Resenha: Paradigma educacional e ecosistêmico

por uma nova ecologia da aprendizagem humana - Maria Cândida Moraes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2022v14n36p281-286

Palavras-chave:

Complexidade;, educação ., transdisciplinariedade, ecossistema

Resumo

Este trabalho resenha a obra Paradigma educacional e ecossistêmico: por uma nova ecologia da aprendizagem humana de Maria Cândida Moraes.

Biografia do Autor

Nize Maria Campos Pellanda, Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC)

Possui graduação em História (UFRGS), mestrado em História da Cultura (PUCRS), doutorado em Educação (UFRGS) com doutorado-sanduiche na M.U. (OHIO-USA) sob a orientação do Dr. Peter McLaren. Realizou estágio de Pós-doutoramento na Universidade do Minho (PORTUGAL) onde atuou como pesquisadora convidada atuando no CEHUM.

Referências

BACHELARD, G. O novo espírito científico. São Paulo: Abril, 1984.

ESPINOSA, B. Ética. São Paulo: Abril, 1983.

MATURANA, H.; VARELA, F. Autopoiesis and cognition. Dordrecht: D. Reidel, 1980

MATURANA, H. VARELA, F. El árbol de conocimiento. Santiago: Universitária, 1990.

MORAES, M.C. Paradigma Educacional Ecossistêmico. Rio de Janeiro: WAK, 2021

TAGORE, R. A morada da paz. Canpinas: Verus, 2010.

Downloads

Publicado

23/12/2022

Como Citar

PELLANDA, N. M. C. Resenha: Paradigma educacional e ecosistêmico: por uma nova ecologia da aprendizagem humana - Maria Cândida Moraes. Debates em Educação, [S. l.], v. 14, n. 36, p. 281–286, 2022. DOI: 10.28998/2175-6600.2022v14n36p281-286. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/14127. Acesso em: 9 jun. 2023.

Edição

Seção

Dossiê: Complexidade, Tessituras Educacionais e Poética Transdisciplinar