Formação continuada em escola de assentamento rural

trabalho coletivo crítico e humanizador

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2021v13n32p60-74

Palavras-chave:

Projeto Político Pedagógico, Escola de Assentamento, Formação continuada em serviço

Resumo

Este artigo resulta de um Projeto Temático (FAPESP) que analisa o avanço predatório do agrohidronegócio canavieiro no Pontal  do Paranapanema/SP. Somos da equipe de Educação e neste artigo refletimos sobre o processo de formação continuada e reconstrução do Projeto Político Pedagógico (PPP) de uma escola de assentamento rural daquela região. Realizamos encontros de pesquisa-intervenção formativa na escola e aplicamos questionários junto aos sujeitos participantes do processo. Dos 259 alunos que responderam o questionário, 112 são dos anos iniciais, 75 dos anos finais e 72 do Ensino Médio. Em relação às famílias, 127 sujeitos responderam, sendo que 83 afirmaram ter participado da luta pela terra e pela escola. A formação continuada realizada com os professores possibilitou resultados satisfatórios quanto à participação na construção do PPP e efetivação de uma formação crítica e transformadora na escola.

Biografia do Autor

Vanda Moreira Machado Lima, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT).

Doutora em Educação pela USP/SP. Líder do GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISAS SOBRE ESCOLA PÚBLICA E PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO (GEPEPPE) da FCT/UNESP. Professora Assistente Doutor na Universidade Estadual Paulista (UNESP) na Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT), campus de Presidente Prudente, SP. 

Irineu Aliprando Tuim Viotto Filho, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT).

Doutor em Educação (Psicologia da Educação) pela PUC/SP. Livre docente em Educação e desenvolvimento humano, pesquisador do Programa de Pós-graduação em Educação e do curso de graduação em Educação Física da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT), campus de Presidente Prudente, SP. 

Izabela Cruz Faccioli, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT).

Graduanda em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências e Tecnologia, Presidente Prudente. Pertence ao Grupo de Estudos e Pesquisas sobre a Escola Pública e os Profissionais da Educação (GEPEPPE). Bolsista (FAPESP), com um projeto de Iniciação Científica titulado : ESCOLA DO/NO CAMPO: O SIGNIFICADO DE SER PROFESSOR DOS ANOS INICIAIS.

Referências

ALMEIDA, M. I. Formação Contínua de professores em face das múltiplas possibilidades e dos inúmeros parceiros existentes hoje. In: ALMEIDA, M. I. (Org.). Formação Contínua de Professores. Brasília: Ministério da Educação. Boletim 13, p.11-17. agos. 2005.

CALDART, R.S. Por Uma Educação do Campo: traços de uma identidade em construção. In: ARROYO, M.G. et al. Por Uma Educação do Campo. Petrópolis, RJ: Vozes, 2004. p.147-158.

CHRISTOV, L.H. Educação continuada: função do coordenador pedagógico. In: GUIMARÃES, A.A(et. all). O coordenador pedagógico e a educação continuada. São Paulo: Loyola, 1998. p. 9-12.

FACCIOLI, I. C. Educação do/no campo: o ser professor dos anos iniciais na região do Pontal do Paranapanema – SP. 2020. Iniciação Científica (FAPESP) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia.

FERNANDES, B. M; MOLINA, M. C. O campo da educação do campo. NERA, Presidente Prudente, p. 1-34, 5 jul. 2005. Disponível em: http://www2.fct.unesp.br/nera/publicacoes/ArtigoMonicaBernardoEC5.pdf. Acesso em: 7 dez. 2019.

FUSARI, J.C. Formação Contínua de Educadores: um estudo de representações de coordenadores pedagógicos da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo. 1997. 224 f. Relatório de Pesquisa. Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1997.

KLIEMANN, C. R. M. Percepções docentes sobre o ensino de ciências e a educação do campo em escolas do município de Toledo/Pr. 2017. 167 f. Dissertação (Mestrado - Programa de Pós-Graduação em Educação) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2017.

LEITE, A. F. O Lugar: Duas Acepções Geográficas. Anuário do Instituto de Geociências - UFRJ, Rio de Janeiro, v. 21, p. 9-20, 1998.

LIBÂNEO, J.C. Organização e Gestão da Escola: teoria e prática. Goiânia: Editora Alternativa, 2001, 260 p.

LIMA, V.M.M. Necessidades formativas docentes como subsídios para uma política de formação contínua em serviço. In: LEITE, Y.U.F.; MILITÃO, S.C.N; LIMA, V.M.M. (Orgs). Políticas Educacionais e qualidade da escola pública. 1.ed. Curitiba, PR: CRV, 2013.p. 127-154.

MARIN, A.J. Educação Continuada: Introdução a uma análise de termos e concepções. Cadernos CEDES, Campinas, Papirus, n. 36, p. 13-20, 1995.

OLIVEIRA, M. R. A. Os lugares e os sentidos da educação do campo nos currículos dos cursos de Pedagogia da UFPB/Campus I. 2016. 114 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2016.

RODRIGUES, A.; ESTEVES, M. Análise de necessidades na Formação de Professores. Portugal: Porto, 1993.

SANTOS, S. K. B. M. M. Educação popular e educação do campo: relação entre teorias e práticas na formação de educadores no curso de pedagogia – educação do campo/UFPB. 2017. 149 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2017.

SOUZA, K. T. A. F. Educação do campo e emancipação humana: contribuições do Projovem Campo - Saberes da Terra (Edição 2008) em Pernambuco. 2014. 151 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal da Paraí¬ba, João Pessoa, 2014.

THOMAZ JUNIOR, A.; GUIMARÃES, R. B.; LEAL, A.; LUCHIARI, A. Conflitos territoriais, relações de trabalho e saúde ambiental no agrohidronegócio canavieiro no Pontal do Paranapanema (SP). Scripta Nova: Revista Electronica de Geografia y Ciências Sociales, Barcelona, v. 16, n. 418, nov. 2012. Disponível em: http://www.ub.edu/geocrit/sn/sn-418/sn-418-30.htm. Acesso em: 05 fev. 2020.

VIOTTO FILHO, I.A.T. Processo grupal e construção coletiva do conhecimento: a história do GEIPEEthc. In: VIOTTO FILHO, NUNES, SANTOS, FELIX (Orgs.) Processo grupal e práxis científica educativa: a história do GEIPEEthc. São Carlos: Pedro e João, 2018, p. 23- 48.

VIOTTO FILHO, I.A.T. Escola-comunidade: educação escolar crítica na direção da humanização e transformação social. Tese de Livre docência – UNESP-Presidente Prudente. Presidente Prudente, 2019.

Downloads

Publicado

31/08/2021

Como Citar

LIMA, V. M. M.; VIOTTO FILHO, I. A. T.; FACCIOLI, I. C. Formação continuada em escola de assentamento rural: trabalho coletivo crítico e humanizador. Debates em Educação, [S. l.], v. 13, n. 32, p. 60–74, 2021. DOI: 10.28998/2175-6600.2021v13n32p60-74. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/10474. Acesso em: 3 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos