Do perigo em se criar heróis: a desumanização dos profissionais da Saúde em meio à pandemia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2020v12n28p63-76

Palavras-chave:

Super-herói. Profissionais da saúde. Pandemia. Desumanização.

Resumo

Em meio à pandemia gerada pela COVID-19 (Coronavirus Disease 2019), o cuidado direto às pessoas acometidas por esta doença é prestado por profissionais da saúde nos diferentes serviços. Enfermeiros, técnicos, médicos, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos e assistentes sociais são algumas das categorias que desenvolvem serviços essenciais e, por isso, estão expostas diariamente ao risco de contaminação. Em meio ao caos, medos e incertezas gerados por esta emergência sanitária, esses profissionais acabaram assumindo publicamente o papel de super-heróis, reforçado pela grande mídia, desconsiderando seu processo formativo e sua ética profissional. Este artigo objetiva refletir sobre esse processo de heroificação vivenciado pelos profissionais da saúde, seus propósitos e consequências.

Downloads

Publicado

18/08/2020

Como Citar

FERREIRA, S. C. Do perigo em se criar heróis: a desumanização dos profissionais da Saúde em meio à pandemia. Debates em Educação, [S. l.], v. 12, n. 28, p. 63–76, 2020. DOI: 10.28998/2175-6600.2020v12n28p63-76. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/10286. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.