Consciência negra e luta

leituras e reflexões acerca do dia 20 de novembro nas escolas de educação básica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2021v13nEsp2p348-364

Palavras-chave:

Educação, Ensino, Consciência negra

Resumo

Discutir a respeito da história e cultura da população negra no Brasil é um compromisso com os milhões de negros e negras que se dedicaram à formação desse país, fornecendo as bases históricas, econômicas, culturais, técnicas e científicas para a consolidação do que hoje chamamos de “nação brasileira”. Dessa forma, as escolas podem possibilitar aos estudantes a compreensão, de forma adequada, desse contexto. A negação da mesma, que ainda ocorre nos dias atuais, provoca situações de desigualdade e preconceitos. O presente trabalho é uma pesquisa de revisão bibliográfica realizada a partir dos periódicos do portal da CAPES. O estudo tem como objetivo destacar as reflexões realizadas por estudiosos da área e que surgiram a partir de discussões com relação à operacionalização da Lei nº 10.639, aprovada em 09 de janeiro de 2003, a qual altera a lei n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996, estabelecendo as diretrizes e bases da educação nacional, com o intuito de incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira". Além disso, entre outras providências, esta lei adiciona ao calendário escolar o dia 20 de novembro como “Dia Nacional da Consciência Negra”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ruimar Nunes De Sousa, IFPI

Professor da Rede estadual do Piauí e da Rede Municipal de Timon MAranhão. Graduado em Geografia pela UESPI(2006) e graduado em Informáica pelo IFPI(2016). Mestrando do Programa mestrado em educção profissional e tecnológico -PROFEPT.

Francisca Raquel da Costa, IFPI

Possui graduação em História pela Universidade Federal do Piauí (2006), especialização em Educação e Cultura Afrodescendente pela mesma instituição (2007), mestrado em História do Brasil pela Universidade Federal do Piauí (2009) e Doutorado em História Social pela Universidade Federal do Ceará. Atualmente é Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência de Tecnologia do Piauí (IFPI) - PROFEPT-campus Parnaíba e Coordenadora do DINTER História UFRGS/IFPI e Coordenadora do NEABI/IFPI

Referências

ALMEIDA, Silvio. Racismo estrutural. Pólen Produção Editorial LTDA, 2019.

BERTH, Joice. Empoderamento. Pólen Produção Editorial LTDA, 2019.

BRASIL. Lei 10.639/2003, de 9 de janeiro de 2003. Altera a Lei nº 9. 394, de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília.

CUNHA JR, Henrique. Movimento de consciência negra na década de 1970, Educação em debate. Ano 25. V 2 - W. 46 – 2003.

CUNHA JR. Henrique. Nós, afrodescendentes: história africana e afrodescendente na cultura brasileira. In. História da Educação do Negro e outras histórias (Org) ROMÃO. J. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade. – Brasília. 2005. p 249 – 274.

DA SILVA BORGES, Rosane. Sueli Carneiro: retratos do Brasil negro. Selo Negro, 2009

DA SILVA, João Djane Assunção; DOS SANTOS SILVA, Nilvania. Produção de Audiodocumentário Enquanto Estratégia de Ensino para Educação das Relações Étnico-Raciais. Revista EducaOnline, v. 14, n. 2, p. 163-179, 2020.

DOMINGUES, Petrônio. Movimento negro brasileiro: alguns apontamentos históricos. Tempo, v. 12, n. 23, p. 100-122, 2007.

DOS SANTOS, Elisabete Figueroa; PINTO, Eliane Aparecida Toledo; CHIRINÉA, Andréia Melanda. A Lei nº 10.639/03 e o Epistemicídio: relações e embates. Educação & Realidade, v. 43, n. 3, 2018.

FONSECA, Marcus Vinícius. A arte de construir o invisível o negro na historiografia educacional brasileira. Revista brasileira de história da educação n° 13 jan./abr. 2007. Disponível em: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/rbhe/article/view/38616/20147. Acessado 30 – 03 – 2020.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. 23ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1999.

GOMES, Nilma Lino. O movimento Negro educador: saberes construídos nas lutas por emancipação. Petrópolis, RJ: Vozes, 2017.

GUIMARÃES, Antônio Sérgio A. Racismo e antirracismo no Brasil. 2 ed. São Paulo: Editora 34, 2005.

JESUS, Carolina Maria de. Quarto de despejo – diário de uma favelada. São Paulo: Francisco Alves, 1960.

MUNANGA, Kabengele. (Org.) Superando o Racismo na Escola. Brasília: MEC, 2005.

NASCIMENTO, Abdias do. O genocídio negro brasileiro: processo de um racismo mascarado. São Paulo: Perspectivas. 2016.

NEGREIROS, Dalila Fernandes de. Educação das relações étnico-raciais: avaliação da formação de docentes. Editora UFABC, 2017.

OLIVEIRA, Helio. Desigualdade social, racismo e discurso: a circulação da fórmula consciência negra. Cadernos de Estudos Lingüísticos, v. 58, n. 1, p. 77-92, 2016.

PINHEIRO, Bárbara Carine Soares. @Descolonizando_saberes: mulheres negras na ciência. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2020.

PINHEIRO, Bárbara Carine Soares. Educação em Ciências na Escola Democrática e as Relações Étnico-Raciais. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, p. 329-344, 2019.

PIRES, A. L. M; SILVA, R. S; SOUTO, V. S. Dos mitos iorubá à descolonização didática: dos direitos, identidades, proposta didática para o ensino In: PINHEIRO, BCS; ROSA, Katemari. Descolonizando saberes: a Lei 10.639/2003 no ensino de ciências. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2018.

PRODANOV, Cleber Cristiano; DE FREITAS, Ernani Cesar. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico-2ª Edição. Editora Feevale, 2013.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. O espetáculo das raças. Cientistas, instituições e questão racial no Brasil, 1870-1930. São Paulo: Companhia das Letras, 1993, 287p.

SILVEIRA, L. S. Novos olhares e novas possibilidades de pensar a diferença: a lei 10.639/2003 sob a perspectiva da biblioteconomia. In: BARROSO, Danielle et al. (Org.) Epistemologias Negras: Relações raciais na Biblioteconomia - Florianópolis, SC: Rocha Gráfica e Editora, 2019. (Selo Nyota). 312 p. Disponível em: <https://www.nyota.com.br/>. acessado 25.06.20.

Downloads

Publicado

2021-11-30

Como Citar

DE SOUSA, Ruimar Nunes; COSTA, Francisca Raquel da. Consciência negra e luta: leituras e reflexões acerca do dia 20 de novembro nas escolas de educação básica. Debates em Educação, [S. l.], v. 13, n. Esp2, p. 348–364, 2021. DOI: 10.28998/2175-6600.2021v13nEsp2p348-364. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/10970. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.