Mais mecanizada, mais escolarizada e mais bem remunerada: a nova realidade dos canaviais brasileiros com a incorporação de tecnologias mecânicas

Autores

  • Jose Rodolfo Tenorio Lima UFAL

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2021v13n31p1154-1180

Palavras-chave:

Cana-de-açúcar, Trabalho, Mecanização agrícola, Escolaridade, Remuneração.

Resumo

O uso de máquinas no campo acarreta alterações no mundo do trabalho canavieiro e a partir disso este texto tem como questão norteadora a seguinte pergunta: Como se apresenta a escolaridade e remuneração dos trabalhadores que desenvolvem seus processos de trabalho, manuais ou mecanizados, nos canaviais brasileiros diante do processo modernização tecnológica? Predominantemente quantitativa, a investigação aqui realizada se vale de dados disponibilizadas nas bases oficiais do governo federal. As evidências encontradas demonstram: elevação na escolaridade dos trabalhadores; trabalhadores da mecanização agrícola são mais escolarizados; a região Centro-Sul apresenta maiores níveis de escolaridade; e maior remuneração para trabalhadores que apresentaram níveis de escolaridade mais elevados

Downloads

Publicado

26/06/2021

Como Citar

LIMA, J. R. T. Mais mecanizada, mais escolarizada e mais bem remunerada: a nova realidade dos canaviais brasileiros com a incorporação de tecnologias mecânicas. Debates em Educação, [S. l.], v. 13, n. 31, p. 1154–1180, 2021. DOI: 10.28998/2175-6600.2021v13n31p1154-1180. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/11941. Acesso em: 23 set. 2021.

Edição

Seção

Dossiê "Múltiplas Perspectivas e Experiências no Ensino Remoto"