A perspectiva sócio-histórica de Vygotsky e suas relações com as categorias de pensamento, conhecimento e habilidades cognitivas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2021v13n31p489-513

Palavras-chave:

Pensamento, Conhecimento e Habilidades Cognitivas, Teoria Sócio-histórica de Vygotsky, Aproximações Teóricas

Resumo

Este estudo identificou as proximidades e relações existentes entre as categorias de pensamento, conhecimento e habilidades cognitivas com a perspectiva sócio-histórica de Vygotsky. Assumimos uma abordagem metodológica qualitativa, na qual foi desenvolvida uma pesquisa bibliográfica em livros e artigos científicos publicados em periódicos da área. O ensaio teórico apresentou indicativos de que as ideias sobre pensamento, conhecimento e habilidades cognitivas e a teoria de Vygotsky aproximam-se em alguns aspectos, uma vez que as categorias de pensamento podem ser externalizadas por meio da linguagem oral ou escrita, e o conhecimento organiza mentalmente as informações adquiridas durantes as interações sociais. O indivíduo vai tornando-se capaz de estruturar suas ideias na forma de habilidades de cognição que podem ser manifestadas a partir da utilização de instrumentos e signos, que levam a construção de significados social e culturalmente aceitos. As teorias convergem acerca das ideias de ensino e aprendizagem, uma vez que devem favorecer e dirigir o desenvolvimento cognitivo.

Biografia do Autor

Willa Nayana Corrêa Almeida, Universidade Federal do Pará

Licenciada Plena em Matemática pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e em Pedagogia pela Universidade Cidade de São Paulo. Especialista em Metodologia do Ensino de Matemática e Física pela Faculdade de Educação Regional Serrana. Mestre em Docência em Educação em Ciências e Matemáticas pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Integrante do Grupo de estudo, pesquisa e extensão Formação de Professores de Ciências. Professora-monitora do Clube de Ciências “Prof. Dr. Cristovam W. P. Diniz” da Universidade Federal do Pará (Campus Castanhal). Docente externa da Faculdade de Matemática da Universidade Federal do Pará - Campus Castanhal.

Antonia Ediele de Freitas Coelho, Universidade Federal do Pará

Licenciada Plena em Pedagogia pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Mestre em Educação em Ciências e Matemáticas pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Integrante do Grupo de estudo, pesquisa e extensão Formação de Professores de Ciências. Professora-monitora do Clube de Ciências “Prof. Dr. Cristovam W. P. Diniz” da Universidade Federal do Pará (Campus Castanhal).

João Manoel da Silva Malheiro, Universidade Federal do Pará

Licenciado Pleno em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Especialista em Ensino de Ciências pela Universidade do Estado do Pará (UEPA). Mestre em Educação em Ciências e Matemáticas pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Doutor em Educação para a Ciência pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Pós-doutor em Ciências da Educação pela Universidade do Porto e Pós-Doutor em Educação para a Ciência da Universidade Estadual Paulista (UNESP - Campus Bauru). Docente Associado I da Universidade Federal do Pará. Coordenador do Grupo de Estudo, Pesquisa e Extensão FormAÇÃO de Professores de Ciências. Coordenador do Clube de Ciências “Prof. Dr. Cristovam W. P. Diniz” da Universidade Federal do Pará (Campus Castanhal).

Downloads

Publicado

26/06/2021

Como Citar

ALMEIDA, W. N. C.; COELHO, A. E. de F.; MALHEIRO, J. M. da S. A perspectiva sócio-histórica de Vygotsky e suas relações com as categorias de pensamento, conhecimento e habilidades cognitivas. Debates em Educação, [S. l.], v. 13, n. 31, p. 489–513, 2021. DOI: 10.28998/2175-6600.2021v13n31p489-513. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/10458. Acesso em: 23 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos