Professoras da educação infantil: relações entre estresse, estilo de vida e a prática e filosofia da Ioga

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2021v13n31p323-340

Palavras-chave:

Professoras da Educação Infantil, Estresse, Estilo de vida, Ioga

Resumo

Objetiva-se investigar os efeitos da intervenção com 24 práticas de ioga no estresse e no estilo de vida de professoras da Educação Infantil. Trata-se de estudo descritivo, com análise de dados quali-quantitativas. Participaram da pesquisa dez professoras que frequentaram um programa de formação continuada por dois semestres. A intervenção consistiu em 24 práticas de ioga semanais e os dados foram coletados por questionários, Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp (ISSL), Pentáculo do Bem-Estar e grupo focal. Os resultados apontaram que as práticas de ioga reduziram o quadro de estresse e promoveram escores positivos nos componentes controle do estresse, atividade física e relacionamento social, indicando melhoria no estilo de vida das professoras.

Biografia do Autor

Maria Lúcia Nejm de Carvalho, Pós-doutora pela UNESP Bauru - Faculdade de Ciências.

Pós-doutora pela UNESP Bauru - Faculdade de Ciências. Doutora em Ciências da Reabilitação no Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo -HRAC/USP. Mestrado em Psicologia (Psicologia Clínica) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2004). Graduação em Formação de Psicólogo e Psicologia pela Universidade do Sagrado Coração (1990).

Fernanda Rossi, UNESP - Universidade Estadual Paulista

Professora Assistente Doutora do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências da UNESP - Universidade Estadual Paulista - campus Bauru.

Downloads

Publicado

26/06/2021

Como Citar

CARVALHO, M. L. N. de; ROSSI, F. Professoras da educação infantil: relações entre estresse, estilo de vida e a prática e filosofia da Ioga. Debates em Educação, [S. l.], v. 13, n. 31, p. 323–340, 2021. DOI: 10.28998/2175-6600.2021v13n31p323-340. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/10131. Acesso em: 23 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos