Sequência didática - resíduos sólidos

atividades lúdicas como proposta pedagógica

Autores

  • Carlos José Silva de Freitas Programa de Pós Graduação em Rede Nacional para Ensino das Ciências Ambientais (PROFCIAMB). Universidade Federal de Pernambuco https://orcid.org/0000-0003-3744-2809
  • Alineaurea Florentino Silva Pesquisadora da Embrapa Semiárido. https://orcid.org/0000-0003-1744-1593
  • Valéria Sandra de Oliveira Costa Programa de Pós Graduação em Rede Nacional para Ensino das Ciências Ambientais (PROFCIAMB). Universidade Federal de Pernambuco https://orcid.org/0000-0002-6632-2489

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2022v14n34p186-211

Palavras-chave:

Coleta seletiva, Educação Ambiental, Ensino de Ciências, Jogos educacionais

Resumo

As discussões de temas ambientais no ensino das Ciências Ambientais contribuem com a responsabilidade em relação ao meio ambiente. Com o objetivo de desenvolver uma sequência didática sobre resíduos sólidos com atividades lúdicas no ensino fundamental, a pesquisa aplicada de caráter exploratória e qualitativa abordou consumo consciente, poluição, reciclagem e coleta seletiva, apresentados em atividades de vídeos, jogo e teatro. Os resultados demonstraram que a sequência didática promoveu uma maior sensibilização e aumento do conhecimento dos alunos sobre os resíduos sólidos. As atividades lúdicas como proposta pedagógica permitiram um aprendizado de forma significativa, introdução de temas da realidade dos alunos, reflexão e a ampliação da visão crítica dos mesmos.

Referências

ARAÚJO, D. L. O que é (e como faz) sequência didática?. Entrepalavras, Fortaleza, v. 3, n. 1, p. 322-334, 2013.

ARAÚJO, R. M.; SANTOS, L. A.; LUSTOSA, M. A. F. S.; SANTOS, E. A. Atividades lúdicas: uma iniciativa para o ensino de educação ambiental no operação resgate, Patos – Paraíba. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 2., 2015, Campina Grande. Anais. [...].Campina Grande: Realize Eventos Científicos & Editora, 2015.

BASTOS, M. R.; SILVA-PIRES, F. E. S.; FREITAS, C. A. V.; TRAJANO, V. S. A utilização de sequências didáticas em biologia: revisão de artigos publicados de 2000 a 2016. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 11., 2017,Florianópolis. Anais. [...]. Florianópolis: ABRAPEC, 2017.

BONANATO, M. A. GeoDominó reciclagem. Jogo de dominó didático. [S.I.]: Classe invertida, 2018. 1 caixa.

BRASIL. Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12305.htm. Acesso em: 7 maio 2019.

BRASIL. Lei nº 9.795, de 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9795.htm. Acesso em: 7 maio 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais. Temas Transversais: Meio Ambiente. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Como e porquê separar o lixo?. 2012. Disponível em: https://www.mma.gov.br/informma/item/8521-como-e-porqu%C3%AA-separar-o-lixo. Acesso em: 10 jul. 2019.

CAMPOS JÚNIOR, E. O.; PEREIRA, B. B.; LUIZ, D. P; MOREIRA-NETO, J. F.; ARANTES, C. A.; BONETTI, A. M.; KERR, W. E. Dominó de mutações cromossômicas estruturais. Genética na Escola, Ribeirão Preto, v. 5, n. 2, p. 30-33, 2009.

DANTAS, J. I. M.; SANTOS, M. I. A. G.; COSTA, K. M.; TORRES, A. M.; SANTOS, B. Y. M. Sequência didática: uma abordagem sobre coleta seletiva em uma escola da rede pública do sertão alagoano. Diversitas Journal, Santana do Ipanema, v. 5, n. 2, p.803-813, 2020.

GALDINO, A.; GALDINO, S.; BASTOS, M. F. S. A. A ludicidade como mediação pedagógica no contexto da educação de jovens e adultos na Escola Municipal Marcionílio Rosa – Irecê/BA. Revista Discentis, Irecê, n.1, p.14-26, 2012.

IBGE. Cidades e estados. Vitória de Santo Antão. 2019. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados/pe/vitoria-de-santo-antao.html? Acesso em: 8 jan. 2020.

JACOBI, P. Educação ambiental, cidadania e sustentabilidade. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 118, p. 189-205, 2003.

JEOVANIO-SILVA, V. R.; JEOVANIO-SILVA, A. L.; CARDOSO, S. P. Resíduos sólidos: uma sequência didática para o ensino fundamental. Ensino, Saúde e Ambiente, Niterói, v. 12, n. 1, p. 179-199, 2019.

KLEINA, F. B.; GONÇALVES-DIASA, S. L. F.; JAYO, M. Gestão de resíduos sólidos urbanos nos municípios da bacia hidrográfica do Alto Tietê: uma análise sobre o uso de TIC no acesso à informação governamental. urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, Curitiba, v. 10, n. 1, p. 140-153, 2018.

LOGAREZZI, A. Contribuições conceituais para o gerenciamento de resíduos sólidos e ações de educação ambiental. In: LEAL, A. C. (org.). Resíduos sólidos no Pontal do Paranapanema. Presidente Prudente: Antônio Thomaz Junior, 2004, p. 221-246.

LOGAREZZI, A. Educação Ambiental em resíduo: uma proposta de terminologia. In: CINQUETTI, H., C., S.; LOGAREZZI, A. (org.). Consumo e resíduo - fundamentos para o trabalho educativo. São Carlos: EdUFSCar, 2006, p. 85-117.

MUELLER, C. C. Os economistas e as relações entre o sistema econômico e o meio ambiente. Brasília: Universidade de Brasília, Finatec, 2007.

NADALINE, M.; FINAL, R. A. O lúdico como facilitador nas dificuldades no processo de ensino-aprendizagem da língua portuguesa. In: Os desafios da escola pública paranaense na perspectiva do professor PDE, 2013. Curitiba: SEED–Pr., 2016. Versão On-line.

RAMIRO, M. N. A. S. Proposta de atividade paradidática sobre resíduos sólidos para o ensino fundamental. 2017. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde e do Meio Ambiente). Fundação Oswaldo Aranha, Volta Redonda, 2017.

REIGOTA, M. Desafios à educação ambiental escolar. In: JACOBI, P. et al. (org.). Educação, meio ambiente e cidadania: reflexões e experiências. São Paulo: SMA, 1998, p.43-50.

SOUZA, L. V. L.; SOUZA, D. C.; JESUS, E. L.; CAVALCANTE, K. V. Diálogos transdisciplinares: reflexões acerca das práticas pedagógicas para o Ensino de Ciências Ambientais. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE INTEGRAÇÃO DA REDE PROFCIAMB, 3., 2018, Belém. Anais. [...]. São Carlos: EESC-USP, 2018. Dados eletrônicos.

VIVEIROS, M. V. Coleta Seletiva Solidária: desafios no caminho da retórica à prática sustentável. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciência Ambiental) –Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

ZABALA, A. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artmed, 1998.

Downloads

Publicado

27/04/2022

Como Citar

FREITAS, C. J. S. de; SILVA, A. F.; COSTA, V. S. de O. Sequência didática - resíduos sólidos: atividades lúdicas como proposta pedagógica. Debates em Educação, [S. l.], v. 14, n. 34, p. 186–211, 2022. DOI: 10.28998/2175-6600.2022v14n34p186-211. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/12058. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos