A gestão escolar e a formação de professores: interlocuções e possibilidades

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2020v12n28p543-553

Palavras-chave:

Formação docente. Gestão democrática. Políticas Educacionais.

Resumo

A gestão democrática escolar deve proporcionar espaços cooperativos de formação profissional dos educadores que compõem a equipe. Diante da relevância de discutir sobre a temática, o presente artigo objetivou desenvolver uma análise teórico-reflexiva sobre os processos de gestão democrática e a formação docente no contexto escolar. O caminho metodológico adotado foi a pesquisa bibliográfica, a fim de dar suporte teórico ao estudo com base em autores como Libâneo (2015), Veiga (2013), Tardif (2017), Tardif e Lessard (2014), Gatti (2013), Nóvoa (2013, 2014) e Luck (2017). A partir das análises empreendidas, conclui-se que a gestão escolar democrática deve fazer da escola um lugar de autonomia docente, tornando os profissionais protagonistas de seu próprio aperfeiçoamento constante

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-08-18

Como Citar

SERPA, Ivana Almeida; DE SOUZA, Débora Velasque; PIFFERO, Eliane de Lourdes Fontana; DINARDI, Ailton Jesus. A gestão escolar e a formação de professores: interlocuções e possibilidades. Debates em Educação, [S. l.], v. 12, n. 28, p. 543–553, 2020. DOI: 10.28998/2175-6600.2020v12n28p543-553. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/9396. Acesso em: 23 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.