OS SIGNIFICADOS DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO PARA O PROFESSOR ALFABETIZADOR: RELAÇÃO DE CONFLITO NA PRÁTICA PEDAGÓGICA

Autores

  • Francisco Renato Lima Universidade Federal do Piauí - UFPI

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2015v7n13p89

Palavras-chave:

Alfabetização. Letramento. Professor. Prática pedagógica.

Resumo

Os debates sobre a formação docente para a educação básica ganham diferentes contornos na atualidade. Pensar em modelos que atendam as expectativas de alfabetizar e letrar é atender a uma proposta de inclusão social, pois rompem barreiras de um sistema de alfabetização mecânica e tradicional. Na prática, muitos obstáculos precisam ser superarados. Uma das principais é a que origina o questionamento deste estudo: Qual é a relação de conflito entre a teoria das concepções de alfabetização e letramento aprendidas pelo professor alfabetizador e a prática pedagógica desenvolvida por ele em sala de aula? Frente a tal realidade, é urgente pensar em propostas de ensino, levem o educando a interagir com o mundo da leitura, compreendendo as funções da língua, a partir de situações reais do mundo letrado, de maneira que não só aprenda as regras e conceitos do código linguístico, mas que se aproprie dele de maneira ativa, construindo e reconstruindo a partir do objeto lido.

Biografia do Autor

Francisco Renato Lima, Universidade Federal do Piauí - UFPI

Graduado em Pedagogia pela Faculdade Santo Agostinho (FSA/2012). Especialista em Neuropsicopedagogia Clínica e Educação Especial (IESM). Especialista em Docência para o Ensino Superior (IESM). Com experiência profissional na rede privada e pública de ensino básico e superior. Com atuação docente na Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC) de Teresina (PI) durante dois anos
(20102012), atuando em programas de métodos de alfabetização e correção de fluxo escolar; acompanhamento pedagógico especializado a crianças especiais; entre outras atividades educativas. Suas pesquisas recentes concentram-se em Educação e Linguagem, com ênfase em temas como: Alfabetização, Letramento, Processos Cognitivos de Leitura e Escrita, Ensino e Aprendizagem da Língua Portuguesa, Dificuldades de Aprendizagem e Formação Docente. Atualmente é Mestrando em Letras Estudos da Linguagem, pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), sob a orientação da Profa. Dra. Maria Angélica Freire de Carvalho.

Downloads

Publicado

01/07/2015

Como Citar

LIMA, F. R. OS SIGNIFICADOS DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO PARA O PROFESSOR ALFABETIZADOR: RELAÇÃO DE CONFLITO NA PRÁTICA PEDAGÓGICA. Debates em Educação, [S. l.], v. 7, n. 13, p. 89, 2015. DOI: 10.28998/2175-6600.2015v7n13p89. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/1124. Acesso em: 26 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos