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho - FCT/UNESP, campus Presidente Prudente - SP. Professora do Departamento de Pedagogia da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO/PR). Membro do Grupo de estudos e pesquisas sobre escola pública e profissionais da educação (GEPEPPE/UNESP/CNPQ) e Grupo de Pesquisa em Trabalho, Educação e História (UNICENTRO/CNPQ). E-mail: mjzanlorenzi@hotmail.com ORCID: https://orcid.org/0000-0003-0522-1761

 

Referências

ABREU, Márcia. Percurso da leitura. In: ABREU, Márcia (Organizadora). Leitura, história e história da leitura. São Paulo: Fapesp, 1999.

ALMEIDA, Rubens Queiroz de. O leitor Navegador (I). In: A leitura nos oceanos da internet. Fernanda M. P. Freire, Rubens Queiroz de Almeida, Sérgio Ferreira do Amaral; Theodoro Ezequiel da Silva (coord.). 2. Ed. São Paulo: Cortez, 2008.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. Tradução: Maria Ermantina Galvão G. Pereira. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

BRASIL, Ministério da Educação e Cultura. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017.

CARVALHO, Robson Santos de. Ensinar a ler, aprender a avaliar: avaliação diagnóstica das habilidades de leitura. 1. ed. São Paulo: Parábola, 2018.

COSSON, Rildo. Letramento literário: teoria e prática. 2. Ed. 9º reimpressão. São Paulo: Contexto, 2019.

CHRISTOFOLETTI, R. Padrões de manipulação no jornalismo brasileiro: fake news e a crítica de Perseu Abramo 30 anos depois. RuMoRes, [S. l.], v. 12, n. 23, p. 56-82, 2018.

FLORES, O. A leitura da charge. Canoas: Ulbra, 2002.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. São Paulo: Autores Associados: Cortez, 1986.

FERRAREZI JR, Celso; CARVALHO, Robson Santos de. De alunos a leitores: o ensino da leitura na educação básica. 1. ed. São Paulo: Parábola Editorial, 2017.

GERALDI, João Wanderley. Concepções de linguagem e ensino de Português. In: O texto na sala de aula. João Wanderley Geraldi (Organizador). 4. ed. São Paulo: Ática, 2006. p. 39-46.

KOCH, Ingedore Villaça. ELIAS, Vanda Maria . Ler e escrever: estratégias de produção textual / Ingedore Villaça Koch, Vanda Maria Elias. 2ª Edição. São Paulo: Contexto, 2011.

MENEGASSI, Renilson José. Perguntas de leitura. In: Leitura e ensino / Renilson José Menegassi. 2. ed. Maringá : Eduem, 2010.

PIETROBON, Sandra Regina Gardacho. O Fenômeno das Fake News e a Função Social da Escola. In: Paulo Freire em tempos de fake news: edição 2O2O : artigos produzidos durante o curso da EaD Freiriana do Instituto Paulo Freire [recurso eletrônico] / organizadores Janaina M. Abreu e Paulo Roberto Padilha. —— São Paulo : Instituto Paulo Freire, 2O2O.

ROCHA, Renata Amaral de Matos. LIMA, Bruno de Assis Freire de. O gênero charge e a construção de leitores críticos. Idioma, Rio de Janeiro, n. 30, p. 7-18, 2016.

SANTOS, Maria Celça Ferreira dos; MIRANDA, Cícero Anastácio Araújo de. Proposta de formação de leitores críticos para o combate às fake news. Revista Eletrônica do GEPPELE. Ano VI, Edição Nº 08, Vol. I. Jul/ 2020.

SILVA, Ezequiel Theodoro. Elementos da Pedagogia da leitura. 3ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

SILVA, Ezequiel Theodoro. Concepções de leitura e suas consequências no ensino. Perspectiva. Florianópolis, v.17, n. 31, p. 11 - 19, jan./jun. 1999.

SILVA, Ezequiel Theodoro da. A produção da leitura na escola. São Paulo: Ática, 2008.

Downloads

Publicado

27/04/2022

Como Citar

LIMA WINCHUAR, M. J. de; BAHLS, D. P.; ZANLORENZI, M. J. A escola e o ensino de leitura em tempos de fake news: uma proposta para os anos iniciais do ensino fundamental. Debates em Educação, [S. l.], v. 14, n. 34, p. 154–173, 2022. DOI: 10.28998/2175-6600.2022v14n34p154-173. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/12673. Acesso em: 12 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos