Inclusão no Ensino Superior

o comitê de inclusão e acessibilidade da UFPB

Autores

  • Ana Cristina Silva Daxenberger UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA http://orcid.org/0000-0002-9101-6205
  • Santuza Mônica de França Pereira da Fonseca Universidade Federal da Paraíba - UFPB
  • Nielson Firmino de Oliveira Universidade Federal da Paraíba - UFPB

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2024v16n38pe16832

Palavras-chave:

Política pública, Adaptações curriculares, Rede colaborativa.

Resumo

Considerando os dez anos de atuação do Comitê de Inclusão e Acessibilidade, o artigo tem por objetivo apresentar suas ações discorrendo sobre as diferentes redes colaborativas que foram feitas, suas atribuições, conquistas e desafios. Trata-se de um estudo documental, com abordagem qualitativa, utilizando-se de fontes primárias e secundárias, como relatórios, documentos oficiais e dados do sistema integrado de gestão da UFPB. Os dados demonstram significativa ampliação do número de matrículas e atendimentos de estudantes com deficiência; mudança comportamental de participantes da comunidade acadêmica; avanços nos preceitos legais internos e adaptações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Cristina Silva Daxenberger, UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Doutora em Educação Escolar pela UNESP. Mestre em Educação pela UMESP. Professora Associada III da Universidade Federal da Paraíba e da UAB/UFPB, curso Letras Libras. Membro adjunto do Comitê de Inclusão e Acessibilidade da UFPB. Membro do Neabi/UFPB. Membro do Grupo de Pesquisa em Educação Especial (GEPE). Extensionista na área de inclusão e etnicidade. 

Santuza Mônica de França Pereira da Fonseca, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Doutoranda em Educação/PUCRS; Mestra em Educação/PUCRS; Especialista em Ensino de Informática/UFRN e Especialista em Psicopedagogia/PUCRS; Pedagoga/UFRN. Professora do Departamento de Habilitações Pedagógicas, no Centro de Educação da UFPB. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Especial. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Questões Sociais na Escola CNPQ/PUCRS/EH. Participa do Laboratório das Infâncias – Labinf (PUCRS) e do Núcleo de Estudos e Pesquisas Infância(s) e Educação Infantil – NEPIEI (PUCRS). Atua principalmente na área de educação especial, educação inclusiva, educação infantil, formação de professores e educação animalitária.

Nielson Firmino de Oliveira, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Mestrando em Letras pelo Programa de pós Graduação em Letras da UFPB. Graduado em licenciatura em Química pelo IFPB, com proficiência em Libras/Língua Portuguesa. Tradutor Intérprete de Libras da UFPB lotado no Comitê de Inclusão e Acessibilidade/CCA/UFPB. Vice coordenador do do comitê de inclusão e acessibilidade da UFPB, através da representação da subsede Areia - CCA/UFPB - Campus II. Coordenador adjunto e monitor do curso de extensão de Libras - CCHLA/UFPB e no projeto de extensão de tradução para LIBRAS. Tutor da EaD UAB/UFPB, curso Licenciatura em Letras Libras.

Referências

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. 1988. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm Acesso em: 25 out. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo da Educação Básica 2020. Brasília: INEP, 2021. Disponível em: https://www.gov.br/inep/pt-br/areas-de-atuacao/pesquisas-estatisticas-e-indicadores/censo-escolar Acesso em: 15 out. 2022.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases, nº 9.394. Brasília: Senado Federal, 1996. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm Acesso em: 15 abr. 2023.

BRASIL. Ministério da Justiça. Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência. Declaração de Salamanca sobre Princípios, Políticas e Práticas na Área das Necessidades Educativas Especiais. Brasília: CORDE, 1994. 54p. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/salamanca.pdf. Acesso em: 07 set. 2022.

BRASIL. Estatuto da Pessoa com Deficiência. Lei 13.146 de 6 de julho de 2015. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato20152018/2015/Lei/ L13146.htm>. Acesso em: 15 ago. 2015.

BRASIL. Ministério da Educação. Política Nacional de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília, 2008. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/politicaeducespecial.pdf. Acesso em: 02 out. 2022.

BRASIL. Lei de Acessibilidade, nº 10.098. Brasilia: Senado Federal, 2000. https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l10098.htm Acesso em 15 abr. 2023.

BRASIL. Diretrizes Curriculares da Educação Especial. Resolução 02 de 2001. Conselho Nacional de Educação: Brasília, 2001.

BRASIL. Lei 14.191, que institui a educação Bilíngue para surdos. Brasília: Senado Federal, 2021. Disponível em https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2021/lei/l14191.htm Acesso em: 15 abr. 2023.

BRASIL. Lei de 10.436, que reconhece a Libras como língua da comunidade surda brasileira. Brasília: Senado Federal, 2002. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra?codteor=715147 Acesso em: 15 abr. 2023.

BRASIL. Decreto 5.626, que regulamenta a lei 10.436. Brasilia, 2005. Disponível em https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/2005/decreto-5626-22-dezembro-2005-539842-publicacaooriginal-39399-pe.html#:~:text=Regulamenta%20a%20Lei%20n%C2%BA%2010.436,19%20de%20dezembro%20de%202000. Acesso em: 15 abr., 2023.

BRASIL. Lei 12.319, que Regulamenta a profissão de Tradutor e Intérprete da Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS, Brasília: 2010. Disponível em https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12319.htm. Acesso em: 14 jul. 2023.

BRASIL. Decreto 5.296 regulamenta as leis 10.048 e 10.098 que tratam sobre acessibilidade. Brasília, 2004. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/decreto/d5296.htm. Acesso em: 14 jul. 2023.

BRASIL. Lei 10.048 que dá prioridade às pessoas específicas e dá outras providências. Brasília. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l10048.htm Acesso em: 14 jul. 2023.

BRASIL. Decreto 7.611. Dispõe sobre a educação especial, o atendimento educacional especializado e dá outras providências. Brasília, 2011. Disponível em https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/decreto/d7611.htm. Acesso em: 14 jul. 2023.

CALHEIROS, M. N. S.; MELO, R. P. A. M. Comitê de Inclusão e acessibilidade: conquistas e desafios da gestão entre 2019 a 2022. In: DAXENBERGER, Ana Cristina Silva, CALHEIROS, Maria Natália Santos, Inclusão da Pessoa com Deficiência: Redes Colaborativas no Ensino Superior. Boa Vista: IOLE, 2023. p. 40-57. DOI: https://doi.org/10.5281/zenodo.7976296.

CAVALCANTE, M. da S.; DAXENBERGER, A. C. S.; POLIA, A. A. A importância do aluno apoiador na inclusão de alunos com necessidades educacionais no ensino superior. In: DAXENBERGER, A. C. S.; POLIA, A. A. Inclusão: do discurso às práticas educacionais. Curitiba: Appris, 2018. p. 29 - 42.

DAXENBERGER, A. C. S.; SILVA, M. A. L.; OLIVEIRA, N.F. Inclusão universitária na UFPB: um estudo documental sobre as ações do Comitê de Inclusão e Acessibilidade. In: ARAÚJO, M. M. de; ALVES, C. J. L. (Orgs.). Educação: minorias, práticas e inclusão. Ponta Grossa: Atena, 2021, p. 19-32. DOI: 10.22533/at.ed.4042114052.

INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo da Educação Superior 2021. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/censo-da-educacao-superior. Acesso em: 12 abr. 2023.

MENDES, Enicéia Gonçalves. A radicalização do debate sobre inclusão escolar no Brasil. In: Revista Brasileira de Educação. v. 11 n. 33 set./dez. 2006, p. 387-405.

PLETSCH, M. D.; SOUZA, F. F. de; ORLEANS, L. F. A diferenciação curricular e o desenho universal na aprendizagem como princípios para inclusão escolar. In: Revista Educação e Cultura Contemporânea, vol.14, n. 35, 2017. Disponível em: http://periodicos.estacio.br/index.php/reeduc/article/viewArticle/3114?utm_campaign=PMax%7cGraduacao%7cPresencial%7cGoogle(GDN)%7cPerformanceMax%7cNacional_ContaPresencial&gclid=Cj0 KCQiA4OybBhCzARIsAIcfn9nKs_1FUbF-H6r6U0YikJXhUk_fJEUCMuknq78TE7DoYgMRrp4ZJcYaAu2pEALw_wcB&gclsrc=aw.ds. Acesso em: 21 out. 2022.

UFPB. Resolução 29/2020, que institui as normas para os cursos de graduação da UFPB. João Pessoas: Consepe, 2020. Disponível em: http://periodicos.estacio.br/index.php/reeduc/article/viewArticle/3114?utm_campaign=PMax%7cGraduacao%7cPresencial%7cGoogle(GDN)%7cPerformanceMax%7cNacional_ContaPresencial&gclid=Cj0KCQiA4OybBhCzARIsAIcfn9nKs_1FUbF-H6r6U0YikJXhUk_fJEUCMuknq78TE7DoYgMRrp4ZJcYaAu2pEALw_wcB&gclsrc=aw.ds Acesso em: 21 out. 2022.

UFPB. Resolução 37, que altera a Resolução 29/2020 que institui as normas para os cursos de graduação da UFPB. João Pessoas: Consepe, 2021. Disponível em: https://www.ufpb.br/dcx/contents/documentos/resolucoes/consepe#:~:text=Altera%20dispositivos%20que%20menciona%20da,Vertical%2C%20e%20d%C3%A1%20outras%20provid%C3%AAncias. Acesso em: 21 out. 2022.

UFPB. Resolução 34, que cria a Política de Inclusão e Acessibilidade da UFPB. João Pessoa: Consuni, 2013. Disponível em https://www.ufpb.br/cia/contents/menu/cia-2/resolucoes/resolucao-que-institui-a-politica-de-inclusao-e-acessibilidade-na-ufpb-e-cria-o-cia.pdf/view . Acesso em: 6 ago. 2023.

UFPB. Resolução 15, que institui a Política Linguística da UFPB. João Pessoa: Consepe, 2016. Disponível em https://www.ufpb.br/cia/contents/menu/cia-2/resolucoes/resolucao-que-institui-a-politica-linguistica-na-ufpb.pdf/view . Acesso em: 16 ago. 2023.

UFPB. Resolução 58, que dispõe sobre ações afirmativas na Pós-Graduação Stricto Sensu na UFPB para candidatos autodeclarados e oriundos da população negra, povos indígenas, povos e comunidades tradicionais e pessoas com deficiência. João Pessoa: Consuni, 2016. Disponível em https://www.ufpb.br/cia/contents/menu/cia-2/resolucoes/resolucao_58_2016-docx.pdf/view . Acesso em: 16 ago. 2023.

UFPB. Resolução 10, que trata da Política do Surdo nos cursos de Pós-graduação na UFPB. João Pessoa: Consepe, 2023. Disponível em https://www.ufpb.br/cia/contents/menu/cia-2/resolucoes/resolucao-de-acesso-e-permanencia-da-pessoa-surda-na-pos_graduacao_10-2023_consepe.pdf/view. Acesso em: 27 ago. 2023.

UFPB. CIA em números. Relatório de Gestão de 2021. João Pessoa: CIA, 2021. Disponível em: https://www.ufpb.br/cia/contents/relatorios/relatorio-de-gestao-cia-2021.pdf/view. Acesso em: 21 nov. 2022.

UFPB. CIA em números. Relatório de Gestão de 2022. João Pessoa: CIA, 2021. Disponível em: https://www.ufpb.br/cia/contents/relatorios/relatorio-de-gestao-cia-2021.pdf/view. Acesso em: 23 mar. 2023.

Downloads

Publicado

2024-03-15

Como Citar

DAXENBERGER, ANA CRISTINA SILVA; FONSECA, Santuza Mônica de França Pereira da; OLIVEIRA, Nielson Firmino de. Inclusão no Ensino Superior: o comitê de inclusão e acessibilidade da UFPB . Debates em Educação, [S. l.], v. 16, n. 38, p. e16832, 2024. DOI: 10.28998/2175-6600.2024v16n38pe16832. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/16832. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê: Avaliação na e da Educação Superior: tópicos sobre inclusão e acessibilidade

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

<< < 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.