ENSINO DE CIÊNCIAS PARA SURDOS E/OU DEFICIENTES AUDITIVOS NUMA PERSPECTIVA DE INCLUSÃO ESCOLAR: UM OLHAR SOBRE AS PUBLICAÇÕES BRASILEIRAS NO PERÍODO ENTRE 2000 E 2015

Autores

  • Aline Nunes Santos Universidade Federal de Sergipe
  • Edinéia Tavares Lopes Universidade Federal de Sergipe

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2017v9n18p183

Palavras-chave:

Inclusão, Surdos, Ciências

Resumo

Pensar na educação nacional pressupõe a princípio, pensar no direito ao acesso, a permanência e a qualidade de ensino a todos os educandos nas escolas regulares. Nesse sentido, fez-se necessário para esse estudo realizar um levantamento de pesquisas que abordam a inclusão de alunos surdos no Ensino de Ciências Naturais e que foram publicadas no Brasil durante um período de 2000 à 2015. Para tanto, esse estudo tem como objetivo compreender como ocorre a inclusão de alunos surdos nas escolas públicas do Brasil, com ênfase na área de Ciências Naturais, a partir de pesquisas publicadas no país num período de quine anos. A metodologia adotada foi à abordagem qualitativa tendo como procedimento a pesquisa teórica composta por 16 amostras de trabalhos publicados na fonte Banco Digital de Teses e Dissertações da Universidade Federal de Sergipe (BDTD/Nacional) e em periódicos Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Os resultados inferem que apesar da existência de leis que asseguram o direito ao acesso à escola, estas não são as únicas garantias que permitem a qualidade de ensino e a aprendizagem dos estudantes surdos neste ambiente.

Biografia do Autor

Aline Nunes Santos, Universidade Federal de Sergipe

Graduada em Química Licenciatura e Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PPGECIMA), pela Universidade Federal de Sergipe.

Edinéia Tavares Lopes, Universidade Federal de Sergipe

Doutora em Educação pela Universidade Fedral de Sergipe e professora do PPGECIMA

Downloads

Publicado

30/08/2017

Como Citar

SANTOS, A. N.; LOPES, E. T. ENSINO DE CIÊNCIAS PARA SURDOS E/OU DEFICIENTES AUDITIVOS NUMA PERSPECTIVA DE INCLUSÃO ESCOLAR: UM OLHAR SOBRE AS PUBLICAÇÕES BRASILEIRAS NO PERÍODO ENTRE 2000 E 2015. Debates em Educação, [S. l.], v. 9, n. 18, p. 183, 2017. DOI: 10.28998/2175-6600.2017v9n18p183. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/3144. Acesso em: 2 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)