Práticas de História e Cultura Afro-brasileira e Africana em escolas públicas do Acre

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2020v12nEspp408-430

Palavras-chave:

Racismo e educação. Currículo e relações raciais. Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana.

Resumo

Esse trabalho originou-se de uma pesquisa que indagava como as escolas da rede pública de Rio Branco-AC têm incluído o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana (EHCAA) em suas práticas. O estudo utilizou-se da abordagem qualitativa e teve como técnicas a pesquisa documental e a realização de grupos focais com professores e gestores de quatro escolas. Os resultados evidenciaram como as escolas se posicionam em relação ao EHCAA, e demonstraram o empenho de muitos desses agentes em cumprir as determinações, por mais que isto, às vezes, ocorra de forma pouco sistematizada ou que expresse a leitura pessoal que fazem sobre o EHCAA. Usando argumentos como o de que esse era “um trabalho que a escola já fazia”, alguns dos colaboradores da pesquisa consideram que não seria necessário se instituir a Lei 10.639. Daí porque suas práticas com relação ao ensino da História da África e dos Afro-Brasileiros pouco se modificaram a partir da instituição da Lei e com as orientações oriundas das suas Diretrizes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andrio Alves Gatinho, Universidade Federal do Acre (UFAC) Universidade Federal do Pará (UFPA)

Professor da Universidade Federal do Pará (exercício provisório) exercendo atividade de ensino, pesquisa e extensão nos cursos de Licenciatura desta IFES. Professor da Universidade Federal do Acre (UFAC). Doutor em Educação e Contemporaneidade pela UNEB. Pesquisador de Políticas Educacionais, Curriculares e de Ações Afirmativas (Relações Étnico-Raciais e Educação). Líder do Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre Educação e Desigualdades ? LEPED. Tem experiência na coordenação, elaboração e assessoramento de projetos pedagógicos de educação dos diversos níveis e modalidades da educação. Avaliador de Cursos de Graduação (INEP/MEC). Desenvolve atividades de pesquisa, ensino, orientação e assessoria/consultoria nos seguintes temas: Educação e Desigualdades; Políticas Educacionais; Currículo; Políticas e Práticas Curriculares; Formação de Professores para a Educação Básica; Educação das Relações Étnico­-raciais. 

Downloads

Publicado

2020-12-10

Como Citar

GATINHO, Andrio Alves. Práticas de História e Cultura Afro-brasileira e Africana em escolas públicas do Acre. Debates em Educação, [S. l.], v. 12, n. Esp, p. 408–430, 2020. DOI: 10.28998/2175-6600.2020v12nEspp408-430. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/10109. Acesso em: 22 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê "Políticas, concepções e práticas de currículo, formação e avaliação"

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.