A Educação Escolar em assentamentos de hidrelétricas: memórias de um povo esquecido

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2020v12nEsp2p37-59

Palavras-chave:

Educação escolar. Atingidos por barragem. Políticas públicas.

Resumo

O papel da educação escolar para as comunidades atingidas por barragens tem sido pouco debatido no meio científico. A ausência de políticas públicas voltadas para atender a demanda deste estrato populacional tem causado diversos problemas de ordem econômica, social e ambiental. Desta forma, esta pesquisa teve como objetivo geral retratar a importância dada a educação escolar sob o olhar das populações atingidas pela barragem da Usina Hidrelétrica (UHE) Santo Antônio. Para tanto, foi realizado uma pesquisa de campo nos 7 assentamentos da referida UHE. A ferramenta utilizada foi o questionário, 93 indivíduos participaram da amostra. Os resultados evidenciam que as recordações dos entrevistados acerca da escola remetem a um ambiente importante e significativo para a comunidade. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeferson Cardoso da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO)

Graduação em Educação Física - Licenciatura pelo ILES/ULBRA Porto Velho (2009); Graduação em Educação Física - Bacharel em Educação Física - ILES/ULBRA Porto Velho (2010); Pós-Graduação Lato-Sensu - Especialização em Ciências do Movimento Humano - FAEMA - Ariquemes (2010); Bolsista no Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Física, Gepef-RO do campus Iles/Ulbra-Porto Velho/RO (2008 e 2009); Integrante do Grupo de Pesquisa em Educação a Distância - GEPED; Membro do Grupo de Pesquisa Energia Renovável Sustentável - GPERS; Mestre em Educação Escolar - MEPE/UNIR 2017. Doutorando em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente - PGDRA/UNIR 2017.

Artur de Souza Moret, Universidade Federal de Rondônia (UNIR)

Possui graduação em Física pela Universidade Federal Fluminense, Mestrado em Ensino de Ciências (Modalidade Física e Química) pela Universidade de São Paulo-USP e Doutorado em Planejamento de Sistemas Energéticos pela Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP. Atualmente é professor Titular da Fundação Universidade Federal de Rondônia, Docente do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente da Fundação Universidade Federal de Rondônia, em níveis de Mestrado e Doutorado. Bolsista Fulbright entre 2013 e 2016. Pós-Doc em 2018 no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional-IPPUR/UFRJ. Tem experiência na área de planejamento em Energia Elétrica, com ênfase em Geração da Energia Elétrica com biomassa locais, atuando principalmente nos seguintes temas: geração descentralizada, fontes renováveis, energias alternativas, planejamento de sistemas descentralizados de energia elétrica, eficiência energética, cadeias produtivas de biomassa energéticas. Ainda desenvolve pesquisas sobre os impactos ambientais e sociais dos grandes projetos de energia na Amazônia.

Downloads

Publicado

2020-12-30

Como Citar

SILVA, Jeferson Cardoso da; MORET, Artur de Souza. A Educação Escolar em assentamentos de hidrelétricas: memórias de um povo esquecido. Debates em Educação, [S. l.], v. 12, n. Esp2, p. 37–59, 2020. DOI: 10.28998/2175-6600.2020v12nEsp2p37-59. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/8764. Acesso em: 21 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.