LEITURA, DISLEXIA DE DESENVOLVIMENTO E O PROFESSOR: UM DIÁLOGO COM DEHAENE E FARRELL

Autores

  • Marco Aurélio Cosmo Machado Centro Universitário CESMAC
  • Maria Jeane dos Santos Alves Centro Universitário CESMAC

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2015v7n14p78

Palavras-chave:

Dislexia, Leitura, Consciência fonológica

Resumo

O objetivo deste trabalho foi apresentar um estudo que aborda a definição da dislexia do desenvolvimento e o seu impacto no processo de leitura. Portanto, as causas, as consequências e as comorbidades dela foram descritas, dando uma atenção especial ao processamento fonológico. Inicialmente foi feito um levantamento bibliográfico sobre o transtorno de aprendizagem citado e sobre a concepção de leitura em Dehaene (2012). Logo em seguida, foram verificadas as contribuições de Farrell (2008) na remediação do déficit fonológico. Constatou-se, então, que ambas as obras se complementam, além de possuírem material valioso no que concerne o processo de leitura e que um olhar neurocientífico contribui grandemente para o entendimento dos processos leitores e o papel do professor em sala de aula diante de alunos com dificuldades de aprendizagem.

Downloads

Publicado

22/12/2015

Como Citar

MACHADO, M. A. C.; ALVES, M. J. dos S. LEITURA, DISLEXIA DE DESENVOLVIMENTO E O PROFESSOR: UM DIÁLOGO COM DEHAENE E FARRELL. Debates em Educação, [S. l.], v. 7, n. 14, p. 78, 2015. DOI: 10.28998/2175-6600.2015v7n14p78. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/1688. Acesso em: 26 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)