CURRÍCULO E TRANSCRIAÇÃO: ENTRE AQUARELAS E TÊMPERAS

Autores

  • Sofia Daniela Giacobbo Schonffelt Centro Universitário Univates
  • Angélica Vier Munhoz Centro Universitário Univates

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2017v9n19p57

Palavras-chave:

Currículo, Didática-Artista, Escola

Resumo

O presente artigo tem como objetivo pensar o currículo a partir da aproximação com uma escola pública, espaço de investigação da pesquisa Currículo, Espaço, Movimento (CEM/CNPq/Univates). Por meio de entrevistas com professores e da leitura dos documentos oficiais da escola, busca-se compreender como funciona tal currículo e como os docentes formulam  seus procedimentos didáticos e pedagógicos. Por último, busca-se pensar a relação do currículo com a perspectiva de transcriação dos saberes e do conceito de Didática-Artista, de Corazza (2013). Conclui-se assim que o modus operandis do corpo docente desta escola encontra-se em constante fluxo, ou seja, a variação dos procedimentos didáticos e pedagógicos mostra um currículo que vem sendo produzido no próprio  movimento da escola.

Biografia do Autor

Sofia Daniela Giacobbo Schonffelt, Centro Universitário Univates

Bolsista de Iniciação Cientpifica (PROBIC/Fapergs), do grupo de iniciação cientpifica Currículo, Espaço, Movimento (CEM/CNPq/Univates).

Angélica Vier Munhoz, Centro Universitário Univates

Possui graduação em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica, PUCRS (1987); Mestrado (2003) e Doutorado (2009) em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com estágio doutoral (Capes) na Université Paris VIII (Vincennes Saint Denis), Departements de Arts, Philosophie et Esthétique. Atualmente é professora titular do Centro Universitário Univates atuando nos cursos de graduação em Pedagogia e Psicologia e no Programa de Pós-graduação - Mestrado e Doutorado em Ensino e Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Exatas. É líder do Grupo de pesquisa Currículo, Espaço, Movimento (CEM/Univates/CNPq) e integra o Grupo de pesquisa Escrileituras da diferença em Filosofia-educação (UFRGS/CNPq). Coordena o projeto de extensão Formação pedagógica e pensamento nômade. Atua na área de educação com ênfase em currículo, aprendizagem, corpo e Filosofia da diferença.

Downloads

Publicado

20/12/2017

Como Citar

GIACOBBO SCHONFFELT, S. D.; MUNHOZ, A. V. CURRÍCULO E TRANSCRIAÇÃO: ENTRE AQUARELAS E TÊMPERAS. Debates em Educação, [S. l.], v. 9, n. 19, p. 57, 2017. DOI: 10.28998/2175-6600.2017v9n19p57. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/3331. Acesso em: 25 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)