Educação Indígena

o que se tem pesquisado?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2024v16n38pe15850

Palavras-chave:

Educação Indígena, Estado do conhecimento, Teses de doutorado

Resumo

Os processos de Educação Indígena estão em ascensão desde a promulgação da Constituição de 1988. Mas, o que a ciência vem debatendo sobre tal questão? O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão bibliográfica acerca da Educação Indígena, discorrendo sobre as temáticas dentro desse contexto. Assim, partiu-se de um estado do conhecimento, tendo como lócus a Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD). Foi realizado um levantamento de dados das teses de doutorado, com recorte temporal de 2018 a 2022. Conclui-se que a maioria das pesquisas ressaltava a garantia dos processos educacionais diferenciados das comunidades indígenas como sendo primordiais para o respeito e a valorização de suas culturas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Arliene Stephanie Menezes Pereira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE)

Docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará. Doutoranda em Educação-Universidade Estadual do Ceará. Mestra em Educação Física-Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Integrante do Grupo de Pesquisas Práticas Educativas, Memórias e Oralidades-PEMO/UECE.

Karla Angélica Silva do Nascimento, Universidade Estadual do Ceará (Uece)

Doutora em Educação Brasileira. Professora dos cursos à distância e presenciais, de modo respectivo, nos níveis de graduação e pós-graduação do Centro Universitário Christus - Unichristus. Professora do Mestrado Profissional em Ensino na Saúde e Tecnologias Educacionais – MESTed.

 

Maria Aparecida Alves da Costa, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE)

Docente no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará. Mestra e doutora em Educação pela Universidade Estadual do Ceará. Pedagoga pela Universidade Estadual do Piauí.  Integrante do Grupo de Pesquisas Práticas Educativas, Memórias e Oralidades-PEMO/UECE.

Lia Machado Fiuza Fialho, Universidade Estadual do Ceará (Uece)

Doutora em Educação Brasileira  pela Universidade Federal do Ceará. Pós-doutorada em Educação pela Universidade Federal da Paraíba. Professora doutora do Centro de Educação da Universidade Estadual do Ceará. Professora Permanente do Programa de Pós-graduação em Educação (PPGE/UECE) e do Mestrado Profissional em Planejamento e Políticas Públicas (MPPP/UECE). Líder do Grupo de Pesquisa Práticas Educativas Memórias e Oralidades (PEMO/UECE). Editora da revista Educação & Formação do PPGE/UECE. Pesquisadora produtividade CNPq.

Referências

ANTUNES, Cláudia Pereira. Não indígenas na educação indígena: um olhar para a branquitude na formação de universitários Kaiangang e Guarani na UFRGS. Tese (Doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Porto Alegre-RS, 2022.

ARAÚJO, Alécio Valois Pereira de. Escolarização do povo Karitiana: análise das políticas públicas no campo da educação indígena no estado de Rondônia. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Ciência Política, Porto Alegre, BR-RS, 2019.

AVILA, Carla Cristina Oliveira de. Corpografias originárias: processo de imersão poética intercultural. Tese (doutorado). Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação. Campinas-SP, 2020.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal: Brasília, 1988.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei número 9.394, 20 de dezembro de 1996.

COELHO, Luciana Lopes. A Educação escolar de indígenas surdos Guarani e Kaiowá: discursos e práticas de inclusão. Tese (Doutorado). Universidade Federal da Grande Dourados, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Dourados-MS, 2019.

CORRÊA, Aurea Lúcia Melo Oliveira. Percursos de resiliência e identidade em histórias, memórias e experiências de alfabetizadores (as) indígenas em Roraima. Tese (Doutorado). Universidade Federal de Juiz de Fora, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Juiz de Fora-MG, 2019.

DURAZZO, Leandro Marques. Cosmopolíticas Tuxá: conhecimentos, ritual e educação a partir da autodemarcação de Dzorobabé. 2019. 383f. Tese (Doutorado em Antropologia Social) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.

ESTÁCIO, Marcos André Ferreira. Juventudes indígenas em espaços urbanos amazonenses: narrativas Sateré-Mawé. 2019. 277 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2019.

FERRARI, Ana Carolina Machado. A construção de corpos com e sem deficiência nas práticas de circulação de conhecimento Xakriabá. Tese (doutorado). Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Educação. Belo Horizonte-MG, 2020.

FERREIRA, Bruno. O papel da escola nas comunidades Kaingang. Tese (Doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Porto Alegre-RS, 2020.

FIALHO, Lia Machado Fiuza; SANTOS, Francisca Mayane Benvindo; SALES, José Albio Moreira. Pesquisas biográficas na história da educação. 2019. Disponível em: http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/cadernosdepesquisa/article/view/12743 Acessso em: 23 jul. 2023.

FIALHO, Lia Machado Fiuza et al. Grafismo corporal indígena: tecendo memórias Tucuns. Revista Educação e Cultura Contemporânea, v. 17, n. 48, p. 213-237, 2020. Disponível em: http://periodicos.estacio.br/index.php/reeduc/article/viewArticle/6301 Acesso em: 23 jul. 2023.

FIORI, Ana Leticia de. Conexões da interculturalidade: cidades, educação, política e festas entre Sateré-Mawé do Baixo Amazonas. 2018. Tese (Doutorado em Antropologia Social) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018.

LEITE, Angela Maria Araújo. Ninho de saberes: sensibilidades e (in)visibilidades em práticas educacionais indígenas em alagoas. Tese (Doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre-RS, 2021.

LELIS, Creusa Ribeiro da Silva. Katu: “uma escola com a nossa cara” e seus efeitos políticos na (re)organização de uma escola indígena. Tese (Doutorado em Educação), Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal da Paraíba. João Pessoa-PB, 2019.

LIBERATO, Rita Simone Barbosa. Comunicação, saberes e sabores: estratégias de sobrevivência e práticas de bem viver na aldeia Cinta Vermelha-Jundiba. Tese (Doutorado em Educação), Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal de Sergipe. São Cristovão-SE, 2018.

MEDEIROS, Juliana Schneider. As escolas do serviço de proteção aos índios em postos Indígenas Kaingang: entre os documentos oficiais e as vozes dos Kófa (1940-1967). Tese (Doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Porto Alegre-RS, 2022.

NÓBREGA-THERRIEN, S. M.; THERRIEN, J. Trabalhos científicos e o estado da questão: reflexões teórico-metodológicas. Estudos em Avaliação Educacional, v. 15, n. 30, jul.-dez./2004.

OLIVEIRA, Mileide Terres de. Contato de línguas: atitudes linguísticas dos Rikbaktsa. Tese (Doutorado). Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas-SP, 2019.

PAVELIC, Nathalie Le Bouler. Aprender e ensinar com os outros: a educação como meio de abertura e de defesa na Aldeia Tupinambá de Serra do Padeiro (Bahia, Brasil). Tese (Doutorado). Universidade Federal da Bahia, Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos; École des Hautes Études en Sciences Sociale, Laboratoire d’Anthropologie des Institutions et des Organisations Sociales, 2019.

PEREIRA, Arliene Stephanie Menezes. Práticas corporais indígenas: jogos, brincadeiras e lutas para implementação da Lei 11.645/08 na Educação Física escolar. Fortaleza: Aliás, 2021.

PEREIRA, Arliene Stephanie Menezes; SOUSA, Ana Carolina Braga de; FERREIRA, Tássia Fernandes. A abordagem mista nas teses do Programa de Pós-graduação em Educação da UFMG (2017-2019). Revista Cocar, [S. l.], v. 15, n. 32, 2021. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/4184. Acesso em: 23 jul. 2023.

PEREIRA, Arliene Stephanie Menezes; VENÂNCIO, Luciana. African and Indigenous games and activities: a pilot study on their legitimacy and complexity in Brazilian physical education teaching, Sport, education and society, 2021, pp. 718-732. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/13573322.2021.1902298. Acesso em: 27 mar. 2023. DOI: https://doi.org/10.1080/13573322.2021.1902298

RABELO FILHO, Manoel Gomes. Pajelança e Kanaimé: discursos e identidades dos índios universitários em Boa Vista–RR. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião. Doutorado em Ciência da Religião. Recife-PE, 2019.

ROMANOWSKI, Joana Paulin; ENS, Romilda Teodora. As pesquisas denominadas do tipo “Estado da Arte” em Educação. Revista Diálogo Educacional, vol. 6, núm. 19, septiembre-diciembre, 2006, pp. 37-50. Pontifícia Universidade Católica do Paraná - Paraná, Brasil.

SERRES, Laura Nelly Mansur. Tekoayvy poty em diálogo com a escola não indígena narrativas seminais em busca de uma América profunda. Tese (Doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Porto Alegre-RS, 2022.

SFAIR, M. do S. S.; BARROS, N. D. dos S. Formação de professores indígenas como políticas públicas: uma análise das produções realizadas 2015 a 2019. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, [S. l.], v. 3, n. 1, p. e316405, 2021. DOI: 10.47149/pemo.v3i1.6405. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/6405. Acesso em: 23 jul. 2023.

SOUSA, J. S. de. Reflexividade sobre a cultura indígena na formação docente:um relato de experiência. Ensino em Perspectivas, [S. l.], v. 3, n. 1, p. 1–11, 2022. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/article/view/7138. Acesso em: 23 jul. 2023.

SOUZA, Raquel Castilho. 1979- A educação escolar indígena intercultural e o ensino das artes: um olhar sobre as práticas da escola Wakõmẽkwa na comunidade Riozinho Kakumhu-povo Xerente-Tocantins. Tese (Doutorado Dinter em Artes). Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Artes e Universidade Federal do Tocantins. São Paulo-SP, 2019.

ZUIN, A. L. A.; BASTOS, E. A justiça social por meio das cotas na Universidade Federal de Rondônia. Educ. Form., [S. l.], v. 4, n. 12, p. 104–123, 2019. DOI: 10.25053/redufor.v4i12.945. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/945. Acesso em: 23 jul. 2023.

Downloads

Publicado

2024-01-30

Como Citar

PEREIRA, Arliene Stephanie Menezes; NASCIMENTO, Karla Angélica Silva do; COSTA, Maria Aparecida Alves da; FIALHO, Lia Machado Fiuza. Educação Indígena: o que se tem pesquisado?. Debates em Educação, [S. l.], v. 16, n. 38, p. e15850, 2024. DOI: 10.28998/2175-6600.2024v16n38pe15850. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/15850. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.