Os desafios da formação docente para atuação no contexto da escola inclusiva

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2021v13nEspp282-297

Palavras-chave:

Educação Inclusiva, Formação docente, Ensino Fundamental, Atendimento Educacional Especializado.

Resumo

A Educação Inclusiva compreende a escola como um espaço para todos, favorecendo a diversidade na medida em que visa acolher as diferenças para atender às necessidades e especificidades de cada indivíduo. Esse trabalho objetiva refletir sobre os desafios da formação docente para atuação na escola inclusiva, analisando suas fragilidades e potencialidades. Utilizou-se como metodologia a pesquisa bibliográfica, e o relato de experiência, através do qual se verificou os benefícios da Sala de Recursos para o desenvolvimento de uma criança com síndrome de down. Através do estudo, inferiu-se que a obrigatoriedade da inclusão dos alunos com deficiência na rede regular de ensino foi uma conquista relevante para aquelas pessoas que durante séculos, tiveram seus direitos negados, mas que ainda existem fragilidades nas políticas públicas de atendimento que impedem que a inclusão aconteça.

Biografia do Autor

Jailda Evangelista do Nascimento Carvalho, Secretaria de Educação do Estado de Sergipe (SEDUC-SE)

Doutorado em Educação pelo Núcleo de Pós-Graduação em Educação (PPGED/UFS/2019). Mestrado em Educação (UFS/2013); Graduação em Pedagogia (UVA,2004); Licenciatura em Língua Portuguesa (FACIBA-2013). Especialização em Metodologias de Ensino para Educação Básica (UFS, 2009),Especialização em Gestão Escolar (Faculdade João Calvino, 2012), Especialização em Libras e em Atendimento Educacional Especializado- AEE (FAVENI/2019), é Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas Movimentos Sociais (UFS); Pesquisadora do Observatório de Educação (UFS). Atualmente é professora efetiva da rede municipal de ensino no município de Coronel João Sá/BA ) e do Estado de Sergipe. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em coordenação, Educação Indígena, Educação do Campo e Classe Multisseriada. No Ensino Superior tem experiências com tutoria na Universidade Federal de Sergipe (UFS), como docente na Faculdade Zacarias de Góes e coordenação de cursos de especialização na Faculdade João Calvino.

Jose Batista de Souza, Faculdade do Nordeste da Bahia

Mestre em Letras pela Universidade Federal de Sergipe. Professor das Redes Municipal e Estadual da Bahia e da Faculdade do Nordeste da Bahia. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Formação de Professores e Tecnologias da Informação e Comunicação - FOPTIC/UFS, do Grupo de Pesquisa Educação e Contemporaneidade - EDUCON/UFS, e do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação - PAIDÉIA/FANEB.

Alecrisson da Silva, Secretaria de Educação do Estado de Sergipe (SEDUC-SE)

Possui graduação em Letras Vernáculas pela Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - AGES (2007). É Especialista em Língua Portuguesa (Faculdade Pio Décimo - 2010, Faculdade João Calvino - 2012) e é Mestre em Letras pela Universidade Federal de Sergipe (2017). Atualmente é professor de língua portuguesa no Colégio Municipal Coronel João Sá (Coronel João Sá - BA) e no Colégio Estadual Professor Artur Fortes (Carira - SE). Tem experiência na área de Estudos Linguísticos, com ênfase em Estudos Críticos do Discurso.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 9050: Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. 2004. Rio de Janeiro, 2004.

BERSCH, Rita; MACHADO, Rosâmgela. Conhecendo o aluno com deficiência física. In: SCHIRMER, et al. Atendimento Educacional Especializado: deficiência física. Brasília: SEESP/SEED/MEC, 2007.

BERSCH, Rita. Tecnologia Assistiva – TA. In: SCHIRMER, et al. Atendimento Educacional Especializado: deficiência física. Brasília: SEESP/SEED/MEC, 2007.

BRASÍL. Decreto Nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/d3298.htm. Acesso em: 16 de jul de 2019.

_________. Resolução nº 4, de 2 de outubro de 2009. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/d3298.htm. Acesso em: 16 de jul de 2019.

__________ Resolução nº 2, de 11 de setembro de 2001. Conselho Nacional de Educação Básica. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/d3298.htm. Acesso em: 15 de jun de 2019.

BRASIL. Lei nº 7.853, de 24 de outubro de 1989. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/d3298.htm. Acesso em: 16 de jul de 2019.

_______. Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, LDB 9.394, de 20 de dezembro de 1996.

__________. Constituição Federativa do Brasil, 1988.

DECLARAÇÃO DE SALAMANCA: Sobre Princípios, Políticas e Práticas na Área das Necessidades Educativas Especiais, 1994, Salamanca-Espanha.

FÁVERO, E. A. G. Direitos das pessoas com deficiência – Garantia de igualdade na diversidade. Rio de Janeiro: WVA, 2004.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra,1996.

LIMA, Priscila Augusta. Educação Inclusiva e Igualdade Social. São Paulo: Avercamp, 2006.

MENDES, E. G. Desafios atuais na formação do professor em educação especial. Revista Integração, Brasília: MEC / SEESP, ano 14, v. 24, p. 12-17, 2004.

PERNAMBUCO, Ministério Público do Estado de. Educação inclusiva: marcos e perspectivas de ações para implementação. Recife: Procuradoria Geral de Justiça, 2019.

RESENDE, Carlos Alberto. Didática em perspectiva. São Paulo: Tropical, 2010.

RODRIGUES, D. Perspectiva sobre a inclusão. Porto: Porto Editora, São Paulo, 2013.

MANTOAN, Maria Teresa Eglér. Inclusão escolar: o que é? Por quê? Como fazer? São Paulo: Moderna, 2003.

MENDONÇA, Ana Cláudia Sousa; SOUZA, Rita de Cácia Santos; REIS, Anderson de Araújo. Formação de Professores: práticas pedagógicas. In: SOUZA, Rita de Cácia Santos (org.). Perspectivas sobre educação inclusiva. Aracaju: Criação, 2017.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Rio de Janeiro: Vozes, 2002.

XAVIER, Antônio Carlos. Como fazer e apresentar trabalhos científicos em eventos acadêmicos. Recife: Respel, 2014.

Downloads

Publicado

29/09/2021

Como Citar

CARVALHO, J. E. do N.; SOUZA, J. B. de; SILVA, A. da . Os desafios da formação docente para atuação no contexto da escola inclusiva. Debates em Educação, [S. l.], v. 13, n. Esp, p. 282–297, 2021. DOI: 10.28998/2175-6600.2021v13nEspp282-297. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/12116. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

Dossiê: Formação de Professores e Práticas Pedagógicas: estratégias, inclusão e superações