Programa, estratégia, movimento, criatividade: eixos na ação didática em uma perspectiva de complexidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2020v12n28p665-676

Palavras-chave:

Pensamento complexo. Prática pedagógica complexa. Pensamento estratégico

Resumo

Este artigo realiza um estudo teórico reflexivo sobre circunstâncias pedagógicas vivenciadas por uma professora do Ensino Fundamental em processo de constituição complexa, com o objetivo de desvelar influências desse processo na prática que desenvolve. As categorias de análise advêm do campo da complexidade na perspectiva de Edgar Morin. Os termos Programa, Estratégia, Movimento e Criatividade são adotados como eixos na ação didática em uma perspectiva de complexidade. Considera-se que o pensamento complexo pode possibilitar o desenvolvimento de pensamento estratégico na ação docente, que gera um movimento construtivo de práticas didáticas que priorizam a dimensão conceitual do conhecimento escolar, como também sua pertinência contextual, concomitante ao desenvolvimento humano e de valores, com natural decorrência nos modos de ser, de pensar e de aprender dos alunos.

Biografia do Autor

Ettiène Guérios, Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Universidade Federal do Paraná

Departamento de Teoria e Prática de Ensino

Programa de Pós Graduação em Educação (Acadêmico)

Programa de Pós Graduação em Educação: Teoria e Prática de Ensino (Profissional)

 

Downloads

Publicado

18/08/2020

Como Citar

GUÉRIOS, E.; BATISTELLA, M. P. Programa, estratégia, movimento, criatividade: eixos na ação didática em uma perspectiva de complexidade. Debates em Educação, [S. l.], v. 12, n. 28, p. 665–676, 2020. DOI: 10.28998/2175-6600.2020v12n28p665-676. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/9952. Acesso em: 3 dez. 2021.

Edição

Seção

Dossiê "Complexidade e Transdisciplinaridade no Século XXI"

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)